Profissionais de saúde e idosos que se vacinaram: precisam manter todas as medidas de prevenção. Muitos profissionais não estão usando máscaras depois que se vacinaram. Lembrando que a eficácia da coronavac reduziu em 50% o risco de transmissão, a outra metade pode adoecer.
A AstraZeneca em torno de 30% ainda poderão adoecer. Lembrando que essa já confere imunidade em torno de 22 dias da 1 dose. E a coronavac ~15 da 2 dose. Mas enquanto não tivermos a população vacinada e a circulação do vírus está muito acelerada, você pode se infectar e adoecer.
Felizmente, os estudos até aqui tem demostrando que o adoecimento grave não tem acontecido. Ainda não temos dados oficiais no Brasil e por isso importante seguir tomando medidas de prevenção.
nejm.org/doi/full/10.10…
Correção aqui no twitter: Coronavac reduz em 50% o risco de infecção, não de transmissão. Da transmissão ainda não sabemos. O importante é que quem foi vacinado deve continuar com todas as medidas de prevenção nesse momento da pandemia.

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Ethel Maciel, PhD - #TodosPelasVacinas💉

Ethel Maciel, PhD - #TodosPelasVacinas💉 Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @EthelMaciel

5 Feb
A Merck é a empresa que criou a Ivermectina. Esse medicamento deu o premio nobel p dois pesquisadores por encontrarem o tratamento para parasitoses.
Em nota ela disse que inexiste:
✅base científica para um efeito terapêutico potencial contra COVID-19 de estudos pré-clínicos;
✅evidência significativa para atividade clínica ou eficácia clínica em pacientes com doença COVID-19,
E acrescenta que é preocupante a falta de dados de segurança na maioria dos estudos.
merck.com/news/merck-sta…
A Merck acredita que os dados disponíveis SÓ suportam a segurança e eficácia da ivermectina nas doses e populações indicadas nas informações de prescrição aprovadas pela agência reguladora, ou seja, para PARASITOSES. Para tratamento precoce contra covid-19 é INEFICAZ. É isso!
Read 4 tweets
29 Jan
1/1ESTAMOS EM UMA PANDÊMIA QUE JÁ LEVOU MILHARES À MORTE. Ou os governos fecham o comércio e abrem as escolas, ou deixam aberto e não tem aulas presenciais. Os dois não dá. Usem o slogan da França que já está pronto: +
1/2 "Fiquem todos em casa para nossas crianças estudarem." O que não é possível e FINGIR que nada está acontecendo. E que a pandemia acabou. As escolas se mostraram locais de rápida disseminação da doença, comprometendo os núcleos familiares na Europa.
1/3 No Reino Unido aula presencial p depois da páscoa. No Brasil, com variantes fora do controle, sem medidas de restrição e que a população não entende (por culpa da autoridades) a gravidade do problema, vamos criar mais um importante local de disseminação. Sem contar o aumento
Read 10 tweets
26 Jan
A covid-19 tem baixa letalidade. Não temos a exata proporção da letalidade, pois fazemos poucos testes. O problema é que o vírus é altamente transmissível e muitas pessoas ficam graves ao mesmo tempo, o que leva ao colapso do serviço de saúde. Ainda entendemos pouco o vírus👇
mas já compreendemos que certas condições conferem maior chance de gravidade. A vacina contra a Covid tem a intenção de diminuir a gravidade da doença, diminuindo a chance de necessitarmos de serviços hospitalares. Se o grupo que mais chega ao hospital, continuar sem vacinas👇
Continuaremos com muitas mortes. Há uma razão para os grupos prioritários serem prioritários: ou adoecem e mais morrem ou são os mais vulneráveis à infecção. A chance de um profissional de saúde ter contato com alguém doente é maior que alguém que não trabalhe neste setor. 👇
Read 4 tweets
29 Dec 20
Relembrando Covid-19:
A diretora do centro de Medicina Respiratória do Hospital de Hubei, atendeu um casal de idosos no dia 26 de dezembro. A condição deles a preocupou. Ela fez exames no casal que parecia saudável. O resultado porém demonstrou danos extensos pulmonares.
Mais pacientes foram admitidos ao Hospital de Hubei nos dia 28 e 29 de dezembro. Os profissionais de saúde ainda não sabiam nada além de que esses pacientes apresentavam sintomas de pneumonia, e tinham danos pulmonares extensivos.
No dia 29 de dezembro, conforme os casos foram aumentando, o vice-presidente do hospital, Xia Wenguang, informou diretamente a comissão de saúde, que instruiu o Centro de Controle de Doenças a visitar o Hospital Provincial de Hubei e conduzir uma investigação epidemiológica.
Read 5 tweets
26 Dec 20
Uma boa notícia de natal: AstraZeneca anuncia remédio, chamado de AZD7448. Ele seria capaz de impedir que uma pessoa venha a ter os sintomas de uma infecção de Covid-19 por até 12 meses, desde que tenha tomado o medicamento até, no máximo, oito dias após a exposição ao vírus.
Diferente da resposta de anticorpos naturais produzidos pela vacina, o remédio produz uma “imunidade instantânea” contra os sintomas da infecção. O medicamento seria usado em tratamentos emergenciais, como para profissionais de saúde, e serviços essenciais, por exemplo.
Até o momento, os testes foram feitos em Londres e outras 100 localidades. Na Inglaterra, o medicamento tem sido aplicado em coquetéis de duas doses nos voluntários e participantes dos testes. A expectativa da AstraZeneca é de que a droga esteja disponível até abril de 2021.
Read 4 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!