ORIENTALISMO NAS PRODUÇÕES CINEMATOGRÁFICAS: O esteriótipo dos filmes sobre as culturas e sociedades orientais.

Uma thread de Luca Schneider, aluno da disciplina de História Antiga Oriental na Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC.
Nesta thread quero mostrar como o mundo ocidental na figura de diretores e atores de filmes estereotipam e generalizam as ações americanas, bem como apresentar o conceito de Orientalismo, relacionando-os com os filmes.
Edward Said (1935-2003) foi um intelectual palestino, engajado na causa política e social do conflito Israel-Palestina e na causa árabe de um modo geral. A obra "Orientalismo", traduzida para 36 línguas que é considerada como um dos textos fundadores dos estudos pós-coloniais.
Edward nasceu ainda sobre o domínio britânico da Palestina, em uma família cristã de alta classe, estudou na Universidade de Princenton e depois em Harvard, onde concluiu seu doutorado. Em 1968, ingressou como docente na U. de Columbia, depois deu aula em Yale, Harvard e J. H.
Em seu livro "Orientalismo", em que descreve o conceito que dá o mesmo nome ao livro. Sucintamente, ele pensa que toda vez que estudamos, pesquisamos, lemos, estamos sendo orientalistas e faz o orientalismo. (p. 14). O termo em si, é um estilo de pensamento baseado na distinção +
ontológica e epistemológica entre o Oriente e o Ocidente. (p. 14) E com isso, o Ocidente "negocia" opiniões para governar, colonizar, dominar, ter autoridade sobre Oriente, se resume, segundo o autor, a um método ocidental de controle. (p.15)
De outra forma, segundo Said, o orientalismo é um "sinal de poder europeu-atlântico" para com o Oriente do que um discurso verdadeiro sobre o mesmo. (p.18) Ademais, o paternalismo é uma característica dos orientalistas europeus sobre o Oriente Médio.
Por fim, mostrarei três obras cinematográficas que testificam esse termo "Orientalismo" de Said, principalmente na Disney e outras indústrias do entretenimento. A mais clássica delas, Aladdin, em que se inicia uma música com estrofes orientalistas, de forma pejorativa.
Ainda em Aladdin (1992, 2009), tratam a terra oriental de forma indevida, em que seria bárbara, traço forte do orientalismo, no momento que o Ocidente é bom, reto, democrático, respeitável e o Ocidente como exótico, anormal, estrangeiro.
Por fim, no filme são retratados os árabes maus são feios e têm sotaques estrangeiros, enquanto os bons árabes – Aladdin e Jasmine – possuem características européias, pele quase clara e sotaque americano.
No filme Mar de Fogo, (2004) Hopkins é conhecido por ser campeão de corrida de cavalos, então é convidado pelo sheiq Riyash a competir no Oriente Médio com cavalos árabes. Será inédito que um estrangeiro tentará o prêmio, e cavalgando um animal mestiço contra os puros árabes.
Mesmo claro a diferença de povos,o filme pratica orientalismo ao sugerir que aquele mundo árabe sofre de um arcaísmo que contrasta com a modernidade do intruso. E ele não só demonstrará virtudes bem acima de seus rivais como também fará a “política de boa vizinhança” com o sheik.
Por fim, o cavaleiro norte-americano salva a filha do xeque rico do sobrinho que é maligno e faminto de poder, tratando de modo característico a bondade do ocidental, em detrimento, da maldade do ocidental.
A última produção, Victoria e Abdul - O confidente da Rainha, (2017) descreve uma improvável amizade entre a rainha Victoria e seu servo indiano-muçulmano, Abdul Karim.
O filme que pretende criticar o racismo e a islamofobia da Inglaterra do século XIX, também infantiliza e exotiza Abdul, de modo que este servo trata a Rainha com extrema docilidade e se entrega facilmente, criando um sentimentalismo exacerbado.
Na ficção, Victoria e Abdul capturam a tragédia da colonização da Grã-Bretanha, mas seu retrato humilhante de Abdul reforça o orientalismo que pretende satirizar, na realidade,Karim reconheceu agudamente os preconceitos e usou-se para promover o bem-estar dos muçulmanos na Índia.
Muito obrigado para quem leu até aqui, espero ter feito bons apontamentos sobre o orientalismo de Said e os filmes que retratam um pouco disse. Até mais.

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Luca

Luca Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!

:(