Ariel Palacios Profile picture
Correspondente da @GloboNews em Buenos Aires para A.Latina. Colunista da @CBNoficial e da @Labs_news. Comentarista no @Redacao_Sportv. Autor de “Os Argentinos”.

Jul 17, 2021, 25 tweets

A semana agitada da Argentina:

O Promotor Claudio Raval pediu formalmente na Justiça uma investigação sobre envio de 70 mil cartuchos anti-tumultos e granadas supostamente remetidas pelo então presidente Maurício Macri para Jeanine Áñez na Bolívia...

.... no dia seguinte à sua posse em La Paz, 3 dias depois da renúncia do presidente Evo Morales e sua partida do país em 2019.

O caso veio à tona devido à uma carta na qual um general boliviano, Jorge Terceros, teria agradecido o envio do material ao governo argentino.
Existem divergências sobre o assunto, já que Terceros afirma que essa não é sua assinatura....e que naquela data ele renunciou ao cargo.

Um mini-guia para entender os mega-imbróglios políticos da Bolívia (coluna de março):
labsnews.com/pt-br/artigos/…

E hoje foi um dia de tribunais...

É que a ex-presidente e atual vice Cristina Kirchner prestou depoimento porque é acusada há anos na Justiça pelo pacto feito com o Irã em 2012 com um suposto encobrimento dos envolvidos no atentado feito contra a Associação Mutual Israelita Argentina,...

.... a AMIA, um ataque terrorista que hoje completou 27 anos.

Os kirchneristas dizem que o caso contra Cristina é um disparate...e os macristas dizem que o caso contra Macri é um disparate.

(um clássico de políticos argentinos governistas e opositores...todos sempre se fazendo de vítimas, sempre “alvos de conspirações”, todos)

Mas, ambos casos – Macri e Cristina - prometem esquentar a campanha para as eleições parlamentares de novembro. E mais casos de ambos...

E estes foram apenas dois capítulos adicionais de uma semana que se encerra agitada na Argentina... o país teve más notícias na área econômica e pandêmica.

Na 4afeira a Argentina – que tem 44 milhões de habitantes - ultrapassou a faixa de 100 mil mortos pela covid-19.
100.250 mortos desde o início da pandemia em março do ano passado, para ser específico

Vacinação: 46.4% da população vacinada com pelo menos uma dose.
E 11,39% vacinadas com as duas doses.

Na 5afeira as autoridades anunciara, o índice de inflação:
Segundo o Instituto Nacional de Estatísticas e Censos (Indec), a inflação de junho foi de 3,2%.

A inflação acumulada desde janeiro é de 25,3%.
A inflação acumulada dos últimos 12 meses é de 50,2%.

No início do ano o governo do presidente Alberto Fernández calculava que a inflação seria de 29%.

Isto ocorre em um cenário no qual a pobreza, de acordo com os últimos índices, relativos ao 2o semestre do ano passado, é de 42%

E desses 42%, 10,5% são considerados indigentes, isto é, pessoas que não conseguem se alimentar de forma regular diariamente

Mas as 8 graves crises que ocorreram nos 46 anos seguintes, tanto em governos militares e civis, peronistas como não-peronistas, elevaram a pobreza de forma persistente.

No governo do ex-presidente Carlos Menem a pobreza começou a ficar estrutural e com a crise de 2001-2002 ela chegou a 57% de pobres.
Engenheiros, professores, advogados, viraram favelados, catadores de papel, sem teto.

Em 2003 a pobreza começou a cair até 23,4% em 2006. Mas em 2007 voltou a crescer...e nunca mais parou.

Cristina Kirchner tentou camuflar a pobreza maquiando os índices, afirmando que o país tinha apenas 6% de pobres, “menos que a Alemanha”.
Depois, deixou de publicar os números. Seu então ministro da Economia, Axel Kicillof, afirmou que dar os dados seria “discrimar” os pobres.

Mas no mundo real C.Kirchner finalizou seu mandato com 30,2% de pobres.
Com Maurício Macri escalou para 36%.
E nos últimos tempos, já no mandato de Alberto Fernández, com esses tenebrosos 42%.

A inflação argentina desde 2008, quando ela voltou à casa dos dois dígitos anuais:
2008: 23%
2009: 14,8%
2010: 25,7%
2011: 22,5%
2012: 25,2%
2012 25,2%
2013: 27,9%
2014: 38,5%
2015: 27,8%
2016: 40,7%
2017: 24,7%
2018: 48%
2019: 53,8%
2020: 36,1%

Share this Scrolly Tale with your friends.

A Scrolly Tale is a new way to read Twitter threads with a more visually immersive experience.
Discover more beautiful Scrolly Tales like this.

Keep scrolling