1. Imagine o seguinte.

Você mora num condomínio grande, de 300 apartamentos.

Seu apartamento vale algo próximo de R$ 200 mil.

Um dos vizinhos tá precisando de dinheiro e decide vender o dele desesperadamente a R$ 130 mil.

A negociação é feita e você nem ficou sabendo.
2. Agora, se esse mesmo caso ocorresse na bolsa, seria assim:

Imediatamente após o vizinho que vendeu por R$ 130k ter fechado um negócio, dispararia um alarme informando que o imóvel caiu 35%.

Muitos, ao saberem disso, começam a colocar seus imóveis à venda por 120k, com medo.
3. Dezenas de vizinhos já preparam suas mudanças.

Aparecem também alguns desesperados vendendo a 100 mil e até a 80 mil.

O pânico se generaliza.

Corretores de imóveis saem às ruas do condominio avisando que os preços logo baterão R$ 50 mil.
4. Em determinado momento, sabendo do alarde que se espalhou, surgem alguns investidores racionais.

Eles compram aquelas dezenas de imóveis, pagando de R$ 100k a R$ 150k.

Um belo desconto ainda.
5. Os preços voltam a subir.

Então alguns que venderam a 100 mil ou menos voltam a olhar com carinho para os imóveis e decidem comprar de volta, agora pagando 150k.

Outros ressurgem animados e voltam para o condomínio.

Ofertas de até R$ 200 mil rolam na mesa.

Tudo fica calmo.
6. Entenderam como funcionam as coisas na bolsa?

O fato de você saber que estão vendendo no desespero ou barato, cria um efeito de pânico generalizado em muitas pessoas.

Por outro lado, os investidores de longo prazo aproveitam a irracionalidade pra comprar mais.
7. Moral da história:

Aproveite o momento de histeria coletiva acarretado pelo desespero e decisão precipitada de alguns, para encher o carrinho.

Em vez de fazer parte da manada e se desesperar, use essa dinâmica a seu favor.
8. Afinal, ela permite que você compre bons ativos a preço de banana.

No fim das contas, é isso que te enriquece.

O que chamam de risco no mercado (volatilidade) é o que te gera grandes oportunidades.

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Felipe Tadewald

Felipe Tadewald Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @FelipeTadewald

2 Feb
Aprender contabilidade é importante para investidores que querem se desenvolver e aprender a analisar empresas por conta.

Sem conhecimento em contabilidade, você dificilmente vai conseguir avaliar e analisar os números de uma empresa, saber se ela é saudável, lucrativa etc.
Como Warren Buffett já falou no passado: contabilidade é a língua dos negócios.

Você não precisa ser um expert em contabilidade pra investir bem, aprender os conceitos básicos e aprofundar o conhecimento, vai te ajudar.
Inclusive, ao longo da minha trajetória de investidor, a contabilidade esteve bastante presente no meu dia a dia.

Se eu consegui fugir de muitas armadilhas e concentrar meus aportes em empresas e empreendimentos lucrativos, foi por conta deste conhecimento em contabilidade.
Read 4 tweets
25 Jan
Vou contar um caso interessante.

Vale a leitura do fio.

Amigo meu me contou que o pai dele tinha uma casa alugada em um bairro periférico. Estava alugada por R$ 800/mês. O imóvel vale uns R$ 280K

De tempos em tempos o inquilino deixava de pagar e saía do imóvel
Além de ter que assumir os custos com IPTU, ficar sem a renda, ainda tinha custos com reparos frequentes.

No fim das contas, os aluguéis que ele recebia acabavam quase que integralmente indo para reformas e manutenção.

Pra piorar, achar um inquilino não era tão fácil.
Várias vezes demorava.

Aí ele decidiu vender o imóvel. Pegou cerca de R$ 250k em dinheiro no imóvel.

Usou R$ 25k p/ reserva de emergência e os outros R$ 225 formou uma carteira de FIIs, seguindo a carteira da Suno por sugestão de seu filho.
Read 5 tweets
30 Jul 20
Vou contar um caso interessante. Vale a leitura da Thread.

Amigo meu me contou que o pai dele tinha uma casa alugada em um bairro periférico. Estava alugada por R$ 800,00/mês. Imóvel de uns R$ 280k.

De tempos em tempos, o inquilino deixava de pagar e saía do imóvel.
Além de ter que assumir os custos com IPTU, ficar sem a renda, ainda tinha custos com reparos frequentes.

No fim das contas, os aluguéis que ele recebia acabavam quase que integralmente indo para reformas e manutenção.
Pra piorar, achar um inquilino não era tão fácil e várias vezes demorava.

Ele decidiu vender. Pegou R$ 250 mil em dinheiro no imóvel.

Usou R$ 25k para reserva de emergência e os outros R$ 225k formou uma carteira de FIIS, seguindo a carteira da Suno por sugestão de seu filho.
Read 5 tweets
2 Mar 20
Ainda sobre Eneva e Tietê:

- A ideia da Eneva de estruturar esta negociação decorre do objetivo de diversificar suas fontes de geração e ter complementaridade em seus negócios

- A empresa estima ainda que existem várias sinergias administrativas e operacionais na fusão....
- Existem também vantagens tributárias no negócio, uma vez que atualmente a Eneva possui prejuízos acumulados, que poderão ser liquidados rapidamente com a forte geração de caixa e resultados da AES Tietê.

- A Eneva estima uma Dívida Líquida/Ebitda de até 4x para a nova empresa
- Um dos pontos "negativos" nessa negociação para o acionista de Tietê é que a nova empresa ainda deverá permanecer algum tempo sem pagar dividendos, e possivelmente quando o prejuízo fiscal for zerado, o Payout deverá ser bem menor que o atual. Ou seja, adeus payout de 100%.
Read 4 tweets
28 Feb 20
FELICIDADE COM A BOLSA EM ALTA, TRISTEZA COM A BOLSA EM QUEDA. FAZ SENTIDO?

1. Em períodos de queda da bolsa, vejo muitas pessoas insatisfeitas e ansiosas, questionando se realmente fizeram um bom negócio comprando ações, o que leva muitos a se arrependerem e desistirem da bolsa
2. Normalmente eu percebo que a maioria das pessoas entram na bolsa querendo ver o patrimônio crescer, crescer e crescer, e apenas isso.

Eles querem comprar ações, para verem suas ações subirem cada vez mais e um dia ficarem “ricos”, ou seja, com um patrimônio grande, e só.
3. Eu acho isso engraçado e sempre me pergunto: Pq os investidores que entram no mercado de ações , entram pensando unicamente na valorização? Ou seja, se um ativo cai, ele é "ruim" e talvez seja a hora de desistir do mercado e se sobe, então é uma empresa boa e está tudo bem.
Read 28 tweets
27 Feb 20
1. "E se vier uma grande e longa recessão global?"

Com cenário de recessão global ou não, as boas empresas (sobretudo que atuam no mercado interno) seguirão crescendo, ganhando marketshare e otimizando processos para seguir gerando valor aos acionistas e pagar dividendos.
2. Se mesmo em um cenário desastroso como a recente recessão pela qual o Brasil passou, inúmeras empresas passaram quase ilesas, mantendo crescimento e rentabilidade, agora dentro de um cenário de expansão da economia brasileira, o cenário é bem melhor.
3.

Obviamente que os efeitos de uma recessão global também se estendem à nossa economia, que acaba tendo uma âncora no seu crescimento, mas a tendência de um maior crescimento do PIB brasileiro deve permanecer.
Read 10 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!