Não é a primeira, nem a segunda e creio que não será a última vez que vejo militantes e ativistas sendo abordados por DM para apagarem o que escreveram e/ou se retratarem. Quero, então, dar uma dica:
DM, inbox, directs, mensagem no whatsapp não são meios formais de demandar retratação. Não respondam, apenas salvem prints. Arquivem esses prints. Se a abordagem se tornar mais incisiva, deixe apenas o contato do seu/sua advogado/a e peça que o suposto ofendido se dirija a ele/a.
O tom da conversa entre operadores do direito é outro. Além do mais, seu/sua advogado/a saberá conduzir uma proposta conciliatória muito melhor do que você. Digamos que, afinal, seu/sua advogado/a e vc decidam que é melhor mesmo apagar e pedir desculpas.
Não tem problema. Mas até aí a pessoa supostamente ofendida já teve que se mexer além do conforto de usar redes sociais para abordagens inadequadas. Além disso, tudo ficará FORMALMENTE acertado e registrado, para que você não fique à mercê do outro.
Quem chega em DM exigindo que alguém apague ou se desculpe por tweet não está buscando uma solução conciliação, está confiando no poder de intimidação que esse tipo de abordagem tem. Não caiam nessa.
Advogados/as, municiem seus/suas amigos/as militantes com contatos atualizados sobre como encontrá-los/as em caso de urgência. Disponham-se a ajudar pro-bono quando puderem. Encaminhem para outro/as colegas quando estiverem sem condições. Mas não deixem a militância à mercê.

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Aline Passos

Aline Passos Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @linpjs

10 Jun
Servidor público que ostenta o cargo em redes sociais e aborda pessoas que o criticam dessa forma justamente em razão de uma expectativa do que seu cargo representa. Isso deve ter um nome 🤔, mas redes sociais não são o lugar adequado para este tipo de conversa.
DM não é notificação extrajudicial. Ninguém tem que responder a esse tipo de abordagem. Todos os crimes contra a honra passam por procedimento formal de conciliação. Etapa necessária do procedimento. Logo, para quê esse tipo de abordagem? Não respondam.
Não respondam a esse tipo de conversa inbox. No máximo, passem o contato de um advogado (a) amigo e digam "fale com meu advogado". Não faz sentido ALGUM responder. Deixa pra responder formalmente, notificação extrajudicial ou no juizado.
Read 4 tweets
3 Mar
a audácia do povo do sudeste não tem limite.

quer dizer que o nordeste ficou alheio aos movimentos de junho de 2013?????

vão se tratar, porra.
Read 5 tweets
2 Mar
Quando a gente reclama de pessoas que falam difícil, muitas vezes vem à mente os acadêmicos do Direito. Faz sentido, pois a linguagem rebuscada (mesmo gramaticalmente incorreta e cafona) faz parte da afirmação de uma condição de superioridade.
Mas vocês já pararam pra pensar que, muitas vezes, o acadêmico que fala rebuscado a ponto de não dizer absolutamente nada é alguém inseguro? Alguém que está tentando se inserir num meio que não comporta quem ele é, de onde ele veio, etc etc?
E aí a linguagem cheia de badulaque é pra tentar parecer igual aos seus colegas de academia, quando, na verdade, só acaba acentuando as diferenças e tornando a pessoa uma chacota?
Read 4 tweets
1 Mar
Li a crítica da @fabi2moraes a Torto Arado e acho que o didatismo que ela aponta tem um pouco a ver com uma tradição de romance realista sobre o sertão nordestino. Li como uma homenagem ou tributo a Rachel de Queiroz e outros. Até aí achei o debate muito massa, a desgraça +
começou qdo o twitter me fez topar com fio que tem umas 5 ou mais mulheres brancas falando do "hype" com o livro em tom de superioridade. Bom, aí eu volto às minhas leituras e estou aqui com "um defeito de cor", da Ana Maria Gonçalves. Primoroso. Mas em uma linha ou outra +
... talvez seja possível ver um certo didatismo. E já estou revendo minha hipótese sobre Torto Arado: apesar de concordar com a Fabiana, fico imaginando um/a autor/a negro/a escrevendo e obviamente desejando ser lido por muita gente e pensando estratégias de como falar para um +
Read 5 tweets
17 Feb
parece que o babado foi assim:

- Alexandre de Moraes chamou a lei de segurança nacional pq o crime precisa ser inafiançável

pq precisa? pq o cara é parlamentar e só não tem imunidade contra prisão em flagrante em caso de crime inafiançável

+
- Aí o ministro também precisou caracterizar crime permanente

e o que é? é um crime que fica acontecendo enquanto ng tomar providência heuehuehu (ainda perco o emprego com essas definições tuiteras).

+
usam muito isso de crime permanente pra tráfico. tipo, se tu tem a parada em casa, enqto ela tá lá, é crime permanente, tu fica praticando o crime (igual o computador qdo "está sendo desligado", tu está "traficando", no gerúndio msm)

+
Read 9 tweets
13 Dec 20
Meu pai faleceu há um ano. Num hospital público. Até chegar à UTI e à cirurgia de amputação da perna, o ambiente era insalubre. Quem frequenta o SUS sabe que existem setores de atenção, primária, secundária e terciária que têm realidades muito distintas e impactam diferente +
... nos usuários. Até ir para a UTI, na enfermaria geral, nós levávamos as cadeiras, o calor era infernal. Como eu estava grávida, minha mãe passava mais tempo lá que eu. Ela chegava em casa sem noção de tempo e espaço. Não sabia direito onde estava, se era dia ou noite.
Quando meu pai morreu, pela progressão inescapável de sua doença, agredeci publicamente a todos/as os/asprofissionais do SUS. Fizeram o melhor e o que podiam. Pensei que se a gente ficava desnorteada por frequentar durante um mês a enfermaria, eu não tinha como dimensionar+
Read 12 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!

:(