Discover and read the best of Twitter Threads about #cientistadetwitter

Most recents (13)

“Recebi sementes não solicitadas pelo correio… E AGORA?”.

Vamos entender um pouco o caso das sementes misteriosas, quais perigos elas podem trazer e o que devemos fazer se nós ou alguém próximo recebê-las. E bora de #BioThreadBR! 🌱 Foto com duas mãos segurand...
O Ministério da Agricultura registrou até agora 36 casos espalhados em 8 estados de pessoas que receberam sementes não solicitadas pela internet. Essas sementes chegaram pelos correios após itens como roupas e acessórios terem sido encomendados em sites internacionais.
As que chegaram no Brasil vieram, em sua maioria, da China e Malásia. Há relatos dessas sementes chegando também nos Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, entre outros. Mas o que se sabe sobre a motivação desses envios?
Read 16 tweets
Você sabia que o cupuaçu e o açaí já foram alvo de patentes? Os donos lucrariam milhares de dólares sem que nenhum centavo voltasse para cá e para os povos que geraram esse conhecimento. Vem de #BioThreadBR descobrir que animais não são os únicos alvos de biopirataria aqui... Ilustração em preto e branco representando o momento de ch
Casos de biopirataria tomaram notoriedade após a descoberta de uma naja e outros animais traficados no Distrito Federal. Muitas vezes nos deparamos com notícias revoltantes de casos de animais nativos traficados para o exterior, mas esquecemos que plantas também são alvo.
O que é biopirataria? Essa prática consiste na exploração, manipulação ou comercialização de biodiversidade, produtos advindos dela e de conhecimentos tradicionais associados por outro país de onde essas não são nativas.
Read 37 tweets
Você tem dimensão da diversidade de plantas no Brasil? Vamos descobrir um pouco sobre nesse #1MinDeCiencia 💚🌿 #CientistaDeTwitter

(Descrição do vídeo nos próximos tuítes)
Descrição: sou uma mulher branca, com cabelos loiros e longos abaixo do ombro. Estou usando um óculos de grau com armação arredondada e de cor marrom e uma camisa preta de manga curta. Ao fundo, há uma parede com diferentes faixas horizontais em diferentes tons de azul e +
quadros pendurados. Quando cito as gimnospermas, aparece uma figurinha de um pinheiro representado como árvore de natal e nas angiospermas aparece a figurinha de uma flor branca com muitas pétalas.
Read 5 tweets
"Nuvem enorme de poeira do Saara vai em direção ao Caribe". Que ótimo pra Amazônia!... Tem certeza?

Dá o rt e senta aqui porque hoje vamos entender porque a nuvem Godzilla não é um motivo de comemoração tão grande assim para a Amazônia!

Está começando a sua previsão do clima ;) Imagem de capa. Em primeiro plano está escrito em branco &q
Essa thread aqui tem relação com a anterior, sobre a nuvem de gafanhotos. Não precisa ler pra entender essa aqui, mas depois se quiser dar uma olhada, eis o link:



Além disso... é uma thread colaborativa! Ou seja:
É uma colaboração com minha colega de trabalho, a incrível Juliana Nogueira!

A Ju é especialista no assunto: estudou a poeira do Saara no mestrado e no doutorado e agora também vai analisar a nuvem Godzilla [spoilers].

O texto foi escrito por ela e editado/adaptado por mim :)
Read 20 tweets
Já falamos de anjos, mas agora vamos falar de demônios. Da Tasmânia. Perfeitamente equilibrado como deve ser. Segue o fio + 😈

#biothread #taz #diabo #animal #australia #ablublebluble #biologia
Os diabos-da-Tasmânia são os maiores marsupiais carnívoros vivos. Como seu nome diz, eles habitam a Tasmânia, uma ilha ao Sul da Austrália

#australia #ilha #biolododetwitter #tocadodiabo
Eles são predadores vorazes e generalistas ocupando um nicho similar às hienas. Seu ataque às fazendas fizeram os colonos o perseguirem. Entretanto seu nome diabólico vem do som que eles produzem, assustador demais para o ânimo australiano

#som #diabo #predador #karaokediabolico
Read 8 tweets
Essa #BioThread vai ser diferente.

Estou um tanto ausente por aqui, devido a algo um pouco comum a MUITO #CientistaDeTwitter, e tem se agravado nessa pandemia: Conviver com a depressão e ansiedade.

Conheça um pouco mais o que enfrentamos diariamente para produzir Ciência.
Não estou querendo reforçar o estereótipo de Cientista maluco que a grande mídia veicula e reforça a muito tempo. Mas quem é Cientista sabe que além de ter que lidar com as problemáticas de seu estudo, ainda tem que enfrentar uma série de desafios pra manter o equilíbrio mental.
Eu poderia dar muitos exemplos com nomes muito conhecidos, como Ludwig Van Beethoven e Edgar Allan Poe, que sofriam, ambos, de transtorno bipolar.

Mas eu vou trazer outro exemplo mais próximo, e que "hoje" posso dizer que conheço muito bem: Eu.
Read 24 tweets
- Diversidade da fauna de tubarões na costa brasileira (parte 4) -

- Ordem: Squaliformes
- Família: Squalidae

#CientistaDeTwitter #BioThread
Morfologia: caracterizada pela presença de espinho antes de cada nadadeira dorsal.

Reprodução: vivípara lecitotrófica.

1- Gênero Cirrhigaleus

Caracterizado pelas nadadeiras dorsais com tamanhos aproximadamente iguais.

a) Cirrhigaleus asper (Merret, 1973):

Nome popular: cação-bagre.

Tamanho máximo: 1,2 metros.

Coloração: parte dorsal, cinza escuro a marrom e, parte ventral, branca.
Read 12 tweets
E ai galera, tudo blza?
Falarei hj sobre modos reprodutivos dos sapos. Normalmente nos é ensinado que o sapo passa fase de girino, pela metamorfose e xablau, vira o sapo adulto! Mas não é bem assim, olha #BioThread que a #CientistaDeTwitter vai mostrar uma coisa diferente
Juntando todas as espécies de anuros que conhecemos hj, totalizamos quase 39 modos reprodutivos. Alguns girinos nascem na água, outras em folhas (e ai vão pra água), e alguns filhotes de sapo já nascem na mini versão. A classificação está relacionada com a forma e local de desova
O modo mais primitivo, mais conhecido, é a desova direta em ambientes aquáticos. Desses ovos nascem os girinos, que passam pela metamorfose e depois viram adultos. Ex: Rhinella marina (sapo cururu). Olha esse cordão enorme, e os pontos pretos são ovos(8-10 mil).
Read 12 tweets
- Quais são as diferenças entre tubarões e raias? -

(cação-anjo e peixe-guitarra, bowmouth guitarfish)

#CientistaDeTwitter #BioThread
Tubarões e raias são peixes cartilaginosos da subclasse Elasmobranchii.

Eles são parentes muito próximos, a diferença entre eles está na morfologia do corpo.
Read 12 tweets
Na #BioThread de hoje eu vou comentar um pouco sobre um efeito conhecido como “efeito cascata” na perda de biodiversidade.

Segue o fio desse #CientistaDeTwitter pra entender como o declínio de uma espécie ou população pode impactar outras espécies.
Quando a gente fala de perda de biodiversidade, sempre lembramos de catástrofes ou grandes problemas ambientais, como o #fato do aquecimento global e mudanças climáticas.
Mas existem alguns impactos que são originados por declínios de outros grupos, e que são os efeitos de cascata, ou melhor, “efeito dominó”.
Read 22 tweets
Ontem eu falei um geral sobre como as aves (e outras coisas!) voam. Hoje na #BioThread vou falar de asas!

Dá o rt aí e simbora pra parte 2 da thread: formatos de asas e tipos de vôos. E se você perdeu a Parte I não fica triste, é só clicar aqui:

bit.ly/2Ypyr94
As aves têm uma gama de estratégias alimentares e portanto diversas estratégias de forrageamento, ou seja, procura pela comida.

Elas caçam, pescam, filtram, mergulham, sobem em árvores... Cada uma delas, além dos seus ambientes, favorecem um tipo de asa diferente.
Aves marinhas:

Aves marinhas como os albatrozes, fragatas e atobás têm asas muito longas e estreitas, ideiais para surfar em correntes de vento e voar sem precisar bater as asas por muito, muito tempo.

Os albatrozes, por exemplo, quase nunca vão à terra, passando anos voando.
Read 20 tweets
O FUNGO MATADOR DE SAPOS

Quem diria que o maior inimigo dos sapos poderia ser uma micose.

Mas que micose? Segue essa #BioThread e vem aprender um pouco sobre essa "pandemia" anfíbia.
#CientistadeTwitter
A partir da década de 70 pesquisadores começaram a notar alta mortalidade em sapos em algumas regiões do
planeta, principalmente em zonas tropicais.

Intrigante, porém um efeito que poderia ser devido ações humanas.
O agente causador foi elucidado muitos anos depois. Um fungo chamado "Batrachochytrium dendrobatidis", ou para os chegados, Bd.

Este fungo se reproduz no meio aquático e infecta a pele dos sapos, gerando a micose.
Read 11 tweets
Hoje, dia 28 de abril, é Dia Nacional da Caatinga. Esse bioma tão particular é o abrigo de milhares de espécies de plantas nativas, muitas das quais são encontradas apenas lá. Vamos conversar sobre as plantas e a conservação da Caatinga? Segue essa #BioThread. Foto: Eraldo Peres. Foto de vegetação da caatinga, com cactos e diferentes tipos de arbusto, com um tom de verde vivo. As formações rochosas ao fundo são cortadas devido a ação do ambiente e têm tom de telha.
Falar que esse bioma é exclusivamente brasileiro chega a ser injustiça, né? Muito mais antigo que o “Brasil”, seus problemas começaram justamente após definição do país. A exploração desse bioma tão único ameaça sua rica e única biodiversidade vegetal. Foto: Sérgio Sertão. Foto de formações rochosas cortadas e elevadas, em tom de telha, na caatinga. Em cima das rochas há vegetação característica de arbustos.
O nome “Caatinga” é derivado do Tupi-Guarani e significa, aproximadamente, “floresta branca”, nome que descreve bem o aspecto da vegetação no período de seca. Foto: caatinga em período úmido e seco, de Ana Cecília da Cruz Silva. A foto mostra a diferença da vegetação da caatinga em época úmida, estando bem verde e com a presença de folhas, e em época seca, com a vegetação esbranquiçada, seca e sem folhas.
Read 9 tweets

Related hashtags

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3.00/month or $30.00/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!