1/ - A Inserção da População Negra no Mercado de Trabalho

Nessa figura, temos uma síntese da desigualdade racial no mercado de trabalho brasileiro.

É um problema estrutural.

Os indicadores do mercado de trabalho mostram a desigualdade de sexo e cor ou raça.

Segue fio.
2/ - Os indicadores do mercado de trabalho, do ponto de vista conjuntural, deixam em evidência a situação grave dos trabalhadores: a) crescimento da taxa de desocupação; b) queda no nível de ocupação para nível recorde;
3/ - c) crescimento de forma estrutural da taxa de subutilização; d) crescimento da taxa de desalento; e) queda da massa de rendimento real dos trabalhadores.

Além dessas problemáticas, outro ponto relevante é a desigualdade dentro do mercado de trabalho de sexo e cor ou raça.
4/ - Por exemplo, no 1º trimestre de 2020, a taxa de desocupação era de 12,2%, enquanto para homens era de 10,4% e para mulheres era de 14,5%. Ou seja, para as mulheres, a taxa de desocupação era maior do que a média nacional.
5/ - Considerando a taxa de desemprego por raça ou cor, no 1º trimestre de 2020, a taxa de desemprego entre os brasileiros que se declaram brancos foi de 9,8%, e permaneceu significativamente abaixo da taxa de desocupação dos autodeclarados pretos, de 15,2%, e pardos, de 14,0%.
6/ - Percebam que a taxa de desocupação de pessoas autodeclaradas pretas ou pardas está acima da taxa média, enquanto das pessoas brancas abaixo.
7/ - As desigualdades na taxa de desocupação entre homens e mulheres se refletem também na desigualdade de rendimento médio nominal. Homens têm um rendimento médio nominal de R$ 2.574 e as mulheres R$ 1.995.
8/ - Mais uma vez, os homens apresentam uma renda média nominal acima da renda média nominal nacional e as mulheres uma renda abaixo da renda média nacional.
9/ - A situação da diferença de renda está presente também quando analisamos o rendimento médio nominal por cor ou raça. Pessoas brancas ganham R$ 3.020, pessoas pretas R$ 1.699 e pessoas pardas R$ 1.726.
10/ - Além da diferença da renda entre cor ou raça, pessoas brancas ganham acima da média nacional, e pessoas pretas e pardas ganham abaixo da renda média nacional.
11/ - Essa desigualdade é estrutural e não apenas conjuntural. É isso que iremos ver nos indicadores sociais de 2019 do IBGE, com dados de 2018.
12/ - O primeiro indicador preocupante é que a taxa de desocupação entre os jovens (14 a 29 anos) é sempre mais alta e com tendência de crescimento nos últimos anos. Como podemos ver no gráfico, a taxa de desemprego entre os jovens gira em torno de 23%.
13/ - A segunda característica estrutural do mercado de trabalho que pode ser agravada com a crise atual é a taxa de desocupação por sexo. Como podemos observar no gráfico, a taxa de desemprego para as mulheres é mais elevada no total, e em algumas intervalos de idade.
14/ - Entre 14 e 29, mulheres têm um percentual de desemprego próximo a 25%, enquanto homens têm uma taxa de 19%. Entre 30 e 49 anos, mulheres apresentam uma taxa de desemprego de 10% e homens de 7%.
15/ - A situação da desigualdade no mercado de trabalho se mostra mais desigual ainda quando consideramos os indicadores por cor ou raça. Em todos indicadores, pessoas que se declaram preta ou parda tem taxa de desocupação mais elevada do que pessoas que se declaram brancas.
16/ - Tanto com pessoas sem instrução, como pessoas com ensino fundamental, ensino superior completo ou incompleto, a taxa de desocupação para preta ou parda é maior.
17/ - Por exemplo, preta ou parda, com ensino fundamental completo ou ensino médio incompleto,a taxa de desocupação é 18%, enquanto para pessoa branca o percentual é 13,5%. Para pessoas com ensino superior completo, pretas e pardas têm taxa de desemprego de 7% e brancas de 5%.
18/ - A maior taxa de desocupação para mulheres e pessoas pretas ou pardas, quando comparada com homens e pessoas brancas, está associada ao rendimento médio real do trabalho menor para pessoas ocupadas.
19/ - No gráfico, homens (R$ 2.382) e pessoas brancas (R$ 2.796) apresentam rendimento médio real do trabalho maior do que a média nacional (R$ 2.263).
20/ - Enquanto isso, mulheres (R$ 1.874) e pessoas pretas ou pardas (R$ 1.608) apresentam rendimento médio real do trabalho menor do que a média nacional, assim como apresentam rendimento menor quando comparado com homens e pessoas brancas.
21/ - Considerando o nível de instrução,pessoas brancas apresentam rendimento-hora médio real maior do que pessoas preta ou parda em todos os níveis de formação,mas para quem tem nível superior o diferencial de renda entre brancos (R$32,8) e pretos ou pardos (R$ 22,7) se é maior.
22/ - A média total também impressiona, com o rendimento-hora médio real do trabalho de pessoas brancas de R$ 17,00, enquanto de pessoas pretas ou pardas de R$ 10,1.
23/ - Quando levamos em conta a população ocupada e subocupada por insuficiência de horas, a população preta ou parda tem uma situação pior do que as pessoas brancas.
24/ - Por exemplo, o percentual de participação da população subocupada das mulheres era de 54,6% e dos homens de 45,4%. Quando analisamos a cor ou raça, a discrepância é gritante, pois a participação de pessoas preta ou parda é de 66% e de pessoas brancas de 32,8%.
25/ - A condição das mulheres e das pessoas pretas ou pardas é muito mais degradante. Isso é estrutural e, portanto, pensar em um projeto de nação deve, necessariamente, pensar em estratégias de romper com o racismo e o machismo estruturais do país.

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Uallace Moreira 🇧🇷🇰🇷

Uallace Moreira 🇧🇷🇰🇷 Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @moreira_uallace

22 Nov
1/ - Moralistas da "corrupção":Lava Jato adotou métodos criminosos

Pesquisadores apontam desvios da Lava Jato.

Métodos controversos não, métodos criminosos e destruiu o país.

Além disso,estão ganhando dinheiro no mercado

Segue fio🧶

www1.folha.uol.com.br/ilustrissima/2…
2/ - Moro trabalha para bilionário israelense investigado por corrupção:

Olha o "moralista" contra a corrupção aproveitando a "porta giratória" do seu cargo de Ex-Ministro da Justiça do Bolsonaro.

O parecer jurídico elaborado lhe renderá R$ 750 mil.

theintercept.com/2020/11/21/mor…
3/ - Só para lembrar:

Sérgio Moro está se aproveitando da porta giratória de ter saído do governo Bolsonaro como Ministro da Justiça, para fazer "relatórios técnicos":

Ganhou 750 mil em 3 "pareceres técnicos".

Um deles é para a Vale.

blogs.oglobo.globo.com/lauro-jardim/p…
Read 9 tweets
21 Nov
1/ - Vamos tributar mais os bancos e as multinacionais?

O Brasil é um dos países com maiores perdas econômicas por evasão fiscal por parte de grandes empresas transnacionais, segundo o relatório elaborado pela Aliança Global para Justiça Tributária.

br.sputniknews.com/americas/20201…
2/ - Estudo que propõe a taxação sobre as grandes multinacionais.

Fox e Liscow mostram duas mudanças recentes que militam a favor de impostos corporativos mais elevados, que fechariam o déficit, financiariam programas sociais e reduziriam a desigualdade.

taxprof.typepad.com/taxprof_blog/2… Image
3/ - Em primeiro lugar, as mudanças na legislação tributária têm direcionado cada vez mais o imposto sobre as sociedades para “rents” econômicos, os retornos superdimensionados que as empresas recebem quando desfrutam de vantagens como poder de mercado.
Read 7 tweets
20 Nov
1/4 - Mais uma imbecilidade Guedes:

"A Economia chinesa é exemplo de economia de mercado,enquanto no Brasil somos uma economia dirigista"

Guedes já viu o 14° Plano Quinquenal da China?

Sabe que Xi Jinping nomeia representantes nas empresas?

Segue fio

economia.uol.com.br/noticias/redac…
2/4 - Nesse artigo, eu e @paulogala mostramos as características do 14° Plano Quinquenal da China, focando na estratégia chamada "Dual Circulation Strategy", que é fortalecer a inovação e o mercado interno.

Com forte investimento público.

paulogala.com.br/um-projeto-nac…
3/4 - Nesse outro artigo, mostro como XiJinping está conduzindo o país para superar os EUA no domínio tecnológico mundial.

Com elevado investimento em inovação conduzindo pelo Estado.

portaldisparada.com.br/economia-e-sub…
Read 5 tweets
19 Nov
1/4 - Estatal da China X SpaceX de Elon Musk (EUA)

As operadoras de telecomunicações estatais da China - China Telecom’s - planejam cerca de 10.000 satélites para criar uma nova rede StarNet e se fortalecer contra os EUA.

Segue fio.

asiatimes.com/2020/11/china-…
2/4 - Essa estratégia da China é uma resposta à afirmação de Elon Musk de que, com 775 satélites instalados e funcionando em órbita, sua empresa SpaceX ultrapassou a NASA como a maior operadora de satélites do mundo, a China decidiu
3/4 - O presidente Xi Jinping aprovou o novo programa de exploração espacial de cinco anos para 2025 no início deste ano. O plano reunirá empresas estatais e entidades privadas e visa acompanhar o ritmo dos EUA e da SpaceX em uma nova corrida para lançar satélites e espaçonaves.
Read 4 tweets
18 Nov
Amapá tem novo apagão:

O descaso com o povo pobre do Amapá continua.

Para os condomíniosde luxo e bairros nobres, no primeiro apagão, não sofreram com o racionamento.

Resultado das privatizações, importante lembrar.

g1.globo.com/ap/amapa/notic…
Amapá: rodízio de energia atende bairros nobres e periferia fica no escuro

brasil.estadao.com.br/noticias/geral…
O apagão no Amapá, que entra neste sábado (14) em seu 12º dia consecutivo, não tem afetado moradores de condomínios de luxo de Macapá, a capital do estado. O privilégio foi constatado pelojornalista Ulisses Campbell, da revista Época.

revistaforum.com.br/noticias/em-ma…
Read 4 tweets
13 Nov
1/ - Sabe quem vai pagar a conta da crise do Amapá?

A sociedade, na conta de luz.

A mesma coisa que aconteceu na Crise do Apagão de 2001.

O Estado e a Sociedade vão pagar pela crise causada por uma empresa privada.

Segue fio.

economia.uol.com.br/noticias/estad…
2/ - A empresa privada que causou a crise no Amapá tem histórico de problemas.

A espanhola Isolux teve uma série de problemas em suas concessões no país e pediu recuperação judicial em 2016.

Empresa privada e sua eficiência..

www1.folha.uol.com.br/mercado/2020/1…
3/ - Não foi causado por raio, diz perícia preliminar.

Em 2001, FHC colocou a culpa em São Pedro, afirmando que foi por causa de falta de chuva.

Melhor assumirem de vez: privatização no setor energético é um desastre.

noticias.uol.com.br/cotidiano/ulti…
Read 12 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!