Discover and read the best of Twitter Threads about #DitaduraNuncaMais

Most recents (24)

Thiago deu notícias de dentro da viatura e seguem sendo presos por uma ordem ilegal.

Ao todo foram 5 pessoas presas e uma companheira do @subvertamos ferida.

Outra violação GRAVE é que a polícia impediu o acompanhamento dos companheiros pelas advogadas(os)

+

#OcupaCCBBResiste
O governador @IbaneisOficial hoje demostrou sua face covarde e ditadora comentendo incontáveis ilegalidades, ele Não pode está a frente de um cargo que lida com vidas humanas e se espera o respeito a Constituição.

#ForaIbanesGenocida
#ocupacaoccbbresiste
#DitaduraNuncaMais
Correção da informação acima

Foram *4 pessoas presas

Érica oliveira
Pedro Felipe
Caio Barbosa
Thiago Ávila
Read 4 tweets
Começando a listagem de tweets recuperados para a arroba dasilvabenedita. Sumiram desde a nossa última checagem 5 tweets.
O tweet com id 1310262576111120384 de 2020-09-27 16:58:36 que falava sobre:
RT @polydancee: #Benedita13Prefeita ✅✅✅✅✅...
Read 13 tweets
Começando a listagem de tweets recuperados para a arroba MarceloFreixo. Sumiram desde a nossa última checagem 12 tweets.
O tweet com id 1091419169986396162 de 2019-02-01 19:33:02 que falava sobre:
RT @MarcosSousaG: Quero @MarceloFreixo presidente para a luta e o combate contra as milícias ser maior, pela justiça na morte de Marielle e…...
Read 31 tweets
Outra semana movimentada na extrema-direita (e arrependidos) do YouTube Brasil.

Sikera Jr. apagando vídeos pela 3ª semana seguida, Magno Malta fazendo aquela limpeza e o canal da Fundação Alexandre de Gusmão punido por desinformação.

Mas o destaque foi o silêncio...

🧶
Youtuber de extrema-direita com maior base de assinantes no BR, Sikera Jr. apagou 13 vídeos na sexta (2), todos mostrando bastidores do programa que apresenta na emissora amazonense A Crítica.

Já são 3 semanas seguidas de limpeza promovida pelo próprio canal.
Na 4ª (31), 6 vídeos sumiram do canal do ex-senador Magno Malta.

Cinco foram escondidos por Magno e um, apagado pelo YouTube.

Nos cinco deletados por ele, críticas à vacina.

Talvez Magno, ao contrário do que diz um deles, esteja se preparando para tomar a vacina.
Read 14 tweets
#DITADURANUNCAMAIS!

Existe um senso comum que diz que a Ditadura Militar não afetou os moradores das periferias. Essa é uma percepção suuuuper equivocada! Separamos uma série de reportagens que relembram como o regime impactou a vida dos moradores das periferias.

Segue o fio!⤵️
REPRESSÃO NAS PERIFERIAS

Nas periferias de São Paulo, a repressão foi sentida. Grupos de ativistas, sindicalistas e operários, que viviam nas bordas da cidade, tiveram problemas para manter as atividades profissionais e muitos tiveram de deixar o estado.

agenciamural.org.br/como-o-ai5-afe…
1049 OSSADAS ANÔNIMAS

Para além das questões econômicas, não dá para falar sobre ditadura sem comentar as mortes políticas. Na reportagem, trabalhadores do Cemitério de Perus contam como descobriram uma vala comum com mais de mil corpos.

mural.blogfolha.uol.com.br/2014/04/01/fun…
Read 9 tweets
(thread)
🔴 Uma sequência de filmes, reportagens e documentários em links no YouTube, sobre o Golpe de 64 e suas consequências durante os 21 anos de Ditadura Militar no Brasil.
#DitaduraNuncaMais
"As Crianças e a Tortura"
(Luiz Carlos Azenha p/ o Jornal da Record em Junho/2013)

Parte 1 -

Parte 2 -

Parte 3 -

Parte 4 -

Parte 5 -
"O dia que durou 21 anos"

"Cidadão Boilesen"

"Jango"

"Dossiê Jango"

"Marighella"

"Vlado"

"Hércules 56"
Read 8 tweets
Aqui o deputado pode ver uma lista de todos os mortos pela Ditadura, inclusive com suas ocupações.
Para seu espanto, a maioria deles tinha mais tempo de carteira assinada do que o senhor ou seus irmãos juntos!

#DitaduraNuncaMais

pt.m.wikipedia.org/wiki/Lista_de_…
PS - Caro @BolsonaroSP Eu provo que alguns deles foram mortos e torturados diretamente por causa ocupação que exerciam. Se eu provar, o senhor apaga o post e reconhece que a ditadura matou pessoas por causa disso? Topa?
PS - falou aquele que aos 18 anos tinha cargo de assessor no gabinete de Roberto Jefferson, enquanto cursava faculdade no Rio de Janeiro! Quer falar de mordomia @BolsonaroSP ?
Read 4 tweets
"Há aqueles que vilipendiam esse esforço de memória. Dizem que não há que remover o passado, que não há que ter olhos na nuca, que é preciso olhar para a frente e não encarniçar-se em reabrir velhas feridas. Estão perfeitamente equivocados. As feridas ainda não estão fechadas. +
Latejam no subsolo da sociedade como um câncer sem sossego. Seu único tratamento é a verdade. E em seguida, a justiça. Só assim o verdadeiro esquecimento é possível. A memória é memória se é presente, e assim como Dom Quixote limpava suas armas, +
é preciso limpar o passado para entrar em seu passado. E eu suspeito que não são poucos, dos que defendem a destituição do passado em geral, que querem, na realidade, a destituição de seu passado em particular". Juan Gelman
Read 4 tweets
IGREJA DE JESUS NÃO COMEMORA DITADURA!
Segue o fio:
A Ditadura militar (1964-1985) significou execuções, prisões arbitrárias, tortura, estupro, censura, exílios, perseguições políticas, suspensão de direitos individuais e coletivos. Não tem, portanto, nenhuma compatibilidade com a ética do Evangelho de Jesus. (+)
Nenhuma ditadura pode ter conciliação com os ensinamentos dos Evangelhos. Jesus amou com incondicionalidade; acolheu as diferenças; não se utilizou da violência ou da vingança; (+)
Read 5 tweets
#DitaduraNuncaMais #DitaduraNaoSeComemora

A mulher da foto? Esmeraldina Carvalho Cunha
ocupação: Dona de Casa

presa, torturada e morta após a morte de sua filha. Vêm conhecer essa história
off: Essa manhã passei pela lista dos mortos e desaparecidos da ditadura no wikipedia e a história dessa mulher me chamou muita atenção e tudo que falarei aqui é de acordo com o wikipedia msm pt.wikipedia.org/wiki/Esmeraldi…
Esmeraldina se casou com Tibúrcio Alves Cunha Filho e teve 5 filhas, a mais nova delas se chamava Nilda Carvalho Cunha e fazia parte do movimento revolucionário 8 de outubro. Nilda foi presa pelo exército e essa prisão motivou Esmeraldina, que já estava divorciada, a procurar a
Read 11 tweets
Sobre #DitaduraNuncaMais, memória e Brasil:

Numa fazenda no interior de SP, tijolos antigos com suásticas foram achados, o que levou a uma pesquisa que remeteu à década de 30.

Uma família rica e próxima ao nazismo pegava crianças negras em orfanatos para trabalho escravo. Um tijolo sendo segurado por duas mãos, tendo uma suástica
A família era parte da Ação Integralista Brasileira.
Privou crianças negras do direito à vida as escravizando.

A família é Rocha Miranda, e ela dá nome ao bairro onde moro.
Esse caso é apenas mais um dos inúmeros momentos da nossa história que mostram como o Brasil não sabe lidar com o passado. Ou sabe, mas escolhe lidar da pior maneira.

Falamos do país que preserva com honra a memória de Borba Gato e os bandeirantes que exterminaram povos por aqui
Read 10 tweets
hoje, dia 31 de março, um dia de luto a todos os "companheiros que lutaram e tombaram" como dizem no MST. São memórias e dores e apagamentos, de vida, luta.
midiacidada.org/o-terrorismo-d…
A ponto de muitos fatos serem esquecidos, e ainda assim muitos de nossa "colônia" incorpora discursos reacionários de quem já foi algoz de muitos de nossa comunidade, da classe operária, movimentos sociais, minorias sociais, estudantes, militantes
e de muitos outros que ousaram questionar, ousaram se organizarem por um Brasil diferentes. Pintando e criando uma passividade e até mesmo uma cumplicidade. É claro que a nossa comunidade tem várias facetas, e muitos resquicios do passado historico da terra ancestral
Read 44 tweets
Dois meses de golpe em Myanmar, nos mostrando que:

- Existem cada vez mais regimes autoritários ao redor do mundo;

- Ditaduras sempre são cruéis e repugnantes;

#DitaduraNuncaMais
O número de pessoas assassinadas pelas forças armadas desde o golpe no país já ultrapassou a marca de 500
dw.com/pt-002/myanmar…
Além da repressão nas ruas, as forças armadas têm feito bombardeios aéreos em áreas rebeldes desde sábado, vitimando inclusive crianças
cnn.com/2021/03/31/asi…
Read 4 tweets
8 TÉCNICAS DE TORTURA ASSUSTADORAS PRATICADAS DURANTE A DITADURA NO BRASIL. #DitaduraNuncaMais

Para se ter uma ideia de quão assustadora era a tortura nesse período da história, conheça a seguir 8 métodos empregados pelos militares.

Segue o fio

👇
1. Choques elétricos

Militares Torturadores aplicavam descargas elétricas violentas nas orelhas, no ânus, na vagina e no pênis dos torturados, que eram sentados nu em cadeira de metal molhada recebendo descargas elétricas por todo o corpo, como eletrodos conectados na cabeça.
2. Ingestão de insetos

Os torturadores introduziam insetos vivos pela garganta dos torturados. Ratos inteiros também eram forçadamente inseridos pelo ânus. O método ainda compreendia colocar os torturados em quartos escuros, na presença de cobras e outros animais peçonhentos.
Read 10 tweets
Jamais esquecer dos 8,3 mil indígenas mortos, do genocidio dos Waimiri Atroari, da varíola usada como arma biológica, das mulheres indígenas estupradas e mortas, das “doações” de açúcar com veneno, dos campos de concentração para indígenas, das torturas, trabalho escravo +
dentre outras várias violências e violações dos direitos humanos contra os povos indígenas #DitaduraNuncaMais
Read 4 tweets
Pouco se fala disso no Brasil, mas o Dia Latino-Americano de Luta Contra a Violência à Mulher é uma homenagem às Irmãs Mirabal, brutalmente assassinadas em 25 de novembro de 1960 pela ditadura de Rafael Trujillo, na República Dominicana. + Image
Patria, Minerva e Antonia, ou "As Borboletas", como são conhecidas, são símbolos de luta não apenas por liberdade, mas por justiça social. Às resistências às ditaduras sempre foram, ao fim e ao cabo, uma luta pela igualdade. Em tempos de arroubos autoritários recordemos delas. +
E tantas outras mulheres latino-americanas. Afinal, a violência de genero é fundamentalmente política. Um pouco mais dessa história pode ser lida no belíssimo romance de Julia Alvarez, No Tempo das Borboletas. Trujillo caiu 31 anos depois. Que Bolsonaro caia em pouco mais de 2.
Read 4 tweets
Um FIO com fontes e dados para não deixar dúvida que:

- O golpe de 1964 foi um GOLPE
- A ditadura que se seguiu foi uma DITADURA, sangrenta e autoritária
- O período foi de desordem, concentração de renda, desmonte da proteção social e aumento da pobreza. 👇

#DitaduraNuncaMais
Em seu discurso de posse como presidente após o golpe de 1964, o general Castello Branco prometeu “entregar, ao iniciar-se o ano de 1966, ao meu sucessor legitimamente eleito pelo povo em eleições livres, uma nação coesa”.

O Brasil só pôde votar para presidente 25 anos depois.
Esta citação está no 1º tomo de "As Ilusões Armadas", de Elio Gaspari. O jornalista demonstra como as rupturas foram regra, definindo a “anarquia militar”: uma sucessão de golpes internos e emparedamentos em busca do poder, depois que as regras democráticas foram abandonadas.
Read 15 tweets
Uma história de torturas, genocídios e execuções não se celebra, se lamenta. #DitaduraNuncaMais
Os militares querem falar de história? Então vamos falar de história, vamos falar dos pelo menos dez mil indígenas mortos por conta das ações diretas do regime?
Vamos falar das inúmeras pessoas que foram mortas no campo em nome do projeto militar? Da estrutura fundiária assassina que o regime implementou e defendeu?
Read 6 tweets
Por meio do site do Ministério da Defesa, o governo Bolsonaro publicou no dia 31/03/2020 uma nota comemorando o golpe militar iniciado no 1º de abril de 1964. Um golpe que silenciou, torturou e assassinou milhares de mulheres e homens que lutavam por democracia.

👇 Image
Em ação do mandato federal de @Nataliabonavides (PT-RN), a Justiça Federal do RN proibiu o Governo de fazer propaganda, apologia e comemorar a ditadura. Contudo, a União recorreu e haverá novo julgamento amanhã, 17 de março.

👇
Neste momento, em que milhares de vidas estão novamente sendo rifadas pela política genocida da Presidência da República, é hora de defendermos a vida, a justiça e a memória.

👇
Read 4 tweets
Entre hoje e amanhã, dia da mentira, “comemora-se” o aniversário do golpe que iniciou o período da Ditadura Militar do Brasil, iniciada em 1964. Por isso, preparamos um fio especial sobre a relação das escolas de samba com o regime militar! Para lembrar: #DitaduraNuncaMais Image
3 anos após o golpe, o Salgueiro seguia as tendências revolucionários das mentes de Arlindo Rodrigues e Pamplona. O enredo "A história da liberdade no Brasil" falou de muitas revoltas populares que aconteceram no país. Os ensaios no Clube Maxwell foram visitados pelo DOPS. Image
Em 1969, alguns meses depois da decretação do AI-5, o Império Serrano desfilou com “Heróis da Liberdade”, em defesa da democracia. A letra sofreu censura: “é a revolução em sua legítima razão” virou “é a evolução em sua legítima razão”. Salve a Serrinha! Image
Read 20 tweets
ACHOU QUE NÃO IA TER THREAD COMPLEMENTAR DO EP02? ACHOU ERRADO!

E o tema é: a cronologia do golpe de 1964.

Aqui está aquele fio para explicar passo-a-passo como se deu o golpe de 64 e não dar margens para dúvida: FOI GOLPE!

Segue o🧶 que a gente explica ponto por ponto! Image
25/08/61- O presidente Jânio Quadros declara sua renúncia ao cargo. A razão? Acreditava que o povo aclamaria para que ficasse no posto e isso lhe daria mais poderes para governar. O povo ficou em silêncio. Pela lei, o seu vice, João Goulart, assumiria a presidência, mas... Image
30/08/61- Os comandantes das Forças Armadas declaram que não aceitariam a posse de Goulart, que estava em missão diplomática na China. Argumentavam que este foi afeito à "agitações políticas" nos sindicatos quando atuou como Ministro do Trabalho de Vargas, e tendia ao comunismo. Image
Read 41 tweets
DITADURA E FAVELAS

Há 1 ideia de q as vítimas da violência da ditadura no Brasil foram só jovens do mov estudantil ou da luta armada. Brancos, de classe média. No fio, mostro como a ditadura atingiu os q sempre foram o alvo da violência estatal no país: a pop negra e periférica. Image
Em 1o lugar, as remoções forçadas. Favelas inteiras foram removidas, no RJ e em outras cidades, para dar lugar a moradias de classe média e alta. Só no Rio, foram mais de 120.000 pessoas atingidas. No Brasil todo, estamos falando de centenas de milhares. Image
Remoções já aconteciam no Rio pelas mãos do principal articulador civil do golpe, o governador Carlos Lacerda. Mas a partir de 64, intensificaram-se em quantidade e na violência usada. Em dezembro de 64, c apoio do DOPS, foi removida a favela do Esqueleto, onde hj é a UERJ. Image
Read 25 tweets
Vladimir Herzog foi morto pela Ditadura. Saiba o que aconteceu:

Herzog foi ao DOI-CODI voluntariamente e nunca mais saiu de lá com vida. A ditadura afirmou que o jornalista cometeu suicídio com "a cinta do macacão" do uniforme dos presos, apesar dos presos não utilizarem cinto.
Mais do que isso, na cena do "suicídio", o corpo de Herzog estava com as pernas arqueadas e tocava no chão. Apesar de improváveis, os "suicídios" sem vão livre eram maioria no DOI-CODI. 8 ocorrências em 17 casos.
É provável que o jornalista não fosse um amante da liberdade. Apesar de ter renunciado a luta armada, o Partido Comunista Brasileiro defendia ideias autoritárias.

Ainda assim, estado não pode ser senhor da vida e da morte dos indivíduos.
Read 6 tweets
Sou neta da geração que deu literalmente sua vida para combater a Ditadura Militar. Há 56 anos no nosso país com muito autoritarismo, violência, rompimento da democracia, a Ditadura Militar, período muito triste da nossa história, era instaurada. Image
Cresci ouvindo e conhecendo diversas histórias daquele período, muitas muito tristes, de gente desaparecida, morta, torturada, mas também muitas histórias de luta e de resistência.
Hoje sei que nunca mais quero que este período volte a ser realidade por conhecer o que foi a Ditadura, por saber todas as violações de direitos, de restrição de liberdade, de violência e da opressão daqueles tempos. #DitaduraNuncaMais
Read 5 tweets

Related hashtags

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3.00/month or $30.00/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!