Bom dia. A Folha publica uma pesquisa que lasca que estaríamos vivendo uma desdemocratização no mundo. Exagero total e falta de perspectiva analítica. Lá vai o fio.
www1.folha.uol.com.br/mundo/2020/09/…
1) Venho alertando para esta espetacularização das análises que parecem tragadas pelo sensacionalismo diário. Para se fazer análise de tendência é preciso o óbvio: perspectiva. Quero sugerir uma periodização que não sugere uma tendência nítida na política mundial
2) A década de 1990 foi considerada da democratização. Entre os anos 1954 e 1990 a maioria dos países na América Latina estive sob regimes ditatoriais militares. Ao longo dos 80´, isso inverteu: Bolívia (1982), Argentina (1983), Uruguai (1984), Brasil (1985) e Chile (1988).
3) Contudo, desde os anos 1970, já se percebia um movimento de rejeição popular à democracia representativa. Richard Sennett publicou, em 1974, seu "O Declínio do Homem Público", para citar apenas um livro de referência.
4) De 2001 a 2019 tivemos duas décadas de mobilizações de massa questionando a verticalização da tomada de decisão política. Mas, nada que pudesse sugerir uma direitização do mundo. Tivemos o o M11 na Espanha (que deu origem ao Podemos e Ciudadanos)
5) Tivemos, em 2008/2009 a Revolução das Panelas da Islândia (que deu na primeira Constituição do mundo feita pelas redes sociais com participação direta), o 2013 brasileiro (que adotou bandeiras e organização similar a 1980), a Primavera Árabe.
6) O atual século nasceu com a renúncia de Fernando de la Rúa, na Argentina, cercado pelo movimento "piquetero" e "assembleas populares" que se alastraram por bairros de Buenos Aires e cidade de referência do país. De la Rúa abandonou a Casa Rosada no helicóptero presidencial
7) Por outro lado, tivemos a origem do Movimento 5 Estrelas (Itália), Orban (Hungria), Trump e Bolsonaro. Vejamos um pouco do discurso dessas lideranças à direita. O 5 Estrelas surgiu em 2009, na Itália, sob a liderança do comediante Beppe Grillo
8) O discurso do 5 Estrelas focava na rejeição dos partidos tradicionais para colocar cidadãos comuns no poder e estabelecer uma democracia direta através do uso da Internet. Já comentei aqui como adotou uma visão de mercado para se relacionar com a população indignada
9) Analistas afirmam que o 5 Estrelas nunca adotou uma ideologia clara, sempre buscando a direção do vento para alinhar seu discurso.
10) Já Viktor Mihály Orbán, emergiu quase na mesma data que o 5 Estrelas. Líder do Fidesz, um partido de extrema-direita que se tornou o maior partido político da Hungria. Aqui temos uma nítida ascensão da extrema-direita, como ocorreu em países marginais
11) Recentemente, o parlamento húngaro conferiu poderes extremos à Orban para poder conduzir o combate ao COVID-19
brasil.elpais.com/internacional/…
12) A ascensão de Orban tem relação com a crise social no leste europeu e o medo de perderem renda para trabalhadores imigrantes. Este sempre foi o eixo do seu discurso. Sem esquecer que houve, em 2006, uma tentativa de golpe de Estado naquele país, que abalou a confiança interna
13) Trump e Bolsonaro são políticos do espetáculo. Adotam discursos extremados, mas, sua prática é instável, errática, além de serem desprovidos de capacidade de formulação. Não governam a partir de um projeto de governo, mas, apenas por retórica
PAUSA PARA LIGAÇÃO TELEFÔNICA (Já retorno para concluir este fio)
14) Peço desculpas pelo intervalo na postagem deste fio. Recebi uma ligação importante. Mas, para concluir: dá para cravar que há alguma tendência? Somente que há uma forte cultura antissistêmica, não que um movimento antidemocracia. A falta de rigor leva à esses exageros. FIM

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Rudá Ricci

Rudá Ricci Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @rudaricci

28 Sep
Prometi um fio para indicar as imensas dificuldades para analisar as eleições municipais deste ano. Então, lá vai fio. Image
1) A primeira grande dificuldade são os resultados de pesquisa de opinião neste momento da pandemia. Acabamos de ver o estrago: IBOPE publica uma pesquisa sobre apoio ao governo Bolsonaro (em 40%) e, logo em seguida, vem o da Época (35%) que refuta a do IBOPE. O que aconteceu?
2) Em tempos de pandemia, as pesquisas estão sendo feitas por telefone. Ocorre que poucos brasileiros possuem telefone fixo e por celular, não há garantias da veracidade da resposta. Pior: dificilmente se faz "checagem". É comum, em survey, que 10% a 20% sejam revisitadas
Read 17 tweets
27 Sep
Em 2017, criei um grupo de whatsapp que ganhou o nome de Unidade na Diversidade. Hoje, somos 250 movimentos, entidades e lideranças ou personalidades no grupo. Toda semana, fazemos um debate com algum especialista. Na última semana, conversarmos com Franklin Martins (fiozinho)
1) Franklin postou um áudio de 10 minutos sobre comunicação nos dias atuais e esquerda. Depois, os participantes postaram 20 perguntas para ele e, no dia seguinte, Franklin as respondeu, também em áudio. Vou postar os dois áudios para vocês. Áudio 1: soundcloud.com/user-778786675…
Read 4 tweets
27 Sep
Nessa discussão sobre a suspensão do ano letivo (ou o seu cancelamento), aparece um argumento-mito que o diploma é importante para pobres conseguirem emprego. É preciso ter clareza sobre este vínculo entre educação e mercado de trabalho. Segue um mini-fio
1) Enquanto no mundo a taxa de desemprego de mestres e doutores é de 2%, aqui no Brasil é de 25%. Por quê? Porque somos produtores de commodities que exige baixa qualificação profissional
correiobraziliense.com.br/app/noticia/br…
2) Já postei agora há pouco, mas vale a pena repetir: por ano, 900 mil pessoas se formam na faculdade. Em 2016, o volume de empregos encolheu 1,9 milhão de vagas. O DIEESE, este ano, já divulgou que 70 milhões de brasileiros perderam o emprego e/ou renda.
Read 11 tweets
27 Sep
Bom dia. Prometi um fio sobre o documento recém elaborado pelo Pacto Educativo Global no Brasil que adota como eixo o papel da educação durante e no pós-pandemia. Vou postar uma primeira parte sobre o documento. Então, senta que lá vem fio.
1) Primeiro, uma informação sobre a origem do Pacto. Em setembro de 2019, motivado por lideranças judias e muçulmanas, Papa Francisco lança a proposta deste pacto educativo.
2) Nas palavras do Papa, trata-se de um “encontro para reavivar o compromisso em prol e com as gerações jovens, renovando a paixão por uma educação mais aberta e inclusiva, capaz de escuta paciente, diálogo construtivo e mútua compreensão. (continua)
Read 33 tweets
26 Sep
Vocês já perceberam que estou pouco tolerante com liberais e liberalismos que recentemente vêm invadindo a esquerda brasileira. Um dos termos que incomoda é o tal "lugar de fala". Segue um fiozinho
1) Há algumas décadas, se fazia um alerta, quando se iniciava uma exposição que era preciso saber de que lugar se falava. Era um alerta sobre os vícios e limitações de nossa existência e ângulo de visão
2) Tratava-se de um ato de humildade e reconhecimento que uma pessoa, isoladamente, não consegue ter uma visão acabada do mundo.
Read 11 tweets
26 Sep
Bom dia. Ainda hoje farei o fio que prometi ontem, sobre o documento recém produzido pelo Pacto Educativo Global no Brasil. Contudo, recebi muitas mensagens pedindo que explicasse minha posição contra o debate de definição de protocolos de retorno às aulas. Então, lá vai
1) Aos apoiadores de Áurea Carolina
Vejo que muitos apoiadores da candidata à prefeita pelo PSOL em Belo Horizonte ficaram preocupados em defender Áurea depois da desastrada entrevista que deu ao jornal O Tempo.
2) Inicialmente, começaram a postar uma resposta ingênua de que o problema teria sido a manchete adotada pelo jornal. Depois, quando perceberam que este não era o problema, mas o tema que Áurea decidiu propor para debate (os protocolos de retorno às aulas), mudaram a defesa
Read 27 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!