O ABC Paulista deveria ser a região mais anti Bolsonaro do Brasil. Bolsonaro odeia o ABC por toda a história da região e por tudo o que o ABC já representou na política do país. Por isso é algo especialmente dolorido ver como o ABC se tornou reduto bolsonarista nos últimos anos.
Para os grupos reacionários, ABC sempre foi sinônimo de organização sindical, de luta de classes, de movimentos que incomodaram a ditadura. Imagina só o ódio que um cara como o Bolsonaro tem da região onde explodiram as manifestações que começaram a derrubar a ditadura.
Recuperar o ABC deveria ser colocado como bandeira principal de qualquer projeto progressista. O ABC precisa ser o cenário e o laboratório do novo progressismo no país, um progressismo preocupado com a pauta ambiental, com a redução das desigualdades, em ser exemplo pra todos
O ABC deveria representar tudo o que Bolsonaro mais odeia, pela sua história. Um povo inteligente, altivo, focado no trabalho e na transformação da sociedade, na organização dos trabalhadores, dos estudantes, dos movimentos eclesiais, dos movimentos ambientais.
É todo esse potencial que o ABC foi perdendo no decorrer dos anos, com o espalhamento do parque industrial, com o esvaziamento dos empregos e das comunidades eclesiais, com o crescimento de um reacionarismo ressentido e com as enormes falhas da esquerda na condução dos processos
Hoje tudo parece morto, o sujeito que era trabalhador agora virou a classe média que se identifica mais com o patrão, que acha trabalhador tudo vagabundo. Os movimentos sociais são cada dia mais sufocados e governante medíocres são celebrados como gênios.
A única forma do ABC recuperar protagonismo e não virar um bando de cidades-dormitório é com governos de esquerda visionários assumindo a região, como já ocorreu há muitos anos. Porque pro Bolsonaro (mesmo pro PSDB, em alguma medida), a região tem que ser um anexo esquecido de SP
Isso nem é muito análise precisa de qualquer coisa inclusive. É mais um desabafo meio triste, considerando as coisas que vejo no cotidiano por aqui. Dá pra construir muita coisa, mas o trabalho vai ser imenso e vai encontrar enormes resistências

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Leonardo Rossatto

Leonardo Rossatto Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @nadanovonofront

11 Jan
Bolsonaro resolveu criticar o Janones. A crítica virou vitrine
A velocidade de engajamento pqp Dez respostas em dez segundos
Read 4 tweets
4 Jan
Vocês sabem que influenciador falando merda é um efeito direto das métricas de monetização nas redes, né? Não estou falando que a rede é ruim por si só ou que os administradores sejam uns crápulas (não que seja mentira), mas o modelo de negócio leva a isso
O influencer é o profissional das redes sociais, que tira o seu sustento das redes. As métricas de engajamento aí são coisas estilo seguidores, curtidas, comentários, coisas mais mensuráveis que “reputação”
Pra piorar, as coisas meio que se retroalimentam. Se o objetivo é ENGAJAMENTO acaba que as redes sociais viram um grande concurso entre profissionais de quem chama mais atenção. Então todo o esforço desse pessoal passa a ser um grande “gente, olhem pra mim”. Repito, profissional
Read 10 tweets
4 Jan
O Brasil não só tem uma das maiores desigualdades medidas pelo índice de GINI, mas também está entre os lugares onde os ricos ganham mais renda de capital enquanto os pobres ganham renda pelo trabalho, o que aumenta ainda mais a desigualdade estrutural
"Latin American countries represent the second cluster, and are, on average, characterised by high levels in both inequality dimensions."
Ou seja: a América Latina (junto com a Índia) é o lugar do mundo que melhor representa aquele capitalismo oligopolista extremamente desigual que se praticava no século XIX. Grafico de desigualdade associando a Améica Latina ao capit
Read 4 tweets
26 Dec 20
Após a fervura, o creme deve ganhar consistência. É hora de apagar o fogo e misturar o conhaque. Mexa até o creme ficar homogêneo, espere esfriar um pouco e despeje delicadamente em cima da camada de sonho de valsa

Dessa última vez eu coloquei xarope de bordo no lugar do açúcar
Ficou bom, mas não recomendo porque o xarope de bordo está caro pra caramba e eu só fiz essa temeridade porque tenho um estoquezinho de xarope de bordo em casa.
Camada 4:

Esmigalhe doze bombons ouro branco (sim, ninguém é criativo aqui) e coloque em cima da camada de chocolate. Mesmo esquema do sonho de valsa, pelo amor de Deus não usem processador, o trabalho manual é importante, vamos aproveitar esse tempo em casa e tal
Read 13 tweets
25 Dec 20
Esse é o naipe do pavê que eu faço no Natal (já destroçado, como deve ser aliás) Foto aérea de pavê com três camadas e raspas de chocolateFoto demonstrando as camadas do pavê
Receita: Pavê do Tio do Pavê

Camada zero: aquela tradicional forrada de forma com bolacha de maisena embebida em leite, açúcar e uma gotinha de essência de baunilha (porque a fava tá custando um rim). Quando a forma é mais alta eu faço com bolacha champanhe, também fica legal.
Camada 1:

3 gemas (aqui é bom tirar a pele)
1 lata de leite condensado
1 porção igual a lata de leite condensado de leite
1 colher de sopa de maisena

Coloque tudo em fogo baixo mexendo com o fouet (batedor de claras) até ferver e ganhar consistência. Coloque acima da bolacha
Read 4 tweets
24 Dec 20
Sobre Dória e Covas fazendo um monte de absurdo logo após e eleição, falo com a experiência de quem apanha de governo do PSDB há 15 anos: é modus operandi.

SEMPRE tiram da caixa todo tipo de maldade logo após a eleição. Daí, perto da outra eleição, fazem paliativos e maquiagens
Então, com muita propaganda positiva em cima das maquiagens e muito terror contra os adversários, eles chegam na eleição e o trouxa do paulista/paulistano SEMPRE VOTA NELES. E sim, paulistano também, porque o "candidato do PSDB" ganhou quatro das últimas cinco eleições municipais
Ser trouxa é escolha. Não é à toa que São Paulo continua perdendo participação no PIB nacional, continua afugentando investimentos e todo mundo segue achando que tudo está maravilhosamente bem. O ABC, que era o maior parque industrial do país, virou cidade dormitório sob o PSDB
Read 5 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!