My Authors
Read all threads
A PAZ DOS CEMITÉRIOS. Cada vez mais está clara a tolerância a um "governo Figueiredo" recauchutado, cada vez mais tocado pelos militares aposentados. O espírito autoritário encontrou o tom da tradição brasileira: é mole, malandro, cínico, ensaboado, escorregadio. Segue o fio...
Ao assumir, o governo Bolsonaro não tinha nada, a não ser manipulação digital, e gente inexperiente, burra e grossa. Hoje ele já sedimenta, com método próprio de cooptação e técnicas novas de "governabilidade" comprovadas.
O Pazuello é um exemplo de técnica bem sucedida de neutralização e apagando da área conflagrada com sua presença/ausência, que vai se replicando para outras áreas. Deu problema? Nomeie gente que nada entenda do assunto. Ela desaparece por omissão e paralisia.
Ao mesmo tempo, a consciência jurídica do país vai erodindo. Na área jurídica, você tem a difusão de uma mentalidade antijudiciarista, baseada na recuperação da doutrina da razão de Estado e de separação estrita de poderes. Começou no tempo do Temer, quando o Moraes era ministro.
Justificou a absolvição dele no TSE. Enquanto isso, o governo leiloa os cargos de ministro do STF, cooptando os juristas ambiciosos, arrivistas e/ou oportunistas, e engambela a autoridade do tribunal por meio de mil malandragens. Diz que há e não há dossiê de arapongagem, etc
No campo partidário, o presidente largou o governo nas mãos dos militares e partiu pra campanha da reeleição. Deixou o exótico e periclitante trumpismo de lado para apostar mais fortemente no "lulismo às avessas".
Vai descobrindo aos poucos e apostando, corretamente, na tradição nacional. Passou a distribuir cargos de segundo escalão pro centrão, fingindo, por não dar do primeiro, que não está fazendo presidencialismo de coalizão. O Rodrigo Maia já disse que não vai rolar impeachment.
Todo mundo está cansado, ninguém aguenta mais briga depois de 7 anos. O país já normalizou o morticínio da COVID. O desvelamento da tentativa de golpe militar pela Piauí caiu no vazio. Os escândalos do Flávio e da Michele Bolsonaro derrubariam a república quatro anos atrás.
Hoje ninguém quer saber. Restaurar autoridade, nesse país, também significa restaurar impunidade. Enquanto isso, a incapacidade de articulação da oposição, o oportunismo dos políticos profissionais e a burrice da esquerda parecem infinitos.
Os escândalos de corrupção, seguidos pelo lavajatismo e do apoio dado pela grande imprensa, e da polarização sustentada pelo petismo, por anos a fio, esfarelaram o espírito progressista que animava as estruturas democráticas.
Muita gente cansou de ouvir falar em democracia, liberdade, igualdade, políticos, minorias, supremo, partidos. Elegeram um autoritário antissistema para "mudar o disco" e lhe deram carta branca para fazer o que quiser em troca de paz.
Bolsonaro demorou, mas percebeu enfim o caminho da estabilidade.

Será a paz dos cemitérios.
Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh.

Keep Current with Christian Lynch

Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

Twitter may remove this content at anytime, convert it as a PDF, save and print for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video

1) Follow Thread Reader App on Twitter so you can easily mention us!

2) Go to a Twitter thread (series of Tweets by the same owner) and mention us with a keyword "unroll" @threadreaderapp unroll

You can practice here first or read more on our help page!

Follow Us on Twitter!

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3.00/month or $30.00/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!