Bolsonaro não traiu ninguém, porque você só trai quando existe uma relação de confiança baseada em algo. Bolsonaro só é fiel a uma coisa: seu projeto de se reeleger em 22. É só isso. Essa é a única pauta do seu governo, o resto é resto.
Desde que assumiu, Bolsonaro só fala em 22. Pq? Pq acredita q, reeleito, o projeto de poderes absolutos estará legitimado. Bolsonaro quer o fim da democracia, não acredita ser possível fazer as coisas que quer fazer numa democracia/estado de direito.
A reeleição é o sinal positivo pra ir adiante na pauta e começar a destruir explicitamente as instituições, governar com poderes totais — e eliminar “entraves” como oposição de esquerda, movimentos sociais, regulações ambientais, juristas, professores etc
A pauta desse governo é “sou antissistema, por isso não me deixam governar. Mostrem que confiam em mim e votem em 22, e aí vamos ter mais legitimidade para destituir esse pessoal”. É isso. Todo resto: olavismo, liberalismo, etc, é circunstancial e dependente do objetivo maior.
Ou seja, não é só “livrar os filhos” não. É outro projeto de Brasil que não pode ser efetivado pela democracia. E tem muito apoiador, tipo Veio da Havan, que também acha isso. Não diz explicitamente, mas acha. Estão esperando o fechamento depois da reeleição pra passar a boiada.

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Moysés Pinto Neto

Moysés Pinto Neto Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @moysespintonet0

21 Feb
Sobre o tuíte do Silvio Almeida acerca do neoliberalismo, depois de ler as críticas, acho que realmente a nomeação do general para Petrobrás não é um bom exemplo de neoliberalismo. Mas as noções gerais que ele apontou na sua maioria eu concordo.
Uma das características dos fundadores Pinochet/Reagan/Thatcher, por exemplo, é o punitivismo acentuado que envolve reforço do aparato estatal policial. É o que Silvio se refere dizendo que está em jogo a qualidade da intervenção.
Em relação ao tópico “organização da economia”, achei um pouco confuso, prefiro deixar de lado. Ou seja, no geral acabei discordando do tuíte depois de ler as críticas, mas no ponto geral - neoliberalismo não tem apenas a ver com mais ou menos estado - ele tem razão.
Read 5 tweets
20 Feb
O que está acontecendo não é bem uma partidarização das forças armadas, é a sua transformação em partido mesmo. A diferença é sútil, mas o primeiro caso é a relação com a polícia (ideologizado), enquanto o segundo tem a ver com infraestrutura humana, ou seja, quadros.
Virou mesmo o governo dos militares eleito. Isso é péssimo e bom. Péssimo, porque o exército não deveria ser partido e tem um histórico autoritário. Bom porque, sendo partido, fica muito mais vulnerável. A mídia deveria insistir nesse desvio institucional.
As Forças Armadas se desenham como “poder moderador”, mas a rigor se tornaram simplesmente um partido de extrema direita. Facilita o trabalho de quem, como eu, gostaria simplesmente de extinguir o Exército. :)
Read 4 tweets
2 Feb
A ideia de compor uma grande frente para enfrentar o bolsonarismo na eleição da Câmara era uma simples decisão tática. Diante do fascismo explícito, seria preciso neutralizar com todas as armas possíveis. A mais efetiva seria juntando todo mundo que fosse possível.
A decisão do PSOL de lançar Erundina nunca foi realmente relevante (nem comentei, que eu lembre), pelo tamanho do partido. Foi apenas relevante para definir que papel o partido quer cumprir: marcar posição ou fazer parte de decisões negociadas efetivas?
Alguém pode dizer: mas a esquerda teria ficado em segundo lugar (o que duvido por traições, rixas etc). Beleza. Mas nunca poderia ter vencido. A única chance de vencer era compor uma frente parlamentar com um acordo em torno a pontos mínimos contra os interesses do Planalto.
Read 11 tweets
1 Feb
Acho muito louco que fazemos dezenas de horas de discussão com nossos pares, mas na hora de publicar paper é só referência grande, muito geral e EUA/Europa. Como se as ideias tivessem mesmo vindo todas de lá.
Me incluo nessa, embora em comparação com muitos amigos acho que faço um esforço bem maior pra documentar nossos debates. Tem algumas coisas que fico bem chocado de ver, é um apagamento total do processo de construção do material.

Chego a duvidar se vale a pena mesmo debater.
Não sou nada purista com nada, inclusive com ficar marcando quem é citado e tal. Mas é bizarro isso que fazemos com nós mesmos. Pessoa participa de n GTs e afins e só consegue citer gente de fora e os autores principais, sem referir ninguém q ajudou a construir.
Read 6 tweets
11 Dec 20
O governo Bolsonaro é a realização de todas as fantasias da direita sobre o PT executadas pela própria direita. Na corrupção, no patrimonialismo, autoritarismo, doutrinação e ideologização.
Nunca houve uma demonstração mais cabal do conceito freudiano de “projeção” que nas críticas da direita brasileira à esquerda. Ela está todo tempo criticando a si mesma quando crítica o PT.
O aparelhamento bolsonarista é o pior pesadelo da direita sobre o PT. O patrimonialismo é escancarado e admitiu até a queda do maior ídolo, Moro. A ideologização atingiu até a política de saúde na pandemia. O projeto autoritário de poder é explícito e passa pelo nepotismo.
Read 6 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!