1) Nada no Evangelho são floreios de retórica ou "gordura." Quando lemos que não se pode servir a Deus e a Mamóm, podemos estar certos de que é uma sentença fulminante e absoluta: ou Deus ou o dinheiro.
2) A maior dificuldade moderna é entender o que o dinheiro representa nessa passagem. Seria uma condenação de toda economia de troca monetária? O Evangelho nos convidaria a uma economia de puro escambo ou coisa semelhante?
3) É evidente que não, pois algo tão grandioso seria dito de forma clara e aberta. O que não podemos fazer é "servir o dinheiro". E qual é a forma canônica do serviço ao dinheiro? A usura, o empréstimo a juros.
4) Não se trata de "juros altos," mas da idéia de que o dinheiro por si mesmo deva gerar um retorno, independente do esforço ou da tomada de risco real (e não de crédito). Pouco importa se são juros de 1%, 5% ou 10%; o mal está na idéia de que um mero meio de troca seja "fértil."
5) Aos judeus foi "permitida" a prática da usura contra povos satanistas em meio a um estado de guerra. Nunca em momentos de paz e convivência com povos que não tinham chegado à total degeneração. Para o AT, a usura é uma arma de guerra.
5) No NT, um dos poucos momentos de fúria física e explosiva de Nosso Senhor se dá diante dos vendilhões do templo, os banqueiros ou bancários da época. É díficil não deduzir que os usurários da época compunham a cabala que conspirou para sua Paixão.
6) A usura é a plena encarnação do amor ao dinheiro como poder abstrato. E Aristóteles já tinha observado que sequer existe moeda para fazer frente à dívida quando a usura se torna generalizada: juros + principal superam a própria moeda circulante.
7) O imperalismo antigo era em muitos sentidos a sede de povos dominados pela usura para conquistar minas de ouro e prata que fizessem frente ao crescimento exponencial da usura. Carlos V, o imperador Habsburgo, detinha todas as minas do Novo Mundo.
8) No entanto, o Império Habsburgo quebrou após 60 anos de dívidas a juros compostos com os Fugger. Não há força no universo capaz de fazer frente ao investimento usurário contínuo. Mesmo que seja a juros simples, o reinvestimento de um empréstimo gera o efeito exponencial.
9) O mundo moderno "resolveu" o problema com a criação de moeda pelo sistema bancário. Em tese, cada rodada de principal + juros é paga por uma nova rodada de endividamento ainda maior.
10) Mesmo que as taxas de juros caiam, a usura pressiona as famílias com um nível de endividamento cada vez maior. O sistema financeiro vende o pacote com "prestações" estáveis: taxa de juros menor e maior prazo de pagamento.
11) Você sempre paga 1000 reais por um imóvel, mas o que eram 60 prestações se tornam 120. Um volume cada vez maior de sua renda é absorvido pela simples usura. E se atrasar algumas prestações, prepara-se para perder seu imóvel ou para pagar juros ainda mais extorsivos.
12) É o mais sutil regime de escravidão por dívida já concebido. O fruto final de 500 anos, iniciados quando a serpente da Casa Médici se arrogou do Papado e derrubou a Igreja como obstáculo ao império da usura.

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with President Elect - Murilo Resende

President Elect - Murilo Resende Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @MURILORESENDEF1

6 Jul 20
1) A verdadeira mais-valia é a renda que o sistema produtivo deve pagar ao sistema financeiro internacional por lhes ter concedido o privilégio de criar dinheiro a partir do nada, cobrando juros sobre esse privilégio.
2) Essa extração de renda tem vários aspectos. Os mais evidentes são a dívida pública (boa parte dos impostos existem para pagar uma dívida exponencial a juros compostos) e os juros que pesam sobre os empresários
3) Porém, um dos efeitos mais perversos se dá no mercado imobiliário. A maior parte (mais de 50%) da criação de empréstimos é orientada para esse setor. Isso cria a ilusão da casa própria a prestações a perder de vista, mas gera um aumento monstruoso dos preços e do custo de vida
Read 6 tweets
18 Dec 19
1) A linha que vai do liberalismo clássico ao comunismo clássico é a mesma que leva hoje do neoliberalismo ao comunismo identitário. Ela começa com David Ricardo, um banqueiro, que criou a idéia de que o endividamento público no fundo não importava, pois o povo devia a si mesmo.
2) O nome atual disso é "equivalência ricardiana". Ela parte da premissa de que o governo pode se financiar com impostos ou pela emissão de dívida pública. E oculta a possibilidade da monetização direta da dívida pelo governo.
3) Essa premissa também´oculta o fato de que os maiores financiadores da dívida pública e beneficiários dela eram os mesmos banqueiros que tinham recebido do governo o privilégio de criar moeda.
Read 10 tweets
13 Dec 19
Vou conta uma historinha: A TV Escola estava em boas mãos, e tinha acabado de transmitir uma série do Brasil Paralelo com participação do prof. Olavo de Carvalho. Teríamos por anos uma canal de TV com abertura ao conservadorismo falando diretamente aos professores.
Mas no meio do caminho estava o Ministro Abraham Weintraub. O ministro que sempre mita contra a esquerda no Twitter, mas que também, segundo fontes, garante que não vê nenhum problema na BNCC. Sim, o currículo globalista imposto pela Fundação Lemann!
O mesmo ministro que colocou uma advogada da Faculdade Anhanguera (um dos grupos monopolistas do emburrecimento obrigatório brasileiro)para cuidar da regulação do ensino superior.
Read 4 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!

:(