Discover and read the best of Twitter Threads about #mithreadlogia

Most recents (23)

Muita gente tem receio de ir ao dentista.
É até compreensível, mas se formos comparar como era ir ao dentista antigamente, bem, aí as coisas entram em perspectiva...
É, isso é uma #mithreadlogia que mistura extrações de molares, próteses dentárias, tratamentos antigos horríveis, showbiz, e ocasionalmente paquidermes.
Na virada do século passado os tratamentos dentários, e profissão de dentista, ainda não haviam se estabelecido de maneira super forte. Existia, mas havia uma área nebulosa bem grande sobre quem podia ou não exercer a profissão.
Read 69 tweets
Outro dia eu falei um pouco sobre palhaços, e hoje lembrei de outra história curiosa.
Essa é uma #mithreadlogia sobre como surgiu a força policial de Toronto. Ela envolve bombeiros, palhaços, um prostíbulo e briga de foice.
Toronto no meio do século XIX era muito diferente do que a cidade se tornaria. Diferente da Toronto "certinha" ("Toronto the Good" como ela é conhecida), ela era basicamente uma cidade de filme de faroeste.
Olha só Toronto em 1857:
Só em Younge Street haviam 68 bares, um a cada 1200 metros. No total a cidade cerca de 152,, isso sem contar mais de duzentos outros lugares que não eram bares mas vendiam cerveja, e é claro, os bordeis.
Read 52 tweets
Se ao entrar em uma igreja histórica certo dia, você se deparasse com essa cena, qual seria sua reação?
Pra explicar o contexto dessa foto eu tenho de falar sobre um palhaço específico antes, o primeiro dos palhaços como os conhecemos hoje.
Essa é uma #mithreadlogia sobre... bem... sobre palhaçadas, a origem dos palhaços, e sobre a triste vida de Joseph Grimaldi.
Joseph Grimaldi nasceu em 1778, e aos dois já começou a se apresentar em palcos com o pai, Giuseppi, que já era veterano dos palcos, e de uma família envolvida com isso há duas gerações.
Read 100 tweets
Essa é uma história verídica com artes marciais, duelos até a morte, leões, touros, salões de beleza, e a mafia de Chicago.
Não tem tiro, mas tem porrada e bomba.
Essa é uma #mithreadlogia sobre as Guerras dos Dojos de Chicago, e homem mais mortífero do mundo, Conde Dante.
Nos anos 60 e 70, se você abrisse um gibi, podia ser do Dr. Estranho, Nick Fury, ou Mestre do Kung Fu, você encontraria diversos anúncios de coisas diferentes sendo vendidas pelo correio.
Podiam ser óculos de Raio-X, Kikos Marinhos (os Sea Monkeys, que por si só já tem uma história insana, mas isso fica pra outro dia), macacos de estimação, e métodos para ficar forte da noite para o dia e para aprender artes marciais mortais.
Read 161 tweets
Um vigarista é quem conta o famoso "conto do vigário", uma mentira, um embuste para ludibriar outra pessoa e conseguir alguma vantagem.

Essa é uma #mithreadlogia com a história de um vigarista que resolveu vender a Torre Eiffel... e esse nem foi o ponto alto da sua carreira.
Pensem em Paris, 1925.
Agora imaginem que um grupo de seis empresários no ramo de sucata e ferro velho são chamados para uma reunião sigilosa no Hôtel de Crillon, um distinto local na Place de la Concorde.
Nessa reunião, um oficial do governo francês, vindo diretamente do Ministère de Postes et Télégraphes, explica que "devido a falhas de engenharia, custos de reparo, e problemas políticos que ele não pode discutir, o governo decidiu desmantelar a Torre Eiffel..."
Read 151 tweets
Hoje eu vou falar sobre algo verídico, mas que vai soar como algo saído de alguma lenda antiga ou de um conto de fadas grotesco.
Essa é uma #mithreadlogia sobre um misterioso apetite insaciável, e sobre algumas de suas curiosas e perturbadoras consequências.
Imaginem essa situação:
Um espião é mandado disfarçado para o território inimigo em uma missão sigilosa. O território inimigo, no caso, é a Prússia, e o espião um membro do exército francês.
Ele é enviado com uma mensagem secreta impossível de ser descoberta em sua pessoa, uma mensagem tão secreta que ele mesmo desconhece o conteúdo.
Read 122 tweets
No outro dia eu comentei sobre a controvérsia da estátua do diabo que construiu o aqueduto em Segovia, então acho que seria interessante falar um pouco mais desse assunto, já que não é um caso isolado.
Essa é uma #mithreadlogia sobre... bem, acho que é sobre o tema recorrente de diabos ajudando a construir pontes e outros projetos arquitetônicos.
Pra quem não viu a notícia sobre a qual comentei, ela está aqui
Read 82 tweets
Eu já falei do velho que entrega presentes na calada da noite, e eu já falei de seu companheiro mais famoso, com seus chifres e cascos.
Mas o caso é que dependendo de qual velho estivermos falando, o companheiro sombrio (e as vezes não tão sombrio) vai ser alguém diferente.
Essa é a quinta #mithreadlogia de fim de ano e é sobre os outros companheiros do Père Noël, do Sinterklass, de São Nicolau, Mikulás ou Samichlaus que podem dar as caras durante suas visitas.
A Thread anterior, para quem não viu (é bem longa porque a figura exige)
Read 91 tweets
Hoje eu vou falar sobre uma figura que é mais complexa do que muita gente imagina.
Essa é a quarta #mithreadlogia de fim de ano, e ela é sobre ele, senex nativitatis, o velho do natal que as vezes veste vermelho, e como nem tudo é exatamente o que está no rótulo da coca-cola.
Essa é a thread anterior, em que falei sobre o seu mais famoso companheiro sombrio, o Krampus, e como ele mal-compreendido na mídia hoje em dia (e nela tem link para as threads anteriores)
Certo, mas vamos ao assunto, e ao velho. Ele é uma personificação das festas de fim de ano que tem uma cronologia tão labiríntica quanto alguns personagens da DC.
Na verdade, "ele" nem sequer é uma figura só.
Read 285 tweets
Hoje é a oportunidade perfeita para falar um pouco de uma figura que apesar da nova popularidade dos últimos anos, não é muito bem compreendida pelas pessoas.
A terceira #mithreadlogia sobre as assombrações e crenças de fim de ano é sobre ele, Krampus, e sua noite, a Krampusnatch
Para quem não viu as outras threads, essa foi a anterior (e nela tem link para a primeira)
A véspera de 6 de Dezembro é quando, dependendo de onde você está (Holanda, Austria, Croácia, Bavária, Hungria, Norte da Itália, Slováquia), uma figura vem abençoar sua casa e até distribuir presentes.
Read 54 tweets
No outro dia eu falei sobre algumas das lendas e costumes de fim de ano ao redor do mundo que eu acho interessantes, mas ainda tem várias para mencionar, então, é hora de continuar
Essa é a segunda #mithreadlogia sobre assombrações e costumes de fim ano, e novamente, o Vincent Price está aqui pra dar spoiler do assunto:
Pra quem não viu a primeira, é essa aqui:
Read 70 tweets
A temporada das festas de fim de ano, independente da denominação, pode ser (e no fundo é realmente) ainda mais assombrada que outras épocas famosas pela sua associação com fantasmas e coisas sobrenaturais.
Essa é a primeira #mithreadlogia sobre lendas, e costumes de fim de ano ao redor do mundo, e sobre o que eu acho interessante nelas e gostaria de compartilhar com todos.
O Vincent Price está aqui fazendo uma participação especial para dar um spoiler:
Certo, antes de tudo, eu tenho de explicar porque de ser uma época associada com assombrações, coisas assustadoras e tudo isso (porque é, de verdade).
Pense bem nas regiões onde muitas dessas festividades de fim de ano se originam,
Read 56 tweets
Hoje é dia 30 de Novembro. Dia de pendurar alho na janela porque é a data em que os mortos-vivos estão mais ativos; Também é a data em os lobos são mais ágeis, mas acho que por aqui não é preciso se preocupar muito com essa parte
Bem, já que estou aqui mesmo, eu explico o porquê. Essa é uma quase #mithreadlogia (na real, é só eu falando de um mito que é mencionado por alto em Dracula)
Dia 30 de Novembro é o Dia de Santo André, que é o patrono da Romênia. Mas a data já era considerada sobrenatural na região bem antes dele, e tinha a ver com a Saturnália.
Read 29 tweets
No outro dia eu mencionei sobre chifres de unicórnio em coleções, e como geralmente eram chifres de Narval. Eu disse 'geralmente' porque eu sei de alguns casos que são chifres de unicórnio de verdade.
Essa #mithreadlogia vai ser basicamente como uma van psicodélica.
Tem unicórnio, tem mago, tem sereia e... bem, e tem serial killer também (o que não é obrigatório nessas vans, mas acontece)
Certo, eu disse que as vezes o chifre de unicórnio é de um unicórnio de verdade. Por exemplo, esse crânio é de um unicórnio chamado Bedivere.
De onde ele veio?
Bem, isso é uma longa história,e para contar ela, primeiro temos de parar em um circo. Mas não qualquer circo.
Read 94 tweets
Eu adoro Gabinetes de Curiosidades.
E quanto mais estranhos, melhor.
Gabinetes de Curiosidades foram os precursores dos museus modernos. Um lugar onde, fração por fração, o mundo é estudado, explicado e exposto.
E embora a sua função fosse parecida, decerta forma, expor pequenos pedaços do mundo a da história para que sejam desvendadas por um estudo através de métodos científicos, os Gabinetes de Curiosidades meio que também causavam um efeito diametralmente oposto a isso.
Uma sensação de que o mundo é bem mais estranho e cheio de mistério do que imaginamos. E como a maioria dos itens eram expostos sem etiquetas ou explicações, e quando havia alguma, era em forma de narrativa, isso ajudava muito na sensação.
Read 43 tweets
As vezes, no decorrer da história, certas figuras famosas terminam suas vidas de forma digna, e são imortalizadas na memória das pessoas pelo que realizaram. As vezes o fim delas é um pouco mais incomum, e é feita uma escolha deliberada de omitir certos detalhes para posteridade
Essa #mithreadlogia não tem um fio narrativo, mas é uma lista de mortes incomuns de figuras históricas que serve para mostrar que a vida real as vezes faz coisas que se fossem apresentadas como ficção, seria consideradas inverossímeis.
E também porque eu sempre gostei de Horrible Hostories.
Read 47 tweets
Ontem, falei do gigante que era uma farsa, e me mantendo nas atrações de Sideshow, hoje vou falar de uma outra atração.
Talvez as duas ultimas atrações de Sideshow não tenham sido o suficiente.
Que tal algo mais interativo?
Uma criatura lendária que respira, um mito... vivo, bem na sua frente?
Read 61 tweets
Ontem eu falei de um ser mitológico que podia ser encontrado em um Sideshow de circo, e como as vezes um mito não passa de uma farsa. Hoje eu vou continuar no mesmo assunto, mas com outro ser.
Essa é uma #mithreadlogia sobre o estardalhaço criado ao redor de gigantes falsificados.
Read 35 tweets
No outro dia fiz uma thread circense, hoje vou fazer mais uma. E como disse na anterior, já estamos em um circo mesmo (literalmente, olha a situação de tudo), então dá pra muito bem sair do picadeiro e ir ver o que tem nas beiradas, quem sabe distrai um pouco.
Essa é uma #mithreadlogia sobre alguns seres fantásticos que você encontrava no sideshow de um circo.
E como muitas vezes os mitos que atraem multidões, não passam de embustes e enganação.
Read 43 tweets
Como o país está um circo (de horrores) mesmo, vou (tentar) fazer uma série de threads sobre circo, mas daqueles que não me fazem ter (mais) vontade de pular de uma ponte. Pelo menos é uma distração (porque, sinceramente, o negócio não está fácil)
Então essa uma #mithreadlogia circense pra tentar não pensar do futuro desesperador que bate à porta. Estou voltando os olhos para o passado por um minuto
Para um circo. Não é o maior, mas sim o MENOR espetáculo da Terra.
O Circo de Pulgas.
Sim, Circo de Pulgas existiu de verdade
Antes um alô pra @Queen0fHurts que foi uma curiosidade noturna dela que inspirou a thread (sigam ela no instagram, vários ensaios ó 👍)
Read 40 tweets
Um tempo atrás eu falei sobre a inusitada origem da fama assassina das piranhas. Acho que é um bom momento de falar de outro bicho que tem uma fama parecida, as Abelhas Assassinas, e sobre como sua origem não é o que esperamos, mas ainda com considerável monstruosidade envolvida.
Essa é uma #mithreadlogia sobre Abelhas Assassinas, sobre um cientista exemplar, sobre mídia, incitação ao desespero, percepção da verdade, e sobre um governo opressor criando monstros que duram muito tempo...
Muita gente já ouviu falar de Abelhas Assassinas.
Muita gente tem medo das tais Abelhas Assassinas.
Mas de onde elas vieram? Por que temos essa percepção delas?
O quanto disso é real?
Read 93 tweets
Essa é uma #mithreadlogia sobre embustes, embusteiros, navios de guerra, bengaladas, ricos desocupados, e personalidades literárias famosas tomando decisões ruins
Cambridge é um lugar onde volta e meia acontecem coisas peculiares. Como quando estacionaram um carro no telhado da universidade, ou quando Lorde Byron se irritou com não permitirem ele ter um cachorro no campus, então ele arranjou um urso,
Ou quando deram um jeito de colocar chapéus de papai noel em todas as torres, e ninguém conseguia tirar, ou quando penduraram um carro na ponte
Read 106 tweets
Encontraram uma mão de bronze de 3.500 anos na Suíça, mas ninguém parece ter a mínima ideia de qual seria função dela
Foram dois caçadores de tesouros amadores com detectores de metal que encontraram as coisas, e logo levaram ao Serviço Arqueológico de Berna. No dia seguinte quando voltaram, descobriram que havia passado algum saqueador por lá e roubado objetos do sítio arqueológico.
Além da mão, também foram encontrados no local um punhal, um alfinete, e um enfeite de cabelo, todos de bronze, e depois encontraram um esqueleto enterrado junto. O esqueleto foi provavelmente enterrado deliberadamente sobre a construção (que é bem mais antiga).
Read 50 tweets

Related hashtags

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just three indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3.00/month or $30.00/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!