SecomVc Profile picture
21 Nov, 39 tweets, 5 min read
Mesmo não sendo um problema diretamente ligado ao Governo Federal, o Presidente e o Governo trabalharam intensamente desde o início.

Abaixo, fazemos o trabalho que @gugachacra preferiu não fazer, levantando as informações exatas:
A contratação emergencial de energia elétrica foi autorizada menos de 24 horas após o incêndio no transformador 1 da Subestação de Macapá

O Governo já repassou mais de R$ 20 milhões para a locação de energia e a compra de combustível.
A Força Aérea Brasileira já transportou 83 toneladas de carga para a região, com alimentos, água e 8 geradores.

O Exército Brasileiro tem atuado 24/7 em ações de defesa civil, levando energia a hospitais, clínicas e laboratórios e distribuindo água potável.
Já no dia 04/11 o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, chegou a Macapá (AP), na companhia do diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica, do diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e do secretário de Energia Elétrica do MME.
No dia 05/11 o grupo participou de uma reunião composta por representantes de instituições estaduais do setor. Além disso, foi realizada uma visita à empresa onde ocorreu o incêndio na Subestação para dialogar com os técnicos do local.
06/11: máquina de purificação de óleo foi transportada de balsa a Macapá.
06/11: aeronave C-130 Hércules da FAB se deslocou do Rio de Janeiro/RJ para São Luís/MA, de onde mais duas máquinas de purificação foram transportadas até Macapá/AP, com a finalidade de aumentar o esforço de purificação do óleo do transformador número 3 que está na subestação.
06/11: aeronave KC-390 da FAB também se deslocou de Boa Vista/RR para Manaus/AM a fim de transportar 4 geradores até Macapá/AP para atender, de forma emergencial, as atividades essenciais designadas pelo Governo do Estado.
06/11: ministro Bento Albuquerque realizou uma reunião de avaliação das ações pretéritas e projeção das futuras com o presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre, e com o governador do Amapá, Waldez Góes.
O MME publicou a Portaria nº 406, em edição extra do Diário Oficial, que autoriza a contratação excepcional e temporária, de geração de energia elétrica no montante de até 150 MW no Amapá, por até 180 dias ou em prazo inferior (em havendo condições).
07/11: o sistema elétrico de Macapá voltou a ser conectado à rede de Transmissão do Sistema Interligado Nacional – SIN, com a conclusão de reparos em um dos transformadores da Subestação Macapá (230/69 kV) e o início gradativo do atendimento aos consumidores.
07/11: ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, anuncia o restabelecimento de 65% da energia elétrica no estado do Amapá.
07/11: atendimento permanente às cargas prioritárias, como hospitais e abastecimento de água.
07/11: estabelecimento de rodízio para os demais consumidores, considerando a atual restrição à capacidade de atendimento
07/11: com o objetivo de coordenar o emprego das FFAA em ações de apoio ao Amapá, o Ministério da Defesa ativou a OPERAÇÃO AMAPÁ.
- Três navios e um helicóptero da Marinha, duas aeronaves da Força Aérea e tropas do Exército e dos Fuzileiros Navais foram enviados ao estado.
07/11: os navios Auxiliar Pará e Patrulha Guanabara, além do Navio Doca Multipropósito Bahia, foram carregados com gêneros alimentícios e medicamentos.
07/11: o Navio de Desembarque Multipropósito Bahia atracaria em Santana na segunda (9) à tarde para prestar apoio humanitário e de saúde à população do Amapá.
07/11: o fornecimento de combustíveis aos hospitais municipais e estaduais da capital e do município de Santana é realizado pelos militares do Exército Brasileiro.
A Defesa Civil comanda a instalação dos geradores nos laboratórios e clínicas, além da montagem de alojamentos e do apoio aos órgãos de segurança pública e defesa civil do Amapá.
09/11: aeronaves da FAB foram empregadas em diversas missões em apoio à Operação Amapá, designada pelo Ministério da Defesa e coordenada pelo Ministério de Minas e Energia, para reduzir os impactos da falta de energia elétrica.
No período entre os dias 6 e 9 de novembro, foram transportadas mais de 52 toneladas de carga e equipamentos, como purificadores, geradores de energia, gêneros alimentícios, água potável, dentre outros materiais.
11/11: foi concluído pelos Navios Patrulha Guanabara e Auxiliar Pará o desembarque de material, gêneros alimentícios secos e óleo diesel na cidade de Santana (AP). As embarcações transportaram ao todo 74 militares e 2 embarcações.
11/11: em razão do período de falta de energia no Estado, o Comando de Fronteira Amapá/34º Batalhão de Infantaria de Selva (CFAP/34 BIS), do Exército Brasileiro, prestou apoio no abastecimento de água à Capitania dos Portos do Amapá (CPAP), da Marinha do Brasil.
O 34º Batalhão mobilizou três Caminhões Pipa, com o total de 34 mil litros de água potável.
11/11: a Operação Amapá também recebeu reforço médico do Navio Doca Multipropósito Bahia, com o deslocamento de 31 profissionais de saúde da Marinha e da Secretaria Estadual de Saúde para prestação de auxílio médico básico. A assistência tem duração inicial de 10 dias.
13/11: comando Conjunto do Norte transportou dois geradores de Manaus para Macapá. Os materiais, que pesam oito toneladas cada um, auxiliam no restabelecimento de água do Amapá.
Os equipamentos foram transportados em uma aeronave C-130 Hércules da Aeronáutica e contribuem na normalidade no sistema de abastecimento de água da Companhia de Água e Esgoto do Amapá (CAESA).
15 e 16/11: chegada de 47 unidades geradoras com capacidade de 45 MW para instalação nas subestações da Companhia de Eletricidade do Amapá Santa Rita (20 MW) e Santana (25 MW); geradores em processo de montagem e instalação; religação prevista até o dia 21/11.
16/11: a equipe de saúde do Navio Doca Multipropósito Bahia, da Marinha do Brasil, atua até o dia 21/11 no atendimento médico aos moradores do município de Santana.
Operação conjunta das Forças Armadas, a missão acontece no âmbito da Operação Amapá, sob coordenação do Ministério da Defesa.
17/11: instalação do 2º Transformador na Subestação Macapá; transformador de 100 MVA, transportado de Laranjal do Jari para Macapá.
18/11: montagem iniciada na Subestação Macapá; estimativa de energização até 26/11.
18/11: 39 militares da área da saúde prestam atendimento médico aos amapaenses; as ações ocorrem no âmbito da Operação Amapá, sob coordenação do Ministério da Defesa.
- O apoio hospitalar feito por médicos, enfermeiros, cirurgiões dentistas, farmacêuticos e nutricionistas teve início em 11 de novembro e prossegue até o sábado (21), de 8h às 18h. Especialistas em radiologia, patologia clínica e tecnólogos de enfermagem reforçam o atendimento.
20/11: na manhã desta sexta (20), dando prosseguimento à agenda de visitas técnicas iniciada no dia anterior, o Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, acompanhou o trabalho de restabelecimento total da energia elétrica no AP, visitando outras duas subestações em Macapá.
- Inicialmente, Albuquerque se deslocou até a subestação Santa Rita e às instalações construídas pela Oliveira Energia, que irão fornecer mais 20MW ao Amapá.
- Durante a visita (que contou com a participação do governador Waldez Góes e autoridades do setor energético), o ministro acionou um dos geradores termoelétricos.
- Em seguida, o Ministro realizou uma visita técnica à subestação Santana e ao parque gerador da Eletronorte.
21/11: neste sábado (21), os geradores termelétricos deverão começar a fornecer energia na subestação Santa Rita e na subestação Santana. Isso, progressivamente, poderá ser expandido, até que seja atingida a carga normal de consumo, cerca de 250MW.

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with SecomVc

SecomVc Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @secomvc

22 Nov
🇧🇷 O BRASIL VAI EM FRENTE

👍 Depois da crise mundial, o Brasil se destaca entre os emergentes com seus sinais de RETOMADA.

👍 Isso porque reagimos de modo exemplar às contingências geradas pelo Coronavírus.

⚠️ Mas também porque em 2019, ANTES do vírus, vínhamos muito bem.
02.
🖐️ É preciso, portanto, lembrarmo-nos de como era o Brasil antes de 2019:

⬇️ Massacre de inocentes e tolerância com criminosos.

⬇️ Os maiores escândalos de corrupção da História.

⬇️ Recessão, desemprego e A PIOR DÉCADA para a economia em 120 ANOS.
03.
🇧🇷 Em 2019, porém, o Brasil entrou no caminho da prosperidade e da liberdade:

🛡️ Redução dos principais índices de violência.

🚨 Sucessivos recordes de apreensão de drogas, sufocando o tráfico e libertando os brasileiros de bem.

👶 Defesa da vida desde a concepção.

⬇️⬇️⬇️
Read 14 tweets
22 Nov
Sem medidas como o Auxílio Emergencial, o Bolsa Família e o Benefício de Prestação Continuada (BPC), cerca de 29,6 milhões de brasileiros teriam entrado na linha da pobreza durante a crise sanitária da Covid-19, o que implicaria um aumento da população pobre de 10,3% para 14%. Image
É o que mostra um estudo realizado pelo economista Vinicius Botelho, pesquisador associado da @FGV, com base em dados da Pesquisa Nacional por Amostra Domiciliar (PNAD) Contínua e da PNAD Covid-19 do @ibgecomunica.
A pesquisa revela ainda que em maio, quando a atividade econômica foi mais afetada pela doença, a pobreza teria chegado a 17,1% não fossem os programas sociais.
Read 4 tweets
22 Nov
Em seu pronunciamento no encerramento do encontro de líderes da Cúpula do @g20org, neste domingo (22), o Presidente @jairbolsonaro falou da transformação da agricultura brasileira aliada à conservação ambiental. Image
“Tenho orgulho de apresentar esses números e reafirmar que trabalharemos sempre para manter esse elevado nível de preservação, bem como para repelir ataques injustificados proferidos por nações menos competitivas e menos sustentáveis”, revelou.
Inovação e desenvolvimento, além da incorporação de grandes ganhos tecnológicos em eficiência e produtividade, também foram destacados pelo Presidente:
Read 6 tweets
22 Nov
A atuação e os esforços do Brasil pela economia mundial foram destacados pelo Presidente @jairbolsonaro, neste domingo (22), em fala de encerramento da participação brasileira no encontro de líderes da Cúpula do G20. Image
“São demonstrações do nosso empenho os acordos comerciais negociados pelo MERCOSUL com a União Europeia e a Associação Europeia de Livre Comércio, a EFTA. Também já iniciamos tratativas com a Coreia do Sul e com o Canadá”, listou o Presidente.
Durante participação por videoconferência, Jair Bolsonaro também citou os recentes acordos firmados entre o Brasil e os EUA sobre facilitação do comércio, boas práticas regulatórias e combate à corrupção.
Read 4 tweets
21 Nov
Em visita a Termelétricas do Amapá, neste sábado (21), o Presidente @jairbolsonaro apertou o botão de start de geradores de energia de menor potencial, que ajudarão a restabelecer cerca de 20% da energia na região, desabastecida desde que houve um incêndio em geradores. Image
Outras medidas adotadas pelo Governo Federal ajudaram a atender a população.
“Ficamos sabendo que levaria 90 dias para ser resolvido. Os amapaenses estavam carentes, mas não sem assistência. Desde o começo fizemos todo o possível para restabelecer a energia no estado, e brevemente atingiremos a plena suficiência”, revelou Bolsonaro.
Read 5 tweets
21 Nov
Em seu pronunciamento no encontro com líderes na Cúpula do G20, neste sábado (21), o Presidente Jair Bolsonaro citou as ações e investimentos do Governo federal que fortaleceram a economia e o combate ao coronavírus. @g20org #G20RiyadhSummit Image
“Estou convicto de que estamos obtendo êxito nessas iniciativas. Juntos, estamos superando uma das mais graves crises sanitárias da história recente. Estamos vencendo as incertezas, as dificuldades logísticas e, inclusive, a desinformação”, afirmou.
O presidente lembrou que o Brasil, em conjunto com os outros membros do G20, ajudou a injetar mais de 10 trilhões de dólares na economia mundial e adotou diversas medidas que contribuíram para assegurar liquidez aos mercados e conferir alívio fiscal aos países mais vulneráveis.
Read 5 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!