Boletim de 22/02/2021
Mais uma vez, o pior momento no RS
Ontem, somamos 8 dias de crescimento no número de suspeitos e confirmados em Leito Clínico e UTI superior a 100 internados.

Fonte: Boletim de Hospitalizações bit.ly/boletim_hosp_RS
- Ontem, o número de internados em leitos clínicos confirmados com Covid-19 aumentou de forma expressiva novamente de 1871 para 1906. O número de suspeitos aumentou expressivamente, variando de 626 para 675.
Na semana, passa-se a acumular elevação de 193 suspeitos e 712 confirmados. A elevação das últimas 2 semanas (1225 internados) equivale a quase metade (47%) do total internado atualmente em Leito Clínico (2581).
- Nos leitos de UTI, também houve aumento no número de confirmados ontem, passando de 1045 para 1084. O número de suspeitos aumentou de 203 para 217. Na semana, há elevação de 68 suspeitos e 209 confirmados.
- Na soma de Leitos Clínicos e UTI, há elevação no total de confirmados e suspeitos na semana, com variação de 1182 internados a mais, equivalente a um aumento de 44% em apenas uma semana.
- A razão de leitos livres para cada ocupado por Covid no RS está em 0,37, apresentando piora expressiva ontem.

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Lucia Pellanda

Lucia Pellanda Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @lupellanda

22 Feb
Fio para diminuir o seu risco, da sua família e o de todo mundo
Aprendemos, durante esse ano de pandemia, que podemos fazer várias coisas para aumentar nossa proteção. Cada uma das medidas diminui um pouco o risco. Quanto mais dessas coisas você fizer, melhor. 1/13
E quanto mais gente fizer essas coisas, melhor também.
Se umas poucas pessoas fizerem algumas poucas medidas, elas ficam um pouco protegidas.
Se todo mundo fizer várias dessas medidas, todas ficam MUITO MAIS protegidas. 2/13
Agora sabemos que a principal forma de transmissão é respiratória, e que isso pode acontecer por gotículas (maiores, que não viajam muito) e aerossóis (menores, que viajam distâncias bem maiores – pense como se fosse uma fumaça de cigarro). 3/13
Read 13 tweets
20 Feb
Boletim de 20/02/2021 RS

Ontem houve o maior aumento no total de pacientes confirmados e suspeitos com Covid-19 em Leitos Clínicos e UTI: 256 pacientes a mais em um dia.
Isso demonstra que a curva recente segue de hospitalizações segue acelerando.
- Ontem, o número de internados em leitos clínicos confirmados com Covid-19 aumentou de forma expressiva novamente de 1624 para 1794. O número de suspeitos também aumentou expressivamente de 572 para 628. Na semana, passa-se a acumular elevação de 224 suspeitos e 597 confirmados.
- Nos leitos de UTI, também houve aumento expressivo no número de confirmados ontem, passando de 988 para 1038. O número de suspeitos reduziu de 178 para 159. Na semana, há elevação de 27 suspeitos e 189 confirmados.
Read 6 tweets
22 Jan
“Ah, mas mal não faz”

Tem alguns problemas pensar assim
(Siga o fio e se quiser ajudar lembrando de mais pontos, será ótimo)
1/10
1. Uso de recursos
Se pensarmos na saúde da população, não existe isso de "mal não faz". Um tratamento totalmente inócuo já faria mal, pois representa uso de recursos que poderiam ser usados em algo efetivo. Em um contexto de escassez, isso faz mal.
2/10
2. Efeitos colaterais
Quase nenhum tratamento é inócuo. Pode ser um tratamento seguro individualmente, mas usado por milhões de pessoas, mesmo que os efeitos colaterais sejam raros, significa que muita gente terá efeitos ruins por um tratamento de que não precisava. 3/10
Read 11 tweets
12 Jan
Fio para ajudar a interpretar as reduções relativas de risco

Os números divulgados para a vacina são RRR, ou redução do risco relativo.
Como a RRR total deu cerca de 50%, deu uma certa confusao, pq muita gente está dizendo que o risco de se contaminar é de 50%. Naaaooo 1/7
O RRR de 50% quer dizer que seu risco é reduzido pela metade EM COMPARAÇÃO com quem recebeu placebo, por isso ele se chama risco relativo.
Uma redução de 50% é bem relevante clinicamente.
Se você tinha 10% de risco de contrair COVID, seu risco será de 5% com a vacina. 2/7
Se tinha 2%, seu risco será de 1%.
Isso para o total de casos, que é puxado principalmente pelo maior número de casos muito leves (os que não precisam atenção). 3/7
Read 9 tweets
16 Jun 20
Para mim, ajuda pensar que não estamos totalmente a mercê de algum desastre natural como um terremoto ou um Tsunami. É uma tragédia, mas há algo que podemos fazer. E esse algo é se cuidar. Cuidando da gente, cuidamos de todos. 1/9
É uma coisa muito estranha, mas se todo mundo se cuidar o risco diminui pra todo mundo.

Isso exige uma nova maneira de pensar que pode ser muito importante no pós pandemia também. 2/9
O que o mundo esta precisando bem agora é o que já estávamos precisando antes: colaboração, empatia, respeito por cada vida.
Estar bem depende do próximo estar bem também. 3/9
Read 9 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!