Contrariando vários ‘especialistas’, Trump causou uma verdadeira “revolução da paz” no Oriente Médio. Os acordos firmados entre Israel e países árabes trazem estabilidade à região. Aconteceu exatamente o oposto do previsto. A mão firme do americano foi crucial para tal avanço.
Trump desmentiu a patota do ‘mundo melhor’, mostrou por A+B que não é beligerante ou covarde. Como se sabe, fraqueza atrai agressões e encoraja canalhas. Deveria ganhar o Nobel da Paz e o reconhecimento mundial por sua grande habilidade política, pois conseguiu feitos inéditos.
E não foi só no Oriente Médio. O homem laranja cortou as asinhas do ditadorzeco norte-coreano; está enfrentando o jogo sujo dos comunistas chineses; expôs toda a patifaria e ferocidade da esquerda americana etc. Enfim, o ocidente civilizado e democrático agradece.
O presidente @jairbolsonaro deve, sim, espelhar-se na figura do excelente presidente americano. Assim, tomara que cumpra sua promessa de campanha para transferir a embaixada brasileira para Jerusalém e ainda declarar o Hamas um grupelho terrorista. 🇮🇱🇮🇱🇮🇱

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Claudia Wild

Claudia Wild Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @Clauwild1

20 Aug
Um estudo israelense, publicado recentemente, sugere que a vitamina D seria determinante para a COVID-19, já que seu nível plasmático baixo seria um fator de risco para a infecção por SARS-CoV-2. Indicando a correlação entre a deficiência do hormônio e a gravidade da doença.
O estudo avaliou 14 mil pacientes diagnosticados com covid-19 entre fevereiro e abril deste ano. A análise levou em conta os pacientes que, após confirmação da infecção viral, já haviam feito exame sanguíneo anterior com avaliação do nível plasmático de vitamina D.
Foram consideradas como deficientes em vitamina D, as amostras com nível de concentração < 30ng/mL. Os pesquisadores encontraram uma associação entre deficiência de vitamina D e maiores chances de contrair coronavírus, chegando a uma probabilidade 109% maior de internação.
Read 4 tweets
9 Aug
A descarada exploração política da pandemia não é novidade. Entretanto, os “cavalheiros da desgraça alheia” não poupam esforços para tentar jogar no colo do presidente Bolsonaro a ‘culpa’ pelas mortes causadas por um vírus que já matou 727 mil pessoas mundo afora.
Tem alguém culpando os verdadeiros responsáveis pelo epidemia? Não! A China, governada por um criminoso partido comunista, a grande causadora de tudo, passa incólume por críticas desses cavalheiros. Tem alguém crucificando líderes europeus pelas mortes ocorridas em seus países?
Não, não tem. A “culpa” é exclusiva de Jair Messias Bolsonaro. O curioso: o Brasil tem comparativamente números melhores do que diversos países europeus. O governo fez o que podia para atender estados, municípios e o cidadão que nescessita de ajuda para atravessar a crise.
Read 8 tweets
2 Aug
A torpe mídia, com muita desfaçatez, propaga que o protesto de ontem, em Berlim, foi protagonizado por “nazistas e conspiracionistas“ de toda ordem. Imagens e depoimentos mostraram outra situação: muita “Zaptante”(tia do Zap) e alemães insatisfeitos com o rumo político do país.
É possível que tenham participado nazistas? Sim, é. O grupelho abjeto, normalmente, aproveita-se de grandes atos contra Angela Merkel. Segundo as informações do Ministério do Interior, a Alemanha tem aproximadamente 13 mil nazistas - para uma população de 83 milhões de pessoas.
Eis os últimos dados divulgados, mostrando o número oficial de “extremistas de direita” - 32.080 - dos quais 13.000 são considerados nazistas. Uma marcha com centenas de milhares de pessoas - inclusive do espectro à esquerda - ser classificada de nazista, é vigarice total.
Read 4 tweets
27 Jul
A esquerda está com sangue nos olhos. Contudo, ela, sem muita opção, comete erros crassos. Continua com seu discursinho embolorado que não surte mais efeito, apenas ceva sua seita de fanáticos. Indícios mostram que poderá quebrar a cara nas próximas eleições em vários países.
Com a pandemia, a roupa íntima caiu. Hoje, o seu Zé e a dona Maria já sabem que, em quase TUDO há uma manipulação política e midiática, há parcerias pelo poder. O cenário tende a ficar interessante. E cada vez com menos espaço para o radicalismo e para a hipocrisia marxista.
Temos, sem dúvida alguma, um aparelhamento esquerdista no mundo todo, pois todas as instituições foram tomadas pela nefasta ideologia. Ocorre que, atualmente, a tendência gritante é a maior participação da direita. Viram que sem valores civilizatórios milenares, ‘a coisa rui’.
Read 10 tweets
21 Jul
As pessoas do grupo sanguíneo A seriam mais predispostas a desenvolverem a COVID 19 na forma mais grave, certo?

Mas não foi isso que um robusto estudo americano concluiu. Após analisarem quase 9000 pacientes, concluíram que “não há nenhuma conexão significativa”.
Os médicos tanto do Massachusetts General Hospital of Boston (que analisaram 7.648 pacientes) como do Columbia Presbyterian Hospital em Nova York (1.559 pacientes) não conseguiram provar uma forte influência do grupo sanguíneo no curso da COVID 19 em seus pacientes.
Sugundo o resultado da pesquisa, “a influência sobre a probabilidade de infecção era tão pequena que não se pode deduzir qualquer regularidade”. Os pesquisadores americanos afirmam que ninguém pode se sentir seguro contra o vírus por causa de seu grupo sanguíneo.
Read 5 tweets
20 Jul
O nível de vitamina D é fator de risco para a COVID 19?

Segundo o prof. Hans-Konrad Biesalski da Universidade de Hohenheim, Alemanha, sim. Ele analisou 30 estudos sobre o tema e identificou o déficit da vitamina como um indicador potencial da gravidade e mortalidade da doença.
Biesalki esclarece: “já em março, os pesquisadores haviam encontrado indicações de um possível efeito protetor da vitamina D. Cientistas americanos, em cooperação com pesquisadores da Univ. de Medicina de Debrecen, Hungria, haviam avaliado dados sobre vitamina D e infecções”.
...”Eles suspeitavam que a suplementação de vitamina D poderia ser considerada uma medida útil de redução de risco na pandemia de corona. A vitamina poderia reduzir o risco de infecção através de vários mecanismos”. m.apotheke-adhoc.de/nachrichten/de…
Read 4 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!