SP PEDIRÁ LIBERAÇÃO DA VACINA SE EFICÁCIA ALCANÇAR 50%

1. Desde domingo (18/10) tem circulado a notícia de que a vacina do Butantã (SP) é segura, mas a comprovação da eficácia "deve sair até o fim do ano". Como é? Não terminaram os testes, mas já anunciam que é segura?⤵️
2. G1 diz que 9 mil voluntários tomaram a vacina e os resultados são semelhantes aos da China, onde "94,7% dos mais de 50 mil voluntários não apresentaram efeito adverso". Ou seja, uma forma leve de dizer que uma a cada vinte pessoas tem reação adversa.⤵️
3. Como as reações são leves, não exigiram "atenção médica maior", afirmam que a vacina tem "perfil seguro". Trocando em miúdos: das 9 mil cobaias, quase 500 tiveram reações, mas ninguém passou muito mal, nem sofreu dano grave imediato aparente. Mas essa não é a "melhor parte".⤵️
4. O que falta agora é a demonstração da eficácia para que a Anvisa possa registrar vacina. Em outras palavras: ninguém sabe se realmente funciona, mas o Governo de São Paulo já fechou contrato para 46 milhões de doses. Você está surpreso? Calma que tem mais!⤵️
5. Diretor do Butantan disse que SP vai pedir à Anvisa liberação emergencial da Coronavac "caso a vacina demonstre eficácia de pelo menos 50% em análise preliminar". Preliminar! Ou seja, querem vacinação obrigatória de 46 milhões de pessoas, mesmo que metade possa tomar à toa.⤵️
6. Se isso ocorrer e a proporção de reações adversas se mantiver, cerca de 1,15 milhão de pessoas podem ter essas reações mesmo sem serem imunizadas. Além disso, ninguém sabe quanto tempo dura a imunização em quem funcionou, nem se há consequências a médio e longo prazo.⤵️
7. O que poderíamos esperar de quem fez campanha contra o tratamento precoce, trancou inocentes, soltou criminosos, aumentou desemprego, soldou portas de estabelecimentos comerciais, aumentou pobreza, fechou área ventiladas e aglomerou trabalhador em transporte coletivo?⤵️
8. É difícil distinguir, nisso tudo, o que é burrice do que é ma fé, tanto de parte da imprensa, quanto de parte dos políticos e de quem vai na onda deles, mas é certeza que se Bolsonaro fosse a favor da vacinação obrigatória, muitos dos que hoje são a favor seriam contra.⏹️

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Herbert Passos Neto

Herbert Passos Neto Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @hpassosneto

21 Oct
A VACINA E O CHORO

1. A pandemia é um trem sem freio e o maior problema p/ administrar é o pânico. Bolsonaro é presidente não só de um grupo, mas do país todo e muita gente quer tomar qqr vacina. Cabe ao Governo Federal fazer o máximo p/ ofertar o medicamento.⤵️
2. O Governo Federal já conta com 140 milhões de doses da AstraZeneca e Covax Facility. P/ reforçar, assinou protocolo de intenções p/ adquirir 46 milhões de doses da Vacina Butantan - Sinovac/Covid-19. A compra é condicionada aos testes de eficácia e registro na Anvisa.⤵️
3. Tudo que o PR menos precisa agora é ser acusado de crime de responsabilidade ou qqr outra coisa e ter que entregar mais espaço ao Centrão p/ sair da reta de um processo de impeachment. P/ isso tem que demostrar 100% de empenho na entrega uma solução no menor tempo possível.⤵️
Read 9 tweets
20 Oct
BOLSONARO ERROU NOS DECRETOS DA PANDEMIA?

1. Nas últimas semanas, dúvidas e críticas sobre a atuação de Bolsonaro na pandemia ganharam força entre parte de seus ditos apoiadores, uma vez que os decretos assinados por ele deram margem às ações de governadores e prefeitos.⤵️
2. A Lei 13.979/2020, sobre as medidas p/ enfrentamento do coronga, vista isoladamente é sim ruim, mas foi o melhor que deu p/ fazer num contexto em que a pandemia era um trem sem freio. Ninguém sabia qual seria o tamanho do estrago e era preciso estar preparado para tudo.⤵️
3. Nem Trump, com base, partido, grana e uma baita tradição de liberdade nos EUA, conseguiu segurar a onda de pânico. Não seria Bolsonaro, sem partido, sem nada, com uma "base" cujos ditos apoiadores agem como sabotadores e jogam o público contra ele, que iria segurar.⤵️
Read 6 tweets
15 Oct
AS CRÍTICAS “CONSTRUTIVAS” QUE NADA CONSTROEM

1. Entendo as críticas feitas a Bolsonaro por parte de seus apoiadores. Até posso concordar com algumas, mas não vejo sentido prático em quase nenhuma, ao menos p/ quem se diz ativista ou militante.⤵️
2. O governo é como um barco. Depois que zarpou, ou você rema ou tenta convencer a tripulação de que o capitão é um idiota que precisa ser orientado por você, que nunca navegou e mal sabe remar. Só imaturos e suicidas criam treta minutos antes de atravessar uma tempestade.⤵️
3. Há quem diga que conservadores estão sendo “cancelados” do debate, colocados p/ fora do barco, só porque parte do público não aceita bem as críticas à Bolsonaro. Na verdade, o problema não é extremamente haver críticas, mas quem e como as faz.⤵️
Read 8 tweets
9 Oct
Pois é! Pessoas que nunca foram nem síndicas de prédio, que não sabem nem o que é aguentar pressão de vizinhos, mas se tornaram especialistas em política papagaiando mal e porcamente Olavo, querem dar lição no cara que sobrevive há 40 anos na selva política e venceu 9 eleições.
2. Não significa que ele não erre. Isso todo mundo tá sujeito (menos quem é crítico de sofá). A questão é que não dá p/ se achar ou se dizer militante e agir como sabotador. Isso revela a incompetência ou a total canalhice de quem só pegou a onda para se projetar.
3. Só quem tá na água sente a real pressão da onda, da correnteza, dos concorrentes. Não existe crítica construtiva. Crítica não constrói nada. O que constrói é o trabalho. Agir como sabotador só ajuda o barco a afundar.
Read 10 tweets
8 Oct
COMO LEIO AS POSTAGENS DE OLAVO EM REDES SOCIAIS

1. Há quem se oriente politicamente pelas postagens do Olavo em redes sociais. Eu prefiro os livros e os cursos avulsos, onde há estudos e pensamentos bem acabados, que são resultado de um cuidadoso e longo processamento.⤵️
2. As aulas do COF variam, passam por fases: algumas mais formativas, outras mais provocativas, outras mais de acordo com o momento político. Há desde estudos bem acabados até estudos em processamento e, menos frequentemente, impressões de momento.⤵️
3. Nas redes dele tem de tudo, mas o número de impressões de momento é naturalmente maior do que nas aulas. Muitas dessas impressões tendem a ser reformuladas e até descartadas no processamento, enquanto tomam forma de um pensamento mais bem acabado, “redondo”. São "arestas".⤵️
Read 4 tweets
7 Oct
OS VIEWS DA ILUSÃO

1. Frustrações são resultado de expectativas erradas. A tendência do Governo Bolsonaro sempre foi essa: ele iria, mais cedo ou mais tarde, independentemente de qualquer coisa, compor politicamente com quem realmente tem poder e manda no campo de jogo.⤵️
2. Lembrem-se que o projeto que ganhou nas urnas não ganhou no congresso, universidades, literatura, cinema, mídia... Como o próprio Olavo cansou de dizer: a presidência é a cereja do bolo. O bolo não vem junto só pq a cereja foi conquistada. Assar esse bolo demora uns 15 anos.⤵️
3. Lembre-se tbm que nem o PT tinha autonomia total p/ indicar ministros. Segundo Dirceu, havia uma margem de poder. Imaginem Bolsonaro sem partido, sem base real, só com ativistas digitais que fazem fama e grana com o nome dele na boca e são os primeiros e virar a casaca?⤵️
Read 9 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!