O governo Bolsonaro é a realização de todas as fantasias da direita sobre o PT executadas pela própria direita. Na corrupção, no patrimonialismo, autoritarismo, doutrinação e ideologização.
Nunca houve uma demonstração mais cabal do conceito freudiano de “projeção” que nas críticas da direita brasileira à esquerda. Ela está todo tempo criticando a si mesma quando crítica o PT.
O aparelhamento bolsonarista é o pior pesadelo da direita sobre o PT. O patrimonialismo é escancarado e admitiu até a queda do maior ídolo, Moro. A ideologização atingiu até a política de saúde na pandemia. O projeto autoritário de poder é explícito e passa pelo nepotismo.
Nunca houve tanta doutrinação. Basicamente, o bolsonarista é um mico amestrado pronto a repetir todos os memes que o líder produz. As críticas à incompetência justificada pela ideologia do PT encontram sua potência mil nos trapalhões bolsonaristas, especialmente o mandatário.
Como acontece na projeção, a vida do bolsonarista é o ricochete e a cara de pau.
O tratamento dado ao caso Queiroz, que é relativamente pequeno em termos quantitativos, mostra o que o governo fará com a questão de corrupção. Destrói todas as instâncias de controle, demite os investigadores, censura à imprensa e convence o gado que nada está acontecendo.

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Moysés Pinto Neto

Moysés Pinto Neto Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @moysespintonet0

2 Feb
A ideia de compor uma grande frente para enfrentar o bolsonarismo na eleição da Câmara era uma simples decisão tática. Diante do fascismo explícito, seria preciso neutralizar com todas as armas possíveis. A mais efetiva seria juntando todo mundo que fosse possível.
A decisão do PSOL de lançar Erundina nunca foi realmente relevante (nem comentei, que eu lembre), pelo tamanho do partido. Foi apenas relevante para definir que papel o partido quer cumprir: marcar posição ou fazer parte de decisões negociadas efetivas?
Alguém pode dizer: mas a esquerda teria ficado em segundo lugar (o que duvido por traições, rixas etc). Beleza. Mas nunca poderia ter vencido. A única chance de vencer era compor uma frente parlamentar com um acordo em torno a pontos mínimos contra os interesses do Planalto.
Read 11 tweets
1 Feb
Acho muito louco que fazemos dezenas de horas de discussão com nossos pares, mas na hora de publicar paper é só referência grande, muito geral e EUA/Europa. Como se as ideias tivessem mesmo vindo todas de lá.
Me incluo nessa, embora em comparação com muitos amigos acho que faço um esforço bem maior pra documentar nossos debates. Tem algumas coisas que fico bem chocado de ver, é um apagamento total do processo de construção do material.

Chego a duvidar se vale a pena mesmo debater.
Não sou nada purista com nada, inclusive com ficar marcando quem é citado e tal. Mas é bizarro isso que fazemos com nós mesmos. Pessoa participa de n GTs e afins e só consegue citer gente de fora e os autores principais, sem referir ninguém q ajudou a construir.
Read 6 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!