Hoje de manhã ouvi dois podcasts, O Assunto e o Café da Manhã, sobre assuntos q me interessava e sobre os quais eu queria ouvir boas análises: o “recuo” do Pandemito e as manifestações fracassadas do 12/9.
O podcast sobre o “recuo” foi n’O Assunto, e teve a participação do @npto.Gosto das análises do Celso,mesmo qdo discordo (e ultimamente tenho discordado muito).Mas desta vez,ele foi certeiro no fundamental: Temer não foi o salvador da República. Foi o salvador do regime Pandemito
Também concordo 100% sobre a morte e vida (e morte de novo) sobre a agenda do impeachment – e o papel que teve as sinalizações da direita em reação à radicalização das manifestações do 7 de Setembro. E q o Centrão não quer golpe, mas topa degeneração das instituições.
Mas discordo de uns pontos: 1º,sobre PT e o impeach. Ó a pergunta da Lo Prete: “qdo o assunto é o impeach, a gente percebe desde sempre q as resistências não vem só do Pandemito e seus apoiadores. Vem tb da oposição,especialmte da oposição q tem mta viabilidade eleitoral pra 2022
"Aí eu tô falando do presidente Lula. E daí eu não tô falando da posição oficial do PT, eu tô falando da posição real, de expectativa. Não te parece, Celso, que até aqui, a despeito do golpismo escancarado do Pandemito..."
...todo mundo está fazendo um cálculo essencialmente eleitoral, como se estivesse dado e nada pudesse mudar o fato de que haverá eleições em outubro do ano que vem e que o vencedor tomará posse?"

Note o caminho tortuoso da pergunta. O pressuposto dela está baseado:
1) no que ela “percebe”; 2) de que a resistência vem “*especialmente* da oposição com “muita viabilidade eleitoral” (tá falando do PT, né?); 3) para ela, não importa a posição oficial, mas a ~posição real~ que é... a EXPECTATIVA (do PT, suponho).
Daí ela dá um pulo, citando depois o Marcos Nobre, para concluir que “todo mundo tá fazendo cálculo eleitoral”. O Celso concorda com o Marcos e em boa medida com os pressupostos da pergunta. Ele só diz q o PT começa a desconfiar q pode ter golpe, mesmo
Tudo muito problemático (mas mais a pergunta da Renata que a resposta do Celso). Primeiro,q “posição oficial” É a ~posição real~. E a do PT é,há mais de um ano, é a favor do impeachment. Isso mesmo antes de Lula voltar ao páreo. Não só o PT é a favor,como assinou diversos pedidos
E não só assinou e ficou parado. Assinou e participou ativamente da organização de quatro grandes manifestações pelo impeachment, mobilizou sua militância, sua base social, sindicatos e movimentos sociais aliados. Ajudou (não sozinho) a lotar as ruas.
Quer dizer, o partido:

Fecha posição a favor do impeachment
Assina pedidos de impeachment
Organiza manifestações pelo impeachment (com a presença da presidenta do partido e tudo)
Mas nada disso importa. Oq importa é minha crença que a expectativa do PT é fazer cálculo eleitoral
E tem outra coisa: o PT é um partido digno do nome. Não vai ter parlamentar-pangaré que vai votar contra. Tem 53 deputados, os 53 são a favor.
Mas é aquilo: são 53 parlamentares. Junta com mais uns do PSB, PDT, PSOL e uns perdidos fora da esquerda e não dá 140
O PT (e a esq) basicamente não conseguiu emplacar NENHUMA pauta na agenda e praticamente não conseguiu vitórias nessas legislaturas –com exceção talvez do Fundeb.
Se o impeachment não está na agenda não é por “resistência” da esq, muito menos do PT.
Eles não dizem o óbvio: é a "3ª via" (direita neoliberal e aliados) q é contra. Foi só quando teve ameaça de adesão da direita q o imepeach ressuscitou. Cadê a cobrança para eles?
Não tem nem "posição oficial" nem "posição real" tirada a favor do impeachment. Basta ver o PSDB, q nem consenso em ser oposição consegue ter
Não adianta só o Bolsodoria ir à manifestação e pular como se estivesse no Carnalval de Salvador. O partido tem que aderir e colocar os 35 parlamentares deles para apoiar. Mas o único cobrado é o PT.
A galera tá projetando o SEU cálculo eleitoral nos atores políticos. Não é assim q se faz análise política. Vc pode até fazer cálculo: “pro PT, não vale a pena apoiar etc”. Mas daí, a partir desse cálculo e da SUA racionalidade, dizer q é a “posição real” é cloroquinar a análise
O 2º ponto q discordo,ainda nessa história do cálculo,é a ideia fixa do Celso de q a única saída é aderir ao Paloccismo.Pra ele,os únicos 2 cenários possíveis são: Lula ganha por ampla maioria “com apoio dos partidos de centro” e faz um gov de conciliação..ou tem golpe de Estado
Aí ele acha difícil do PT sair desse “dilema”, porque num cenário você tem que “chamar o Palocci pra ser ministro da Fazenda” e no outro você tem que preparar coquetel molotov.
Mas não tem dilema nenhum aí. Primeiro, como disse, o PT é a favor do impeachment.
Então não estão trabalhando com o cenário em q a esquerda é proscrita e vai pra clandestinidade. Segundo, q o “centro” (direita, né?) dificilmente vai apoiar o PT, nem no 2º turno
E, mesmo que apoie, não será um apoio tão decisivo quanto seria o apoio que nunca veio em 2018
Uma coisa é apoiar o Haddad com 29% para virar contra um fascista com 46%. Outra coisa é apoiar Lula com 45% contra um fascista com 30%. Correlação de forças importa
Não dá para esperar um governo de “conciliação” (isto é, q o PT abandone seu programa) se o outro lado não entrega ou entrega pouco para ajudar. Se o outro lado não tem oq oferecer, também não pode cobrar muito (ou cobrar ponto).
E, bem, o programa do PT já é bastante moderado e alinhado com o que o mundo inteiro está fazendo agora, no cenário pós-pandemia: retomada do investimento público, flexibilidade fiscal, política industrial, ampliação do gasto social. Não tem expropriação dos meios de produção
Por fim, acho q o Celso foi muito complacente e pouco crítico à manifestação do 12/9. Ele diz q ela “começou do zero”, então pode crescer. Comparou até com as manifestações do “Fora Collor”. E disse q seria injusto comparar com as manifs da esquerda e as do 7 de Setembro.
Pode até ser. Mas as manifestações q dá para comparar são as manifestações pelo impeachment da Dilma, de 2015. As primeiras. Antes do pato. E foram gigantescas. E foi “do zero”. E foi suprapartidária Organizadas inclusive pelos mesmos grupos. Por que não conseguiram?
Não conseguiram porque o MBL, VpR não conseguem mais mobilizar. Ele tem razão q o empresariado não se envolveu em tentar mobilizar. Mas, mesmo assim, temos que apontar a debilidade do MBL e afins e lembrar q, desde o impeachment, não foram mais capazes de mobilizar gente
Mas tem um segundo ponto: o MBL não conseguiu o apoio de empresário. Mas conseguiu adesão de vários partidos, q inclusive mandaram suas lideranças pro ato... e, mesmo assim, foi um fracasso. Ao contrário do q falou, a Força Sindical tampouco consegue mobilizar gente.
Ainda mais pra manif puxada pela direita.
Enfim, é isso. Ia comentar o outro podcast também, mas essa thread já ficou muito maior que eu esperava, hahaha.

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Inimigo do Rei

Inimigo do Rei Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @cyrusafa

13 Sep
Esta análise tá até boa

Mas discordo neste ponto: "não se vence eleição nem se faz manif de rua sem planejamento,dinheiro, organização e coordenação. Por hora (sic) quem se mostrou capaz disso foi o grupo bolsonarista e em MENOR ESCALA os partidos de esq" www1.folha.uol.com.br/poder/2021/09/…
Tudo bem q as manifestações da esquerda aconteceram faz uns meses. Mas não dá pra esquecer q: 1) foram QUATRO (além do Grito dos Excluídos); 2) foram manifestações crescentes, nacionais, em dezenas de cidades; 3) em SP, foram a mesma quantidade q as duas manif goebbolsonaristas;
4) foram manifestações orgânicas, que não contaram com "importação" de manifestante de outras cidades: quem estava na Paulista, era de São Paulo, quem estava na Candelária, era do Rio etc. 5) também não contou com verba pública como as goebbolsonaristas;
Read 10 tweets
12 Sep
A mim, me parece evidente q, para a agenda do impeachment prosperar, não dá para ela ficar restrita à esquerda. Se ficar, teremos 130 votos, não dá nem pra deixar sonhar. Para ela ter alguma possibilidade de ser concretizada,precisa do apoio da direita e do centrão menos alinhado
Foi só o PSDB passar para a oposição e dizer q ia COMEÇAR a discutir a pauta - e o PSD ameaçar aderir ao impeachment - na esteira da radicalização do 7 de Setembro, para o Pandemito tremer na base e até chamar o TEMER para ajudar a apagar o incêndio e...
...frear o carro do jeito que dava, porque, por dois dias, o impeachment, q estava morto e enterrado antes de nascer, agarrou o tornozelo do Pandemito. Já tinha gente q começava a contar os votos - e chegavam à conclusão que dava pra começar a brincar.
Read 11 tweets
11 Sep
Enquanto isso, no lado neoliberal deste site (e do mundo), o pensamento dominante é este aqui👇😊👍 Image
Quer dizer, pra eles tanto faz um líder fascista e um líder moderado de esquerda: ambos são igualmente ruins.

De um lado, você tem o presidente que entregou 4% de crescimento médio ao ano e 20 milhões de empregos formais, reduziu pobreza,desigualdade etc

De outro o caos na econ
Porque é falsa a dicotomia de Bacha de q Pandemito é um risco para a democracia, e Lula é um risco para a economia.

A verdade é q Pandemito é um risco para a democracia E para a economia

E Lula não é um risco nem para a democracia, nem para a economia
Read 11 tweets
20 Jul
No Café Da Manhã, o podcast principal da Folha, quer saber "pq a eleição no Brasil é tão cara", em referência ao fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões, ou poucos mais de US$ 1 bilhão. Para todos os cargos

Em 2020, nos EUA, o custo foi de US$ 14,4 bilhões
E ainda o "especialista" diz q o "custo alto" (em relação a quê?) decorre do sistema eleitoral. Basicamente,dizendo q o sistema proporcional,com o Estado como distrito,eleva o custo

Oq não encontra respaldo na realidade. Pq campanha em eleição com sistema "distrital" tb é cara
Nos EUA, o custo das campanhas legislativas foi de US$ 8,7 bilhões. Não há NENHUMA evidência que sistema majoritário (aka "distrital") seja mais barato... Já um sistema proporcional com lista fechada poderia, sim, reduzir custos de campanha.
Read 9 tweets
19 Jul
Tedioso o fetiche de achar q mudando completamente o sistema de gov ou eleitoral todos os probls serão resolvidos e cultivar a ilusão de q existe um sist perfeito,imune a desvantagens, ignorando evidências e cultura política q se formou em 30 anos.Tudo pra resolver qual problema?
Todo sistema de governo ou eleitoral tem problemas, e até amadurecer, pode ser aperfeiçoado (já outros, tipo o ~distritão~ não tem nada q se salve). Mas é importante levar em conta a cultura política do lugar, e, se há um problema q pode ser resolvido com mudança total...
...tem fazer um debate com calma com os cidadãos e sociedade civil e, por fim, consultar a população diretamente. Ainda mais pra importar um sistema de governo estranho à maioria da população, e raramente usado ao longo de nossa curta história republicana
Read 7 tweets
19 Jul
Rapaz... Essa galera não faz ideia doq fala... Têm um medo danado da urna...
Aliás, queria saber oq é, concretamente essa tal "governabilidade" de que tanto falam.

Seria oq? Aprovar reformas estruturais? Tipo oq? Reforma da Previdência? Reforma Trabalhista? Regras fiscais austericidas por 20 anos gravadas na Constituição?
Ou seria a capacidade em geral de aprovar reformas constitucionais?

Porque se for isso, olha, não tem problema de governabilidade, não, bróder. Passaram TODAS as reformas "estruturais" q Temer e o regime Pandemito queriam
Read 7 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!

:(