Conto a vocês que há bastante gente de MUITOS partidos bastante “triste” (o termo é brava, mesmo) com o MBL. E não é por conta da presença de 1 ou 500 mil pessoas nas manifestações: é por conta das posturas… o MBL, ao menos, já pediu aos membros dessas legendas “desculpas” +
pelas posturas daquele pateta que se chama Nando Moura é por algumas coisas ditas por Arthur e Renan. Kim é bem mais preparado do que os seus pares de MBL e realmente “nasceu” para a Política. É o vetor dessa tentativa de contemporização das 💩💩 ditas e feiras ontem pelos+
demais membros do movimento. É bem mais maduro do que os demais. Todavia, o VPR é uma catástrofe democrática em forma de movimento. Praticamente TODAS as legendas e entidades que ontem participaram da manifestação na Paulista reclamaram do “novo pixuleco”. Apenas 2 partidos e 1+
movimento se abstiveram (um desses partidos me decepcionou muitíssimo por tal postura e, creio, ainda haja tempo de se posicionar condignamente). E o que o VPR respondeu? Um retumbante “F” dizendo, ainda, que não participará de manifestação “ampla” se não puder levar aquela +
“coisa” para as ruas. Pior: disse que realizará manifestações isoladas com o “suporte” dessas 2 legendas e do tal movimento. Ou seja: o lavajatismo poderá ruir as tentativas de construção das pontes em favor do “Fora Bolsonaro!” (que, vcs já sabem, não se resume a um +
impeachment). Agora cedo o clima é de certo constrangimento na maioria esmagadora das pessoas com quem conversei. E esse sentimento NÃO se relaciona ao número de presentes ontem na Avenida. Escrevi ontem que a “raposada” tinha certeza que não haveria sequer 20 mil na Paulista. +
A questão primordial dessa sensação um tanto quanto “constrangedora” diz respeito à confiabilidade. Política é pacto de cavalheirismo. Se você aperta a mão de alguém assumindo determinado compromisso PRECISA ir até o fim. É o que se espera: hombridade. E algumas (várias)+
legendas e movimentos estão com o pé atrás. Observam Kim amadurecendo em torno de um bando de despreparados para a convivência democrática. Resultado? 4 das legendas que participaram ontem do evento enviarão emissários até o entourage de Lula ainda nessa semana. Para que? Para +
proporem ao entourage de Lula que manifestações por ele comentadas também adiram, REALMENTE, ao mote do “Fora Bolsonaro!”. O propósito desse diálogo, natural em verdadeiras democracias, é até mesmo o de “sentir” o ânimo real do PT quanto ao tema. Minha opinião: Lula já controla +
cerca de 40% do eleitorado brasileiro. Caso adira de forma inteligente ao “Fora Bolsonaro!”, estimulando algumas manifestações que tratem dessa temática e que coloquem no palanque, para discursos, representantes de legendas do “centro”, terá condições de expandir esse handicap. +
As questões: Lula quer isso? Desde já? Precisaria, politicamente, expor essa “concertação” desde já? Ou, talvez, somente quando estivermos mais próximos das eleições? A Política, como sempre destacamos, é composta de muitas camadas. Umas visíveis, outras perceptíveis. O que o +
entourage de Lula analisa, desde já, é se movimentos que “ampliem” alianças temáticas contribuiriam, ou não, com a construção da ideia “Lula22”. Até o momento, os sinais são difusos. O pensamento do entourage de Lula é “estritamente” eleitoreiro? Sim, assumidamente. E esse mesmo+
grupo sabe que tal postura gera desgaste de um lado mas que consolida, de outro, a figura de Lula como a pessoa que não se mistura com quem disponha de responsabilidade direta pela eleição de Bolsonaro. Ontem, na Paulista, observadores da FIESP se fizeram presentes. O novo +
Presidente da Entidade é, assumidamente, fã da ideia “Ciro22”. Aposto o evento, sobraram críticas daqueles emissários. Algumas bobas. Outras bem mais densas. A ideia dos “senhores da Indústria” é fazer surgir uma agenda econômica que não seja pendurada apenas nas “reformas +
liberais”. Desejam transacionar com outros setores da sociedade (e o novo Pres da Entidade é bem mais hábil do que Skaff) um projeto de geração de “estabilidade democrática”. Além de uma real reforma tributária, de marcos legais que permitam a desburocratização das relações +
trabalhistas (com manutenção de “direitos”) é que “barateiem” os encargos diretos e indiretos sobre a folha de pagamentos, trabalham por reformas político-eleitoral, do Judiciário, da Administração… e o recado ao entourage de Ciro foi claro: apreciam, sobremaneira, suas ideias +
e seu intuito de se posicionar de forma “menos apaixonada” em Público. Sabem que Ciro conhece os meandros da Política, da Governação Pública… MAS já estão cobrando de Ciro “posturas de agregação”. A menagem para o entourage de Ciro é clara: ou se sacode para amealhar suporte de+
outras legendas e entidades, ou… quem poderia “ganhar” com um eventual fracasso de Ciro nessa empreitada? Instantaneamente, Lula. A “memória afetiva” de parte do empresariado das Indústrias se voltaria aos “anos de ouro do Comércio do crédito” no Brasil. E o novo Pres da FIESP +
é filho do ex-VP da República nos Govs Lula (José Alencar). Ontem, ainda, o entourage de Ciro informou que o candidato se encontraria com Datena aqui em S. Paulo/SP. O motivo? Tentar amealhar apoio público do comunicador à sua candidatura e oferecer apoio a Datena para a disputa+
do Senado em 22. O jogo, como se vê, é “bruto”.

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Leandro Sartori Molino #TodosPelasVacinas

Leandro Sartori Molino #TodosPelasVacinas Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @lesarmol

15 Sep
A maior verdade sobre o preço dos combustíveis no Brasil NÃO foi informada ontem na vexaminosa presença do Pres da Petrobras no Congresso Nacional. O Brasil NÃO produz combustíveis fósseis em quantidade minimamente suficiente em razão da qualidade do petróleo que por aqui é +
extraído e beneficiado. As propriedades do petróleo brasileiro demandariam processo caríssimo para a sua eficaz transformação em gasolina e diesel, em especial. Mas é considerado como matéria-prima de excelência para a indústria de plásticos. Assim, o Brasil compra, IMPORTA, +
mais de 70% de todo o volume de combustíveis fósseis por aqui “finalizado” ou consumido. E essa compra internacional (ó, surpresa!) é obviamente atrelada à cotação do dólar ante o real. Portanto, na “inflação dos combustíveis”, é a taxa de câmbio praticada no País (e sua+
Read 7 tweets
15 Sep
Li que o tal de Tolentino possui 6 (seis) CPF’s! Entenderam porque afirmo categoricamente que o maior problema do Brasil não é a corrupção envolvendo a Política? A corrupção que demanda de enfrentamento no País é a da lógica da vida em sociedade. Por aqui, a “normalidade” é +
considerada “idiotice”. Por aqui concebemos sociedade que faz questão de usurpar qualquer sistema lógico, que optou pela indignidade, por “tirar vantagem” ao invés de “tomar partido”. Ao invés de ser parte do enfrentamento do problema e da possibilidade de resolvê-lo optamos +
pelo aproveitamento daquela questão! Ou entendemos que a corrupção da lógica da vida em sociedade (a realização das nossas atividades de modo eficaz, consumindo o menor volume de recursos disponíveis para tanto) é a raiz de todas as questões que afligem o Brasil, ou nos +
Read 7 tweets
14 Sep
Aguardei 2 dias para que surgissem vetustas análises sobre o 12/09 pelos “comentaristas de Política” mais laureados do País. E, assim como suspeitava, a esmagadora maioria de “análises” se oferece ao público como se estivéssemos, no máximo, vivendo a Década de 1990. Siga o 🧵:+
Estamos no cerne de processo profundamente inédito e paradigmático da aventura humana, o da Transformação Digital. Independentemente de “aceitarmos”, “crermos”, “gostarmos”… a dinâmica da vida em sociedade está se metamorfoseando. As construções mentais “analógicas” ainda +
perdurarão por alguns anos em verdadeira fagocitose (quando uma célula percebe que outra está “morrendo” e se nutre daquela). Contudo, mais dia, menos dia a realidade do Digital não será “apenas” predominante: será a “única” realidade. Diante desse cenário de mutação, tudo é +
Read 18 tweets
14 Sep
Uma “coisinha” que está avoando pelos corredores dos Palácios em Brasília atende pela alcunha de “substituição”. Do que? De quem? Os envolvidos seriam Mendonça e Aras. Diante de tudo aquilo que ocorreu entre 06 e 09/09, ao Planalto já teria sido informado que o Senado +
“dificilmente m” teria interesse em sabatinar (nem é aprovar…) Mendonça para a vaga no STF surgida com a aposentadoria de Marco Aurélio. Um interocular do Senado já até questionou à Pres da Corte por “quanto tempo” o STF conseguiria atuar com “menos 1” integrante. Diante desse+
imbróglio, 4 (quatro) Mins da Corte procuraram membros do Congresso “sugerindo” que o atual PGR poderia ser o nomeado pela Presidência da República para a sabatina obrigatória do Senado no lugar de Mendonça. Sob o ponto-de-vista curricular prévio, Aras dá uma goleada em +
Read 7 tweets
13 Sep
O despertar é sempre processo bem-vindo. Mas a Psicologia exige que seja real para seu aproveitamento. Bolsonaro sempre foi um jagunço da anti-democracia. E a Lava-Jato sempre foi divorciada de resultados sustentáveis: queria, a qualquer custo, espaço no palco político. +
O suporte estrutural de toda essa confusão hoje vivenciada no Brasil, também com relação ao mindset popular-social, atende pelo nome de analfabetismo democrático. A maioria do nosso povo acha, de verdade, que eleições resumem a tal de Democracia. Desde a “redemocratização” +
quase-ninguém se preocupou em “ensinar democracia”. Deu no que deu, nesse vigoroso bolo de 💩. Democracia significa ampliação de espaços nos centros de Poder. Se a elite é repulsiva ao processo por questões que se relacionam, também, ao analfabetismo quanto aos ganhos +
Read 4 tweets
13 Sep
Vocês querem entender por que, sim, urge que tratemos com serenidade e responsabilidade a questão da “regulação” das redes e mídias sociais? Pois bem: desde Abril/21, contribuo com ações internas e externas do PV - Partido Verde. O propósito é ampliar os diálogos sobre a+
Democracia no País e sobre o real significado do termo “desenvolvimento sustentável” (que não se resume às questões de proteção dos biossistemas). Depois de muito sopesar, o PV deliberou por apoiar as manifestações de ontem, 12/09. Com “muitos pés atrás” entendeu que seria +
mais digno se expor em defesa do processo democrático do que se omitir ou se esconder sob subterfúgios. Assim, na quinta e sexta-feira, encaminhei para mais de 559 (quinhentos e cinquenta e nove) pessoas um “invite” às manifestações. Via WhatsApp. Praticamente todos me +
Read 9 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!

:(