Profile picture
Kuroko Tetsuya @SirLuscas
, 57 tweets, 25 min read Read on Twitter
GENTE
Me deu saudade de fazer uma thread de GOT então resolvi aproveitar que tô sem nada pra fazer e contar mais uma história desse universo lindo que George Martin criou. A história de hoje é sobre o Maegor, O Cruel, um dos reis Targaryen mais famosos. Só que tem um negócio
Essa história tem MUITOS personagens e é enorme então eu vou deixar a árvore genealógica aqui pra vocês se orientarem caso seja necessário ao longo da história.

Mas vamo lá. Maegor foi o único filho do Aegon, O Conquistador, com sua irmã Visenya.
Ele tinha um meio irmão, filho do Aegon com sua outra irmã Rhaenys, chamado Aenys (que vai ser importante na história). O Maegor nasceu em Pedra do Dragão, era um menino muito forte, saudável, aqueles que a vó olha e fala "é desse jeito que é bom!" Desde pequeno ele gostava mto
de espadas e era bem violento. Quando ele tinha OITO anos ele matou um cavalo que tinha dado um coice nele e ainda cortou a cara do menino que cuidava do cavalo quando ele tentou ajudar o bicho. Nesse mesmo ano ele se tornou escudeiro e, aos doze anos, já tava lutando e vencendo
meninos mais velhos que ele. Aos treze anos o menino já tava derrotando até cavaleiros e foi no aniversário dele que sua mãe deu a própria espada de aço valiriano dela, a Irmã Negra, de presente pra ele. Vale ressaltar que, ao contrário de todos os Targaryen, o Maegor não havia
escolhido um dragão para si porque dizia que nenhum dos animais era digno dele.

Uns anos atrás o Aenys, irmão do Maegor, tinha casado com essa Lady chamada Alyssa Velaryon (prima dele) e um ano depois eles tiveram uma filha chamada Rhaena. Então começaram as conversas sobre
como ficaria a posição do Maegor na linha de sucessão. Será que ele iria aceitar ter menos prioridade que a sobrinha? Pra resolver isso foi sugerido que ele casasse com ela, mas os pais da menina e o Alto Septão falaram "anjo... Não. É pecado isso aí". Ao invés disso o
Alto Septão casou o Maegor com a sua própria filha (já era Estado laico galera!), fazendo ele próprio a cerimônia. O Maegor ficou falando que "nossa! Fiz u filho na noite de núpcias mesmo!" mas era mentira porque eles simplesmente não conseguiam ter filhos.

Enquanto isso a
carreira militar do Maegor seguia maravilhosamente bem. Ele ajudou o rei, seu pai, a derrotar piratas e rebeldes. É aquele ditado: sorte na guerra azar no casamento.

Aí quando o Maegor tinha por volta de seus 21 anos o seu pai, Aegon, O Conquistador, faleceu e quem herdou o
trono foi o irmão mais velho dele, Aenys (filho da Rhaenys que havia morrido há alguns anos). O negócio é que o Aenys era um cara mto frágil e não era bom de guerra como o Maegor. Então, no funeral do pai dele, ele declarou que não era metade do guerreiro que seu irmão era e deu
a espada de aço valiriano do próprio Aegon, a Blackfyre, para o Maegor. Com o Aegon morto o Maegor finalmente resolveu adotar umm dragão que foi ninguém mais ninguém menos que o Balerion, o dragão de seu pai.

Nesse tempo o Maegor continuava a ser um militar excelente.
Teve uma rebelião na qual dois Lordes do Vale de Arryn brigaram e o Maegor foi lá, nas costas do Balerion, acabar com o furdunço. Chegou lá, matou o Lorde Jonos Arryn e TODO MUNDO que tinha ajudado ele na rebelião e aí acabou a bagunça. Então, o Aenys nomeou o Maegor Mãe do Rei.
E apesar dos anos que passaram o Maegor e sua esposa, Ceryse Hightower, (a filha do Alto Septão) nunca tiveram filhos. Foi aí que, aos 23 anos, o Maegor declarou que ela era estéril e se casou com outra mulher chamada Alys Harroway. Mas vocês vejam bem
Ele não se divorciou da Ceryse e nenhum septão de Westeros queria fazer o casamento dele com a Alys. Eles então se casaram numa cerimônia valiriana ministrada pela mãe do Maegor, Visenya Targaryen. OBVIAMENTE o alto septão ficou putíssimo e declarou que esse segundo casamento
era um pecado e aí apelidou a segunda esposa de "puta dos Harroway". O próprio irmão do Maegor, o rei Aenys, discutiu muito com ele sobre isso, ele não concordava com esse casamento. Então ele deu duas opções pro Maegor

1- Ele largava a Alys
2- Ele ia pro exílio por cinco anos
O que o Maegor escolheu? A opção 2. Então ele catou a Alys, o Balerion e saiu voando lá pra Pentos. A vaga de Mão do Rei estava agora aberta e o Aenys resolveu colocar um septão no posto (sério, esse trem de religião e política vai dar uma merda)
Acontece que o Aenys era um cara frágil tanto de saúde quanto de mente. Ele era muito indeciso e nada firme com seu governo. Aí, apenas uma no depois da partida do Maegor, o que aconteceu? ISSO MESMO! A Fé se rebelou contra ele (eu falei que ia dar merda).
É legal ressaltar que nessa época a Fé podia carregar armas e lutar mesmo. Não era proibido então eles podiam sim matar e lutar pra exercer poder.

Mas tá. O Aenys fugiu pra Pedra do Dragão e lá morreu, apenas um ano depois. Então o trono ia passar pra quem? Pra o filho mais
velho dele Aegon, que era casado com sua irmã Rhaena (aquela sobrinha com quem queriam casar o Maegor lá no início). Acontece que tava uma puta rebelião, o Aegon tava sofrendo um cerco e a Visenya (mãe do Maegor) pensou: "eu quero que um filho MEU governe!" então ela montou
o dragão dela, Vhagar, e voou até Pentos pra trazer o Maegor de volta. E ele voltou! Chegou em Westeros já se proclamando rei e fodas a linha sucessão. Ele foi consagrado em Pedra do Dragão com a coroa do seu pai e aí um Meistre resolveu contestar isso e falar que o herdeiro
de verdade era o Aegon. O que aconteceu? O Maegor cortou a cabeça dele. Depois ele subiu no Balerion e voou até Porto Real, chegou lá e gritou pros quatro ventos que ele era o rei. A Visenya perguntou se alguém ousaria contestar ele e aí o Sor Damon Morrigen, líder dos
Filhos do Guerreiro, um grupo de cavaleiros juramentados à Fé, falou "eu vou!" e propôs que a situação fosse resolvida com um julgamento dos Sete.

O Maegor lutaria com 7 cavaleiros dos Filhos do Guerreiro e se vencesse ele tava salvo. SÓ QUE ele não tinha uma guarda real
e então começou a perguntar pro povo que tava lá mesmo quem teria coragem de ajudar ele. Um cara chamado Dick Bean se propôs, depois outro cara chamado Sor Bernarr Brune e aí outras pessoas foram se juntando ao coro. No fim tinha um monte de gente e então o Maegor escolheu cinco
pra lutar ao seu lado contra os sete campeões dos Filhos do Guerreiro. Eles lutaram e o único sobrevivente do combate foi o Maegor. Só que ele levou uma pancada na cabeça logo antes do último guerreiro dos Filhos morrer e desmaiou, entrando num coma. 28 dias depois a esposa dele
Alys Harroway, voltou de Pentos trazendo consigo uma mulher chamada Tyana da Torre. Diz-se que a Tyana era amante não apenas do Maegor mas também da Alys e foi ela quem cuidou do Maegor durante o coma. Dois dias depois ele acordou.
Mal acordou o cara já montou seu dragão e foi queimar a Fé. Queimou um septo muito importante em Porto Real e começou a retaliar contra a Fé Militante, ganhando duas batalhas muito importantes, numa das quais ele mesmo foi lá queimar as pessoas sentado nas costas do Balerion.
Depois dessas vitórias, Maegor resolveu que ia casar uma terceira vez e tomou Tyana da Torre como sua esposa. Eles casaram no mesmo lugar onde ele havia queimado os membros dos Filhos do Guerreiro, cercados pelos restos mortais deles. Um septão resolveu contestar isso e se
recusou a fazer o casamento porque a verdadeira esposa do Maegor, Ceryse Hightower, estava esperando por ele lá em Vilavelha (a sede da Fé e uma das cidades mais importantes na época, lar da Casa Hightower).

Este septão (bem burro) teve sua cabeça cortada pelo Maegor e
dizem por aí que ele cortou as cabeças de mais 12 septões que se recusaram a fazer o casamento entre ele e a Tyana. Enfim casados, o Maegor resolveu focar sua vida na construção da Fortaleza Vermelha lá em Porto Real. Ele nomeou o pai da Alys (esposa 2) como Mãe do Rei e
largou o reino na mão dele enquanto focava na construção da fortaleza. Ele mandou construir várias passagens secretas, túneis e um castelo dentro da própria fortaleza. Além disso o homem mandou construir quatro andares de masmorras pra torturar as inimiga. Além disso ele nomeou a
Tyana como Senhora dos Sussurros (ela era o Varys da época).

Só que a Fé não parou de condenar ele pela poligamia, então ele criou uma série de leis que proibiam os religiosos de carregar armas e puniu todo mundo que falou contra ele. Os religiosos não pararam e então a mãe
dele e ele resolveram montar em seus dragões e queimar os castelos de várias famílias que se opunham ao governo do Maegor. Então, Maegor ameaçou voar até Vilavelha e queimar o Septo Estrelado junto com o Alto Septão. Ele chegou a voar até lá mas, misteriosamente, o Alto Septão
faleceu e um cara chamado Martyn Hightower abriu os portões da cidade e recebeu o Maegor de braços abertos. Outro Alto Septão foi nomeado e esse era mais de boas e obedecia o Maegor e assistiu enquanto o Maegor matava e punia os Filhos do Guerreiro que ainda restavam.
Além disso ele colocou prêmio nas cabeças dos Filhos do Guerreiro e dos Pobres Irmãos (outro galho da Fé Militante, mas composto majoritariamente de plebeus). Lá em Vilavelha ele se reconciliou com sua primeira esposa, Ceryse, e eles tiveram uma segunda noite de núpcias.
ACONTECE QUE o sobrinho do Maegor, o Aegon (filho do Aenys) resolveu reclamar o trono e começou uma rebelião. A Tyana falou pro Maegor que as casas Stark, Baratheon, Lannister e Arryn estavam dispostas a se unir à rebelião. Então, Maegor resolveu acabar com a bagunça toda.
Ele foi batalhar contra as forças do Aegon e nessa batalha, a Batalha Sob o Olho de Deus, ele derrotou o Aegon e seu dragão, Quicksilver, que morreram. A partir daí ele ficou conhecido como Maegor, O Cruel. Depois disso ele se casou com a viúva de seu irmão, Alyssa Velaryon.
O Maegor visitava as esposas todas as noites pra ver se ele conseguia engravidar alguma delas. Então a Alys anunciou gravidez, apenas para sofrer um aborto três meses depois. Dizem que a criatura que saiu dela era monstruosa, torta e sem olhos. Maegor se recusou a acreditar
que a criatura era filho dele e então matou TODO mundo envolvido no parto, exceto a Alys e suas irmãs. Ele até cortou a cabeça do Grande Meistre e pendurou ela no Trono de Ferro. Logo depois a Tyana informou que a gravidez da Alys era fruto de adultério. Disse que ela
estava desesperada para dar filhos ao rei e que traíra ele com uma série de homens, tinha até uma lista. Maegor torturou TODOS eles e 18 confessaram ter dormido com a Alys. Ele então deu a Alys para que a Tyana torturasse e matou TODOS os membros da família dela, inclusive
sua mão do Rei, o pai dela, e até os membros da família que não moravam em Porto Real. Isso ocasionou na total extinção da família Harroway da face de Westeros. Quando ele retornou descobriu que sua mãe havia falecido e que, no meio da confusão, a viúva de seu irmão, Alyssa
havia fugido com seus filhos mais novos e com a espada da Visenya, Irmã Negra. Como forma de atraí-la de volta, Maegor prendeu o filho mais velho dela e ele foi torturado pela Tyana durante NOVE DIAS até que seu corpo morto foi largado no pátio do castelo. Alyssa não voltou.
Então finalmente a Fortaleza Vermelha ficou pronta e, como forma de agradecimento, Maegor deu uma festa pra todo mundo que tinha ajudado na construção. Foram três dias de sexo, drogas e rock n roll quando então, no terceiro dia, o Maegor mandou matar TODOS OS CONSTRUTORES.
Ele não queria que os segredos da fortaleza vazassem e por isso matou todo mundo. Logo depois ele iniciou a construção do Poço dos Dragões, para manter os dragões Targaryen presos. Acontece que todos os construtores haviam vazado de Porto Real com medo de morrerem tbm e ele
colocou os prisioneiros das masmorras pra construir o poço.

Algum tempo depois a primeira esposa dele, Ceryse Hightower, morreu. Dizem por aí que ela falou algo que ele não gostou e ele mandou um cavaleiro da guarda real cortar a língua dela. Ela teria resistido e a faca acabou
cortando o pescoço dela. Não se sabe se isso é verdade, mas não é impossível.

Pouco tempo depois ele decidiu caçar os remanescentes da Fé Militante e saiu matando vários deles juntamente com plebeus inocentes. Voltou pra Porto Real com 2000 crânios dos mortos.
Mesmo com a Fé Militante destruída ainda havia o problema que o Maegor não possuía herdeiros e já não transava mais com a Tyana. Então foi sugerido que ele casasse NOVAMENTE. Ele decidiu então casar com três esposas. Ele casou com a Lady Elinor Costayne, Lady Jeyne Westerling e
a sua sobrinha Rhaena Targaryen (ex esposa do sobrinho que ele matou lá na Batalha Sob o Olho de Deus). Ele se casou com as três ao mesmo tempo e, como as três havia sido deixadas viúvas por causa do Maegor, elas ficaram conhecidas como Noivas Negras.
Seis meses depois a Jeyne ficou grávida e pouco depois a Elinor também. Mas, aos seis meses de gravidez, o processo de parto da Jeyne começou e o filho nasceu morto, sem pernas e braços. Logo depois Jeyne morreu.

As pessoas começaram a falar que ele era amaldiçoado e então ele
resolveu prender a Tyana pois suspeitava que ela estivesse envolvida com isso. Antes mesmo de ela começar a ser torturada, confessou que havia envenenado tanto a Jeyne quanto a Elinor e prometeu que o destino das duas seria o mesmo. O próprio Maegor matou Tyana.
Dois meses depois, Elinor Costayne deu a luz a uma criança sem olhos e com pequenas asas.

Naquele mesmo ano o último sobrinho do Maegor, Jaehaerys, filho do Aenys, reclamou o trono e foi apoiado pelos Baratheon. Ele possuía dois dragões, o dele que se chamava Vermithor e o de
sua irmã, Silverwing. Sabendo disso a Rhaena aproveitou e fugiu de Porto Real no seu próprio dragão, Dreamfyre, levando consigo a espada de aço valiriano, Blackfyre e sua filha de primeiro casamento.

Acontece que ela tinha outra filha, Rhaella, que havia sido enviada para
Vilavelha para se tornar uma septã. Maegor mandou que cortassem a cabeça dela, mas o Lorde Hightower da época se recusou e prendeu o mensageiro de Maegor que havia ido dar o recado. Pouco depois a Mãe do Rei resignou e o Grande Meistre deixou a cidade e foi para Essos. O mestre
da frota de navios também foi embora, levando os navios consigo e vários outros Lordes começaram a se rebelar contra Maegor.

Ele chamou seus subordinados mas poucos responderam ao chamado. Maegor organizou um conselho de guerra com os poucos Lordes presentes e um deles,
Lorde Hayford, sugeriu que Maegor se rendesse e fosse para a Patrulha da Noite. Maegor o decapitou. Ele seguiu o conselho de guerra e, quando a reunião acabou, ficou para trás, sentado no Trono de Ferro.

Na manhã seguinte a Rainha Elinor o encontrou empalado por uma das
espadas do trono que estava enfiada na parte de trás de seu pescoço, além disso, os pulsos dele estavam cortados. Não se sabe a causa da morte dele. Uns dizem que foi suicídio, outros que foi um cavaleiro da Guarda Real, outros que foi a própria Elinor, alguns até acreditam que
ele foi morto por um dos construtores que escapou do chacina na Fortaleza Vermelha e jurou vingança. Mas até hoje a morte de Maegor, O Cruel permanece um mistério,

Maegor reinou por seis anos e sessenta e seis dias (nem um pouco sugestivo) e deixou um legado majoritariamente de
violência e crueldade, sendo lembrado até os dias atuais por seus atos cruéis e pelas mortes que causou. Mais uma história adicionada à linha do tempo conturbada dos reis Targaryen.

FIM
Missing some Tweet in this thread?
You can try to force a refresh.

Like this thread? Get email updates or save it to PDF!

Subscribe to Kuroko Tetsuya
Profile picture

Get real-time email alerts when new unrolls are available from this author!

This content may be removed anytime!

Twitter may remove this content at anytime, convert it as a PDF, save and print for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video

1) Follow Thread Reader App on Twitter so you can easily mention us!

2) Go to a Twitter thread (series of Tweets by the same owner) and mention us with a keyword "unroll" @threadreaderapp unroll

You can practice here first or read more on our help page!

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just three indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member and get exclusive features!

Premium member ($3.00/month or $30.00/year)

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!