10 5 6 5 Profile picture
14 Oct, 22 tweets, 4 min read
Voltamos aos anos 2006.

Todos os elementos são suficientes para fazermos um paralelo.

O que nos impede é a falta de uma direita mais unida.

Ao que tudo indica esta direita conturbada será surpreendida sem ao menos saber como tudo começou.

Foi em 2006, será assim em 2022. Image
Este post aborda uma mudança de paradigma. Não visa discutir méritos no quesito segurança.

Visa lhe dizer que todos perdemos quando não temos um ambiente coeso, maduro onde uma mudança tão significativa como a que desponta atualmente poderia estar sendo discutida.
Neste sentido a distração que tanto falo para evitarem, pode ofuscar nossa visão, impedindo abordar os perigos do caminho.

No paradigma de 2006 um fator foi preponderante - Popularidade. Não havia porque duvidar de um candidato que estivesse "bem" nas pesquisas e na mídia.
2018 veio e com ele revelou-se um terreno sem o domínio dos grandes grupos.

Não foi possível reduzir a expressividade de qualquer candidato nas redes sociais. Bastava um celular, conexão à internet e pronto, uma poderosa ferramenta de alcance nacional e internacional surgia.
Surge um problema. Um grupo que detivera o comando da máquina pública, havia 16 anos, esteve envolvido até o pescoço em casos de corrupção envolvendo estatais, contratos etc.
Isto foi suficiente para que um antigo grupo, àquele que iniciou o processo de transição para o voto eletrônico em 1996, retomasse o controle da situação. Bastava que a imprensa desse o devido destaque aos atos da República de Curitiba. Atos legítimos, diga-se de passagem.
Mas muito bem explorado para que desejava neutralizar a máquina criada em 1996 e remodelada em 2006.

Qual o problema desta máquina?

Ela precisa de um elemento chamado - Popularidade.

A popularidade de um determinado candidato, seja ela real ou fabricada midiaticamente,
atua como Justificativa Plausível para validar qualquer resultado consonante à popularidade do vencedor.

Bom este ponto a República de Curitiba já tinha resolvido. Bastava ligar a TV ou ler as notícias na internet que era notória a impopularidade daqueles que governaram antes.
Deste ponto e adiante, qualquer candidato que provasse ser popular teria, nesta prova, Justificativa Plausível para sua vitória nas urnas.

Sem popularidade e sem o controle da máquina, abre-se uma lacuna para qualquer um que conquistasse a adesão das massas às suas propostas.
Não havia margem para o erro. Parece que quase tudo estava devidamente planejado. Com duas pequenas ressalvas:

1º Não se conhecia o poder de comunicação da internet, pois todos ainda tinham uma dependência crônica da figura do "Marqueteiro" - Fato que @CarlosBolsonaro mudaria.
2º Ninguém combinou com o único que tem o poder sobre a vida e a morte - a facada não evitou a vitória de @jairbolsonaro que se tornaria o 38º presidente do Brasil.

Ao ler os fatos até aquele atentado contra a democracia brasileira e o estado de direito, Bolsonaro já incomodava
Pois ocupara, graças a liberdade das redes sociais (as grandes empresas do setor não impediam a livre manifestação política em suas plataformas), a posição de candidato mais popular entre as massas.

Exatamente a posição que estava vaga.
Talvez o stablishment estive tão acostumado a nadar de costas que julgou não ser importante estabelecer uma figura "popular" antes de deixar vago esta posição.

Desesperos à parte, todos tiveram que se reinventar.

Suscitaram as piores acusações...
Genocida, Nazista e tantos outros.

Não era verdade, mas criava o ambiente perfeito para validar uma série de outras ações pelas quais a internet não seria mais uma ameaça para que surgisse outro candidato que pudesse demonstrar sua popularidade fora do sistema.
Foi a partir deste ponto que muitos "militantes" não se deram conta que seriam usados para validar uma mudança de paradigma quanto à internet e, em especial, as redes sociais.

Nunca quis expressar opiniões sobre algumas pessoas, principalmente as que foram presas neste contexto.
Existe um momento, um pequeno momento onde somente a verdade pode penetrar as camadas da razão e falar ao homem dentro do corpo. Quando tentamos fazer isto por nossos próprios meios, erramos e caímos no mesmo erro dos ZELOTES - homens que julgavam saber o que deveria ser feito.
Para os ZELOTES qualquer palavra fora do que eles consideravam ser o que deveriam fazer era descartada.

Assim não se podia esperar que a verdade encontrasse um meio de falar-lhes à alma.

Os ZELOTES foram um álibi perfeito para validar o mais terrível e eficaz cerco a Jerusalém.
Assim eu assistia todos sendo perseguidos, presos etc. Sempre tentando perceber qual dentre eles sabia que o alvo era evitar que a internet continuasse a ser uma ferramenta por meio da qual um candidato pudesse demonstrar ter o apoio das massas.
Mas qual o problema da internet ser esta ferramenta e o que isto tem a ver com 2006 e 2022?

São exatamente as perguntas que o momento não possui ambiente propício para respostas.

Você é conservador deseja que as coisas melhorem mas elas devem ser feitas do seu jeito?
Lamento informar, mas você pode ter sido usado para validar as mudanças que estamos prestes a experimentar...

Quando queremos oferecer mais do que o apoio, não estamos repetindo as ações dos ZELOTES?

Eles não confiavam no Messias, inclusive eram seus críticos.
Para os ZELOTES a fórmula certa era do jeito que propunham.

Isto era o que eu me perguntava acerca das pessoas envolvidas nos inquéritos, prisões etc.

O que ainda continuo afirmando é que devemos nos unir para apoiar o presidente.
Com uma direita coesa cria-se um ambiente onde este texto seria muito mais claro e contextualizado.

Reze/Ore, clame por unidade. Todos precisaremos dela.

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with 10 5 6 5

10 5 6 5 Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @10_5_6_5

16 Oct
𝟏) 𝐍𝐞𝐰 𝐘𝐨𝐫𝐤 𝐏𝐨𝐬𝐭 - 𝑨 𝒍𝒊çã𝒐 𝒒𝒖𝒆 𝒇𝒊𝒄𝒂. (~60 tt).

A história e os fatos envolvendo o New York Post.

Por quê é tão importante compreender estes fatos?

2022 fica ali na frente!

Mudar é preciso, mas estamos prontos?

Vamos caminhar um pouco.⤵️ Image
𝟐) Outro ponto é o "𝐩𝐞𝐝á𝐠𝐢𝐨" que ainda pode estar sendo pago por mídias com conteúdo mais conservador, onde o "𝗽𝗼𝗹𝗶𝘁𝗶𝗰𝗮𝗺𝗲𝗻𝘁𝗲 𝗰𝗼𝗿𝗿𝗲𝘁𝗼" ou "em nome da 𝗽𝗹𝘂𝗿𝗮𝗹𝗶𝗱𝗮𝗱𝗲 𝗱𝗲 𝗶𝗱𝗲𝗶𝗮𝘀" reserva espaço aos que são contrários ao conservadorismo.⤵️
𝟑) Minha intenção é tão somente usar as lições sobre os fatos envolvendo o 𝐍𝐞𝐰 𝐘𝐨𝐫𝐤 𝐏𝐨𝐬𝐭 na intenção de que encontremos um caminho seguro para o surgimento de uma imprensa livre, de fato e de direito.⤵️
Read 60 tweets
13 Oct
1) Sem margem consignável - 04 tweeters de prosa.

Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; Não, não;
São Mateus 5:37 ACF

A mentira pode estar além do "sim' ou do "não".⤵️
2) Quando, durante uma oitiva, a pergunta exigir
afirmação ou negação, isto demonstra que um ou
outro satisfaz o inquiridor, pois não há desejo
de conhecer, ao menos neste momento, os pormenores
que sustentam a resposta.⤵️
3) Claro que há casos em que outros fatores podem
levar o paciente a um estado de desconforto que
diante do qual tente reafirmar sua resposta com algo
que demonstre racionalidade.⤵️
Read 4 tweets
12 Oct
1) Quando a crucificação chegou no ponto mais crítico houve um eclipse.

Não há nada que confirme o que vou escrever aqui...

Mas considerando a dor que nós, meros discípulos tentando aprender sobre amor, sentimos quando estamos às margens do rio desta existência física,
2) ou aqueles que vemos embarcar para a travessia, imagino quão difícil foi para o ETERNO a crucificação do seu Cristo, o seu filho ungido. Talvez isto explique aquele eclipse, pois quem ama nunca reagirá de outra forma nem sentirá menos a intensidade e a violência do fato.
3) Por razões que somente o ETERNO sabia não havia remédio. Iria doer no pai, no próprio filho, assim como nos familiares, amigos e discípulos. Todos ficaram sem palavras...

Houve um silêncio ensurdecedor, inclusive nos céus.

Mas por quê aconteceu assim?
Read 15 tweets
12 Oct
1) Bolsonaro nomeia 30 novos embaixadores;

Nestor Forster Junior - Embaixada do Brasil nos Estados Unidos.

Reinaldo José de Almeida Salgado - Embaixada do Brasil na Argentina.

Luís Ivaldo Villafañe Gomes Santos - embaixada do Iraque;⤵️
2) Regina Célia de Oliveira Bittencourt - Embaixada do Benim e, cumulativamente, na República do Níger;

Mauricio Medeiros de Assis - Embaixada de Timor-Leste;

Oswaldo Biato Júnior - Embaixada na Geórgia;

Marcel Fortuna Biato - Embaixada na Irlanda;⤵️
3) Paulo Roberto Soares Pacheco - Embaixada do Chile;

José Carlos de Araújo Leitão - Embaixada da Costa do Marfim;

Flávio Hugo Lima Rocha Junior, Embaixada de Botsuana;

Bruno Luiz dos Santos Cobuccio - Embaixada do Senegal;⤵️
Read 14 tweets
11 Oct
1) Discurso em comemoração aos 200 anos de Marx - Xi Jinping 🇨🇳 (~184 tt).

Data: 04 de maio de 2018

Evento realizado no Grande Salão do Palácio do Povo, situado na Praça da Paz Celestial, simbolizando, também, a crença firme do Partido Comunista da China no marxismo.⤵️
2) Início da transcrição ->

Camaradas:

Hoje, nós estamos aqui reunidos, com grande reverência, para comemorar os 200 anos do aniversário de Karl Marx, para acalentar a memória e as conquistas históricas desta grande personalidade,⤵️
3) para reviver o espírito grandioso e os pensamentos brilhantes de Marx.

Marx é o tutor revolucionário do proletariado e dos trabalhadores de todo o mundo, é o principal fundador do marxismo, dos partidos políticos marxistas e do movimento comunista internacional.⤵️
Read 185 tweets
10 Oct
Hávia alguns anos, alguns grupos construíram uma imagem como alternativa direitista, mas na prática estavam criando uma ala que mais tarde e, rompendo com o governo @jairbolsonaro, pudesse desqualificá-lo como representante da direita brasileira.
Isto tem sua origem no mesmo tempo que Soros precisava conter a aliança que a esquerda estava fazendo quando Dilma assina a acordo para o banco dos BRICS. Naquele momento ficava evidente um esforço para unir alguns movimentos dentro dos quais se reinvindicava uma pauta de todos
Ao mesmo tempo que comentava o caminho para consolidação desta suposta representatividade da direita.

Muitos aqui devem lembrar da frase Construída para legitimar o movimento e, também, mascar a guerra travada entre as elites dominantes.
Read 6 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!