Essa tese não se sustenta. Os fatos estão contra ela (a não ser que Ciro apresente novos fatos).

Nessa reportagem da Vaza Jato, mostramos como Lula trabalhou ativamente para evitar o impeachment de Dilma (e como Moro manipulou os grampos e a história).
www1.folha.uol.com.br/poder/2019/09/…
A Polícia Federal gravou 22 telefonemas do Lula após a ordem para interromper as escutas em 2016. Um único áudio nós conhecemos: o do "Bessias", que mostrava que Lula queria ser ministro de Dilma pra se livrar da cadeia.

Onde estão os outros 21 áudios que derrubam a mentira?
Para além disso, vamos à fala do Ciro de hoje.

Os grampos provam que dizer que Lula "conspirou pelo impeachment da Dilma" é falso. Vamos a alguns fatos trazidos pela Vaza Jato, trabalho nosso com o excelente @rbaltha. 👇👇👇
"As anotações mostram que Lula estava empenhado em buscar uma reaproximação com Temer e o MDB e indicam que seus acenos eram bem recebidos pelo vice-presidente, na época visto como fiador da transição para o novo governo que seria formado se Dilma fosse afastada do cargo."
"A PF escutou duas conversas de Lula e Temer. Na primeira, marcaram reunião pro dia seguinte, e Lula diz a Temer que a rejeição enfrentada pelos políticos numa manifestação pró-impeachment mostrava que o avanço da Lava Jato criara riscos para todos os partidos, não só o PT."
"Na segunda ligação, após discutir a situação de um aliado de Temer no governo, Lula prometeu ser um parceiro e disse que eles deveriam atuar como "irmãos de fé". Segundo as anotações dos agentes da PF, Temer respondeu a Lula dizendo que "sempre teve bom relacionamento" com ele."
Essas informações não estavam no arquivo da Vaza Jato entregue pela fonte do Intercept em 2019. O arquivo da Vaza Jato nos deu indicativos de que as conversas haviam ocorrido. Foi preciso uma apuração externa ao arquivo para chegar a isso. Jornalismo.
Ah, e financiem o jornalismo que faz a diferença: theintercept.com/2021/06/15/cam…
Ps. Não tenho compromisso com nenhuma tese de A ou B. Se surgirem fatos novos, comprováveis, ok por mim. Por ora, no entanto, o que temos é o oposto do que Ciro disse hoje.

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Leandro Demori

Leandro Demori Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @demori

12 Oct
Videogames da minha infância:

.Dactar.

Meus pais não tinham grana pra me dar um Atari. Ganhei ele entre 1988/89. Não rodava vários jogos da Atari. Lembro de perder uma tarde inteira assoprando a fita de Olimpíadas e chorando de raiva sem saber que era incompatível.
.Telstar.

Não lembro quem tinha, talvez amigos dos meus primos mais velhos. Servia basicamente pra jogar coisas de um contra o outro e que pudessem dividir a tela em dois, tipo um tênis muito primordial.
. Odyssey.

Meu tio tinha dado pras minhas primas, que mal jogavam. Ele tinha trazido do Paraguay, que ficava relativamente perto da nossa casa. Como era LINDO o Odyssey.
Read 16 tweets
11 Oct
Esse cara faturou muito alto por anos. Não é pura loucura ou ideologia em forma de seita apenas, tem a ver com grana, MUITA grana. Querem ver? Se o fio 👇👇👇
No inquérito dos atos antidemocráticos, Allan disse à Polícia Fefderal que tinha "renda mensal de R$ 12.000,00 decorrente da participação como sócio na empresa TERÇA LIVRE TV".
Tinha grana de empresas privadas e empresários, caso da Havan. Esse manuscrito foi apreendido pela PF na casa dele.
Read 11 tweets
9 Oct
Privatização pela beiradas, com anúncio na calada da noite de uma sexta-feira: o Banco do Brasil, depois de digitalizar uma operação de cartões de créditos pra concorrer com fintechs, vendeu ela redondinha pro Bradesco: api.mziq.com/mzfilemanager/…
O contrato foi feito com a BB Elo Cartões Participações S.A, que é do BB, pela venda do Banco Digio. "Serão pagos R$625 milhões por essa participação, e o Bradesco passará a deter, indiretamente, 100% do capital social do Digio."

O BB tinha 49,99% no Banco Digio S.A.
O Digio concorria com empresas como Nubank e tem "aproximadamente 2 milhões de cartões de crédito", como diz o comunicado ao mercado. Também "oferece contas e crédito pessoal aos seus clientes. A sua carteira de crédito é da ordem de R$2,5 bilhões."
Read 4 tweets
27 Aug
Eu morei na Italia. Lá tinha regulamentação da imprensa. Na França, idem, onde a lei proíbe que o mesmo grupo controle mais do que 30% da mídia impressa diária. Alemanha, Espanha, Portugal e Países Baixos
Nos EUA, a lei coibe a propriedade cruzada, impedindo que uma mesma pessoa física ou jurídica possua diferentes mídias eletrônicas ou impressas em um mesmo mercado, pra evitar concentração.
Na Alemanha, aliás, os principais meios são de editores "puros", que é a tese que eu mais gosto. O que são editores puros? São editores que têm empresas APENAS de mídia. Na Itália, na França e no Brasil, famílias detêm meios de comunicação e bancos, construtoras... Isso é péssimo
Read 6 tweets
20 Aug
A lógica do Bolsonaro pra baixar o valor do gás serve pra tudo, perceberam? Pode baixar o valor dos alimentos também: zera o ICMS, ai você acaba com os supermercados, pega seu caminhãozinho e vai comprar pra todo o seu bairro uma tonelada de arroz direto na fazenda. Simples.
Sedex ta muito caro? Simples: acaba com as agências dos correios, pega seu caminhãozinho e vai pegar 1500 pacotes no CDD na Via Dutra pra toda sua vizinhança. Simples, porra!
Gasolina ta cara? Zera o ICMS, aí você pega aquela merda daquele seu caminhãozinho e vai pegar 4 mil litros de gasolina na refinaria pro seu condomínio! Qual o problema, porra???
Read 5 tweets
3 Aug
Um miliciano poderia ter uma ideia: mandar as pessoas fotografarem o comprovante do voto (assim como extremistas de direita fotografam revólveres na urna) para forçar as pessoas a votarem no candidato do miliciano. Mas é só uma hipótese.
Basta conhecer a realidade do Brasil para entender que um recibo de voto com o nome do candidato na mão de quem acabou de votar pode virar uma ameaça contra comunidades inteiras.
Tem muita gente que adora a ideia do voto impresso. Bandidos entre eles. É fácil perceber como uma eleição em um bairro, por exemplo, pode ser manipulada pela força da coerção das armas.
Read 5 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!

:(