eru Profile picture
7 Apr, 25 tweets, 7 min read
Análise de Gurren Lagann.

- Pela morte deste mundo!
Fazia anos que eu não me surpreendia com nenhuma obra ficcional. Até que eu conheci Gurren Lagann, que chutou meu peito e demonstrou que é de fato muito melhor que Evangelion. Devo dizer que Gurren Lagann deve entrar no ramo de ficção transcedentalista, pois ô anime que viria...
impressionar até mesmo Henry Throreau. Aliás, impossível assistir este anime e não amar, torcer e lembrar de Throreau, ou devo dizer, Kamina!

"Se alguém avança com confiança na direção de seus sonhos, e tenta viver a vida que imaginou, há de deparar com um sucesso inesperado a..
qualquer momento. Ele deixará algumas coisas para trás, ultrapassará um limite invisível; leis novas, universais, e mais liberais começarão a se estabelecer a sua volta e dentro dele; ou as leis antigas se expandirão, e serão interpretadas a seu favor. Um sentido mais liberal,..
e ele viverá com a licença de uma ordem mais elevadas de seres".
- Henry Thoreau

Digam-me, isto não combina perfeitamente com a conduta de Kamina?Muito bem, este anime trata essencialmente dos princípios que norteiam o pensamento transcedentalista. Kamina é o ideal do homem...
Thoreauniano, ou, a experiência Nietzscheniana do übermenchen (super-homem) que (assim como é dito e repetido por Kamina a Simon) abraça a individualidade e rejeita uma sociedade degradada e torpe. Próximo ao que Jack london fez no clássico "The call of the wild", com o cachorro
Buck, que dá civilização é capturado e levado ao Alaska selvagem, ou, no que é dito no título do primeiro capítulo "Into the wild". E assim, descobre no âmago do seu ser, no retorno ao primitivo, o lobo, assim, descobrindo por si a própria felicidade. E Kamina não é como Buck?
A história do anime começa com Kamina e Simon na vila debaixo da superfície, onde a própria superfície é apenas uma lenda. Nessa vila há uma determinada cultura de trabalho. As pessoas são antipáticas e conformadas. Entretanto, havia comida e todos os benefícios da civilidade.
É possível ver o constante trabalho que (des)individualiza o homem, o trabalho mecânico de escavação. Fazendo então um paralelo novamente com Jack London temos os dois cães, Dave e Sol-leaks, que por seu incessante trabalho tornam-se a si mesmo, menos cães.
"AlL passiveness and unconcern had dropped from tem. They were alert and a active, anxious that the work should go well, and fiercely irritable with whatever, by delay or confusion, retarded that work. The toil of the traces seemed the supreme expression of their Being, and all..
that they lived for and the only thing in which they took delight".
- Jack London

Kamina então, em seu resiliente espírito rejeita aquela sociedade e vai "Into the wild", ou "Into the Surface". Ele rejeita os venenos da sociedade e busca fundamentalmente a verdade. Nisto...
eu me recordo de dois acontecimentos. O primeiro de Thoreau que diz: "Sentei-me a uma mesa onde havia boa comida e vinho em abundância,e um público obséquio só, porém não havia sinceridade e verdade; e fui embora com fome dessa mesa pouco hospitaleira. A hospitalidade era...
fria como o gelo. Pensei que não haveria necessidade de gelo para esfria-los ainda mais". Novamente pergunto, e assim, não é Kamina?

Então ocorre que um ser mecânico em forma de touro cai em cima da vila (a maquinização da sociedade?O sujeito maquinico Deleuzeano?)...
e uma garota da superfície vem e ocorre um grande embate. Por fim, o grupo de heróis saem vitoriosos indo para a superfície. E assim, Simon contempla pela primeira vez as estrelas, o céu, o sol. No anime é demonstravel este retorno a primitividade e a relação com a identidade de
si (com a identidade de Simon que é conquistada com a ida a natureza) e a harmonia. A vastidão e liberdade do mundo era bela, e era isso que Kamina buscava, aprender a viver a vida antes que descobrisse como, quando morresse. E é visível sua filosofia de "O âmago do espírito...
humano está em viver novas experiências" como diria Christopher McCandless. Não só isso, Kamina embarca muitos temas descrito por Confucio e Ralph Waldo Emerson.

Sobre Confucio; Kamina é um líder, utiliza-se da capa e da virtude de sua intuição ("Essa intuição nos faz do...
do partido e interesse do universo. Contra tudo e todos; contra nós mesmos, contra os outros. Um homem que fala segundo a intuição afirma o que é verdadeiro ao espírito; ao ver a imortalidade, afirma: “Sou imortal”; ao ver a invencibilidade, afirma; “Sou forte". Esse espírito não
está dentro de nós: nós é quem estamos dentro desse espírito". Waldo Emerson). Kamina é o líder virtuoso que pelo seu desejo inspira a vontade de seus semelhantes (inconsciente e desejo Lacaniano) ou como cita Confucio "Ame a virtude, e o povo será virtuoso. As virtudes de um...
homem superior são como o vento; as virtudes de um homem comum, como a relva — a relva se deita quando passa o vento". Além disto, ainda há o grande destino de Kamina, que embarca na jornada e segue sua vontade mesmo sabendo da implacabilidade que há na natureza. Nisto...
sua conduta me recorda Ralph Waldo quando diz "O uso correto do destino é alçar nosso comportamento à altura da natureza. Os elementos são rudes, primitivos e invencíveis — exceto contra si mesmos. Assim deve ser o homem. Assim o homem deve esvaziar o peito de conceitos solúveis
Assim o homem deve esvaziar o peito de conceitos solúveis e vãos e, como a natureza, demonst ar a sua supremacia através de modos e atos". E Kamina continua com sua conduta, com sua virtude comparada a Montanha que não move-se perante a tempestade até a sua morte.
Outro tema abordado é a revolução. A revolução contra a máquina de guerra, contra o sujeito maquinico, contra a civilização dos homens feras. Que primitivos por dentro e maquinicos por fora subjugam este mundo. Ao falar deste topico é impossível não me lembrar de Andrew Culp ...
quando diz: "Comece-mos, portanto, por um devir ativo semelhante, que se conecta com as forças que autoproduzem o real. Porém, em vez de simplesmente apreciar as forças que produzem o Mundo, Dark Deleuze intervém nelas para destruí-las". Aí está o lema "Pela morte deste mundo".
Kamina celebra a vida para matar o mundo!

Infelizmente eu tenho tantas mais coisas a dizer sobre este anime mas não possuo tempo para tal. É um anime surpreendente e sensacionalmente rico em sua filosofia. A jornada de Simon com seu processo de identificação de si, com seu...
auto-descobrimento, é simplesmente sensacional ver está evolução e o espírito de Kamina viver em seu amigo-irmão. Assim como o espírito da lei viveu sobre os Hobbits do condado a mil anos após a morte do rei, isto é Kamina, que pela morte pode viver para sempre!

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with eru

eru Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @erutureo

7 Apr
Análise de Parasyte

- A importância da imagem do eu e o Prometeus moderno.
Após tentar fazer 3 threads de Parasyte e excluir as três eu finalmente espero que está saia. Qual foi o problema das outras?O conteúdo deste anime é muito vasto. Poder-se-ia dizer que o anime aborda três grandes aspectos em torno de apenas um: o que é ser humano?
Sobre os três grandes aspectos eu diria que se demonstram como é a psiquê de Shinichi que é manhã, tarde e a noite. Pois bem, nesta Thread eu abordarei apenas até a metade do anime (manhã e tarde). Do momento que Shinichi consegue o parasita até a morte de sua mãe.
Read 22 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!