Em finais de Outubro de 1932, três jovens foram detidos e presos pela Polícia Internacional Portuguesa (a PIP, antecessora da PVDE). A um deles foi aberto um processo cuja acusação era ser "comunista". Algumas das provas apresentadas eram cartas apreendidas pela polícia e pelo
menos duas delas tinham sido remetidas de Madrid, poucas semanas antes de Fulano ter sido preso em Lisboa e encarcerado na esquadra de Campolide. A 6 de Outubro de 1932, Fulano escreveu ao seu amigo bacharel em matemáticas:
"Meu grande sacana e amigo!
Quando passei de Portugal
para Espanha julgava ter apenas transposto um pequeno riacho; verifico agora que afinal o que nos separa é um abismo. (...)
Por agora fica sabendo (e limpa os beiços) que esta semana verei no cinema 3 filmes revolucionários - Turksib, Viva a Liberdade e um terceiro de que não
me recorda o nome. Aí em Portugal andava sempre ávido de comprar literatura revolucionária. Aqui há tanta e vende-se por tanta parte que até aborrece. As montras das livrarias e dos quiosques (que não vendem tabaco, mas sim livros, revistas e jornais) estão repletas das mais
variadas e desconhecidas - para (nosotros)! - obras revolucionárias. Há mais cafés em Madrid do que gente! Alguns são grandiosos e riquíssimos.Assim, um deles que abriu há poucos meses e que tem o nome de AQUARIUM é bestial! [encontrei as fotos do café num blogue s cafés antigos]
Realmente o nome está bem posto porque a par de inúmeros peixes encarnados que vivem em aquários de cristal, aparecem neste café uns peixões femininos que um gajo até se sente tubarão. A mulher aqui passa a vida nas ruas e nos cafés; aos domingos vêem-se
grandes ranchos de raparigas e rapazes (sem acompanhamento das velhas gotosas daí) que partem para fora de Madrid, a fazerem camping.
Estou numa pensão modesta (pago 6 pst por dia com cama, comida e roupa lavada) que aí em Portugal seria um hotel de luxo!
Por agora vai para o caralho que não tenho tempo para mais.
Dá uns abraços hidráulicos à malta e renova os meus agradecimentos ao Paulo e ao Hugo. (...)"

Esta carta é espectacular e apareceu-me no meio de um processo de outra pessoa. Reparem no "abismo" que então existia entre
Portugal e Espanha e como este jovem descreve o seu encantamento por Madrid.
Muito comovente.

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Maria José Oliveira

Maria José Oliveira Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @majoliv

13 Sep
Passeio com o Roque Gameiro (em tempo real se o calor não me derrubar)
Escadinhas dos Remédio na anterior e nesta.
Rua dos Remédios
Read 21 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!