No Café Da Manhã, o podcast principal da Folha, quer saber "pq a eleição no Brasil é tão cara", em referência ao fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões, ou poucos mais de US$ 1 bilhão. Para todos os cargos

Em 2020, nos EUA, o custo foi de US$ 14,4 bilhões
E ainda o "especialista" diz q o "custo alto" (em relação a quê?) decorre do sistema eleitoral. Basicamente,dizendo q o sistema proporcional,com o Estado como distrito,eleva o custo

Oq não encontra respaldo na realidade. Pq campanha em eleição com sistema "distrital" tb é cara
Nos EUA, o custo das campanhas legislativas foi de US$ 8,7 bilhões. Não há NENHUMA evidência que sistema majoritário (aka "distrital") seja mais barato... Já um sistema proporcional com lista fechada poderia, sim, reduzir custos de campanha.
A questão q o analista lá não percebe é q o fundo público é a solução, e não o problema, para mudar o financiamento de campanhas prum modelo mais democrático e justo. Não se muda de um sistema de financiamento por frigorífico e empreiteira para um financiamento cidadão de repente
O fundo eleitoral "democratizado" pode ser instrumental para estimular doação cidadã (sim, se a gente passa 30 anos sem a cultura de doação, tem que estimular, ou não vai rolar, e aí não dá pra culpar os partidos). E não precisa mudar sistema eleitoral coisa nenhuma
Campanha barata não deve ser o valor mais importante a ser perseguido.

O principal é q as eleições sejam livres e justas. E que os eleitores tenham acesso à informação sobre os candidatos e que os candidatos tenham as mesmas condições de competir e apresentar seus projetos
Claro q a competição por recursos faz parte da disputa, então vai ter desigualdade entre os candidatos, mas só pq cada um terá capacidade desigual de arrecadar, mobilizar e formar coalizões políticas e sociais. Mas os candidatos devem ter iguald de condições dentro da sua iguald
Dito isso, eu concordo totalmente q o fundo público acaba sendo cômodo para os políticos assegurarem recursos para suas campanhas, sem precisar ter o trabalho de ir atrás do eleitor.
Mas isso se resolve DEMOCRATIZANDO O FUNDO. E não acabando com ele

Infelizmente, nenhum partido leva essa agenda (da democratização do fundo público) ao debate público

Só ficam nesse rame-rame moralista contra financiamento público de campanha todo ano. Mesmo os partidos de esq

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Inimigo do Rei

Inimigo do Rei Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @cyrusafa

19 Jul
Tedioso o fetiche de achar q mudando completamente o sistema de gov ou eleitoral todos os probls serão resolvidos e cultivar a ilusão de q existe um sist perfeito,imune a desvantagens, ignorando evidências e cultura política q se formou em 30 anos.Tudo pra resolver qual problema?
Todo sistema de governo ou eleitoral tem problemas, e até amadurecer, pode ser aperfeiçoado (já outros, tipo o ~distritão~ não tem nada q se salve). Mas é importante levar em conta a cultura política do lugar, e, se há um problema q pode ser resolvido com mudança total...
...tem fazer um debate com calma com os cidadãos e sociedade civil e, por fim, consultar a população diretamente. Ainda mais pra importar um sistema de governo estranho à maioria da população, e raramente usado ao longo de nossa curta história republicana
Read 7 tweets
19 Jul
Rapaz... Essa galera não faz ideia doq fala... Têm um medo danado da urna...
Aliás, queria saber oq é, concretamente essa tal "governabilidade" de que tanto falam.

Seria oq? Aprovar reformas estruturais? Tipo oq? Reforma da Previdência? Reforma Trabalhista? Regras fiscais austericidas por 20 anos gravadas na Constituição?
Ou seria a capacidade em geral de aprovar reformas constitucionais?

Porque se for isso, olha, não tem problema de governabilidade, não, bróder. Passaram TODAS as reformas "estruturais" q Temer e o regime Pandemito queriam
Read 7 tweets
17 Jul
O processo de impeachment não pode virar Festa da Uva

Tá errado o presidente da Câmara ter tanto poder, mas tá errado uma maioria ocasional poder iniciar o trâmite do q deveria ser um processo excepcional
Eu acho q o melhor seria q o pedido de impeachment deveria,antes,ser apresentado ao Judiciário (no caso do presidente da República,ao plenário do STF) pra aceitar ou não a denúncia de crime de responsabilidade.

E o pedido só pode ser apresentado por partidos com assento no Legis
Aí, sim, uma vez aceita a denúncia, inicia-se o trâmite, é criada a comissão especial proporcional às bancadas etc...

E, se o impeachment prospera no Congresso...deveria ser convocada eleição geral não só de presidente, mas para o Legislativo federal também
...
Read 5 tweets
30 Jun
Ah,e essa "e o Lula"...

Cacete, gente, vcs caem em qqr casca de banana de marketeiro

O Lula é a favor do impeachment

Já disse várias vezes

Mas Lula,ao contrário de uns e outros,tem uma organização coletiva por trás,q assinou muitos pedidos de impeachment,inclusive este último
Segundo,não é o Lula q tá faltando para completar a festa do impeachment, ou para convencer os indecisos a aderir. Como disse, o PT tá dentro. E a esquerda toda tá dentro

Quem tá faltando?

A direita neoliberal, oligárquica e o centrão

Tem q cobrar Bruno Araujo, Kassab, Baleia
Terceiro, que Lula é claramente um pré-candidato competitivo. Ele não tá em posição de liderar manifestação #ForaBolsonaro ou impeachment. Pq primeiro q isso, taticamente, enfraquece o movimento q precisa ser suprapartidário.
Read 5 tweets
30 Jun
Paraná Pesquisas (29/6). Eleições 2022. Ceará. Presidente

Cenário 1

Lula 45,9%
Pandemito 19,4%
Ciro 13,3%
Tasso 4,3%
Datena 2,6%
Moron 2,3%
Mandetta 1%
Tebet 0,2%
Zema 0,1%

***

Cenário 2
Lula 47,3%
Pandemito 20,7%
Ciro 14%
Tasso 4,9%
Mandetta 1,3%
Paraná Pesquisas (29/6). Eleições 2022. Ceará. Presidente

Cenário 3

Lula 46,3%
Pandemito 19,5%
Ciro 14,5%
Datena 2,7%
Moron 2,6%
Bolsodoria 1,2%
Mandetta 1,2%

***

Cenário 4

Lula 47,8%
Pandemito 20,9%
Ciro 15,4%
Mandetta 1,7%
Bolsodoria 1,6%
Eleições 2018. Ceará. Presidente. Resultado do 1° turno

Ciro 40,95%
Haddad 33,12%
Pandemito 21,74%
Daciolo 1,12%
Alckmin 1,09%
Read 4 tweets
30 Jun
🙄

1)Lula tá com 30%-40% de votos totais(49% segundo a última Ipec)

2)Se o Pandemito cai, muitos eleitores não vão votar para candidato NENHUM

3)Isso significa: aumentar voto inválido

4)Aumentar voto inválido... aumenta a chance de uma eleição definida já no 1º turno

de nada
Então, o Pandemito fora não significa um cenário pior para Lula. Ao contrário.

Pandemito cair não é o melhor para a 3ª via, não

Tanto que os partidos da "3ª via" (direita neoliberal e agregados) são CONTRA o impeachment
Outra coisa: o PT não só é a favor do imepachment, como também está muito envolvido na mobilização dos atos (#29M, #19J e agora o #3J). Nem tudo é cálculo político.
Read 9 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!

:(