Discover and read the best of Twitter Threads about #ISTs

Most recents (10)

O sexo anal sem preservativo (bareback) continua sendo o de maior risco para transmissão de HIV e ISTs. Mas se você deseja fazer, saiba que é possível minimizá-los com a prevenção combinada.
Leia com atenção as 10 dicas que preparei com carinho e muita ciência.
❤️‍🩹
Pensei muito antes de fazer este post. Porque como meu alcance tá cada vez maior sempre aparecem uns desaplaudidos vindo polemizar sem entender o tipo de trabalho que faço há 7 anos.
Muito da ‘demonização’ do sexo anal sem preservativo vem do estigma que a Aids trouxe e
ainda traz, junto da LGBTfobia. Mas agora com 40 anos de pandemia e muita ciência produzida com seriedade, podemos rever alguns discursos e tentar individualizar o cuidado, em vez de generalizar.

Por que só o sexo sem preservativo praticado por gays e travestis choca tanto?
Read 35 tweets
Etiqueta no sexo oral:

Avisar quando vai gozar.

Esperma na boca não é fetiche de geral e pode trazer riscos.
Respeitar o corpo alheio sempre.
Sexo oral é muito bom, mas chega a hora em que a decisão deve ser tomada: cuspir ou engolir, isso se você quiser que sua parceria goze na sua boca, claro. Sempre com autorização.
O sexo oral não costuma ser de alto risco quando se trata de transmissão do HIV porque o revestimento da boca é mais espesso e a saliva também contém propriedades protetoras.
Mas o risco aumenta se houver ejaculação, carga viral alta, presença de úlceras,
Read 8 tweets
O ideal seria todes utilizarem preservativo no sexo oral, que pode sim transmitir HIV, hepatites e IST’s. Mas convenhamos: isso não acontece. Por isso, pensando no mundo real, juntei dicas importantes para diminuir os riscos dessa prática. Fiz com muito carinho. Compartilhe.
Sexo oral é sexo, não é preliminar. Portanto tem sim riscos para HIV e IST’s. O ideal seria todes utilizarmos preservativo. Mas como isso não acontece, seguem dicas pra diminuir os riscos:

1 - Teste-se regularmente para HIV, sífilis e hepatites.
No Brasil as testagens podem ser feitas pelo SUS nas UBS, SAE’e e CTA’s. A frequência vai variar de acordo com a frequência da sua exposição, mas pelo menos 1 a 2x por ano é indicado para pessoas com vida sexualmente ativa.
Read 24 tweets
Existem drogas estimulantes, depressoras e alucinógenas. Todas já possuem risco intrínseco e que, ao serem misturadas com outras, podem ser potencializados, aumentando risco de intoxicação e overdose. Utilize sua ‘colocação’ com cuidado. #ReduçãodeDanos Image
Por exemplo álcool nunca deve ser ingerido com GHB, benzodiazepínicos (tarja preta) e opiáceos (derivados da morfina) pelo chance de depressão respiratória grave e morte. Antidepressivos devem ser utilizados com muita cautela com substâncias
estimulantes como cocaína, ecstasy e LSD.

Segue um quadro de interações (que não é perfeito), mas já dá uma ideia do que pode ou não ser misturado.

trippingly.net/lsd-studies/20…
Read 9 tweets
Camisinha rompeu? Tesão demais e nem lembrou de usar?

Procure um pronto-socorro do SUS e solicite a PEP (Profilaxia Pós-Exposição para o HIV) em até 72h. Nas primeiras 24h, chega a 99% de eficácia.
E não é um ‘coquetel’, são apenas dois comprimidos por 28 dias.
Compartilhe ❤️‍🩹
Já vi muita gente perder a chance de usar por medo e falta de informação. Não façam isso.

Tava transando e o preservativo rompeu? Ou no calor do momento nem utilizou? Conheça a Profilaxia Pós-Exposição para o HIV.
A PEP consiste na tomada de 2 comprimidos por dia, por 28 dias, para evitar a transmissão do HIV. Apenas do HIV.
Mas você pode solicitar profilaxia para outras #ists dependendo do caso, que será feita com antibióticos.
Read 9 tweets
Pessoal, percam o medo da PEP (Profilaxia Pós-Exposição para o HIV).
Você não vai vomitar ou ter diarreia 28 dias seguidos.
Não vai ficar amarelo.
O esquema atual é seguro, eficaz e com poucos efeitos adversos.
Se não usou camisinha, rompeu ou sofreu acidente, inicie em até 72h.
É SUS.
É urgência.

Se na sua cidade é pequenininha e não tem UPA ou serviço especializado em HIV, é obrigação da Secretaria de Saúde te encaminhar para onde tem.

Quanto mais cedo iniciar, mais eficaz. #saudelgbt #pephiv #hiv #doutormaravilha
Quem nunca? 😏😅🙏🏽

Tava transando e o preservativo rompeu? Ou no calor do momento nem utilizou? Conheça a Profilaxia Pós-Exposição para o HIV.

A PEP consiste na tomada de 2 comprimidos por dia, por 28 dias, para evitar a transmissão do HIV. Apenas do HIV.
Read 9 tweets
Eu detesto pedir exames demais. Dosar coisas inúteis sem sentido.

Uma boa conversa e exame físico completo já dispensam exames.
Mas alguns são necessários.

E convênio vem encher meu saco porque solicito PCR para ISTs assintomáticas?

Melhorem. Democratizem o acesso.
Vocês sabiam que as #DSTs (doenças sexualmente transmissíveis) agoram se chamam #ISTs (infecções sexualmente transmissíveis) porque grande parte delas podem estar presentes apenas nos exames sem lesões aparentes? Sem corrimento, sem úlcera, sem verruga...
Sífilis latente, gonorreia orofaríngea, gonorreia anal e vaginal, clamídia, lesões iniciais de HPV e herpes. O próprio HIV!

Mas isso não quer dizer que não causam danos e não possam ser transmitidas! Já vi muita gente descobrindo infecção em estágio avançado ou
Read 6 tweets
Fiocruz (Farmanguinhos) anuncia a produção de novo tratamento para HIV com comprimido único diário.

Será o fim do tenofovir? E das preocupações com perda de função renal e massa óssea?

Será pra todo mundo? 🧐

Acompanhe a THREAD.
Recentemente a FioCruz anunciou a produção de um novo tipo de tratamento para HIV/Aids no Brasil.

Desde 1996 o Brasil oferece terapia antirretroviral altamente ativa (HAART) baseada em ao menos três medicamentos. E, desde 2017, o tratamento de primeira escolha preconizado
no país envolve dois comprimidos (um de tenofovir + lamivudina e outro de dolutegravir).

Já tivemos um esquema de comprimido único diário que era a primeira opção (o ‘3 em 1’, com tenofovir + lamivudina + efavirenz ) que ainda continua sendo utilizado, mas agora com
Read 8 tweets
Uma conversa sobre direito ao sigilo, sobre tabus e sobre oferta de dignidade.

Puxe o fio e interrompa a conversinha antiética de corredor de hospital ou de postinho.
E de esquinas.
👀

O meme pode ser engraçado mas a situação é extremamente angustiante e acontece nos interiores (e nem tão interiores) do Brasil diariamente.

Recebo muitas reclamações e desabafos de pessoas nos interiores do país que vivem situações absurdas quando precisam fazer testes
para IST’s ou, até mesmo, para receberem o tratamento adequado para elas.

Várias pessoas vivendo com HIV se recusam a procurar atendimento nas próprias cidades, porque têm muito medo de que o sigilo seja desrespeitado, de que seu diagnóstico ‘vaze’ e elas sofram ainda
Read 9 tweets
Amo gente coerente 😂😂 O #anilingus, #anilinguismo ou #beijogrego nada mais é que o sexo oral na região do ânus de homens ou mulheres e é algo extremamente comum e prazeroso. Puxe o fio! Image
Do inglês #rimming, consiste em colocar os lábios e a língua na região ao redor do ânus e até em estimular o próprio esfíncter com movimentos de beijo, fricção ou penetração. 🍑 👄
Que doenças posso adquirir? Bom, principalmente se a pessoa enfiar a língua bem lá no fundo ela pode entrar em contato com resto de material fecal e adquirir uma diarreia infecciosa aguda ou parasitose por Giárdia ou Ameba por exemplo.
Read 7 tweets

Related hashtags

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3.00/month or $30.00/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!