Marlos Ápyus Profile picture
16 Sep, 16 tweets, 3 min read
Eu posso te falar a verdade. Mas você não está preparado para a verdade.
Em 2010, ninguém queria parecer oposição a Lula. Em 2016, Dilma caiu por um processo de impeachment. Em outras palavras, não conseguiu manter ao lado dela nem um mísero terço do Congresso.
Noto que muitas narrativas petistas imperaram. Mas elas não retratam o que vi nesse intervalo de 6 anos. Porque os partidos de oposição só embarcaram no impeachment quando as ruas já estavam lotadas (e por isso foram vaiados). Dilma caiu por uma rebelião da própria base.
E essa base se rebelou pois havia sido costurada por Lula. Mas viu Dilma convocar Kassab para, numa tentativa de recriar o PL, desidratar o PMDB como já havia desidratado o DEM. É quando o centrão se reorganiza, e isso mais adiante faria de Eduardo Cunha presidente da Câmara.
Nessa briga, Lula e Dilma ficam em lados opostos. E ficam por muito tempo. Ao ponto de Lula, desesperado com o avanço da Lava Jato, exigir a mudança do comando da PF, e Dilma simplesmente se negar a fazer o que Bolsonaro fez agora em 2020.
Não falo isso porque acho. Falo isso porque ouvi e li Mônica Moura, Marta Suplicy e Delcídio do Amaral falaram em on sobre o que rolava nos bastidores.
Aquele encontro de Marcelo Odebrecht com Dilma no México não é um alerta de amigo. É uma ameaça do aliado que bancou o "volta, Lula". Quando cita a conta na Suíça, ele diz ter munição para usar contra Dilma caso não fosse socorrido. E usou. E de fato implodiu o governo dela.
Até a aceitação do pedido de impeachment por Cunha é evidência dessa briga. Cunha negociava direto com Dilma. Estava tudo certo: ele engavetava o impeachment, o processo dele era engavetado na comissão de ética.
Mas a bancada do PT votou contra Cunha implodindo o acordo com Dilma.

Teria votado contra a vontade de Lula? É óbvio que não.
Lula e Dilma só se reaproximam quando o processo de impeachment já tramita no Congresso, e a Lava Jato já conduz Lula coercitivamente. Mas naquela tentativa desesperada de blindá-lo com foro privilegiado na Casa Civil, coisa que Gilmar Mendes reverte de imediato.
Quando Lula defende a interferência de Bolsonaro na PF, ele pensa menos no que ele próprio fez no próprio governo, e mais no que ele queria que Dilma tivesse feito no governo dela, mas ela se negou a fazer.
A grande ironia nisso tudo é concluir que Dilma caiu porque se arriscou a forjar um pós-Lula. E isso incluía dinamitar a base fisiológica do lulismo, deixando que a Lava Jato a pegasse, juntamente com o próprio Lula.
Quanto a Lula, para se manter vivo, topa até mesmo impedir que a oposição a Bolsonaro seja oposição, coisa que faz desde 21 de maio de 2019, quando a proibiu de tocar qualquer tipo de "fora, Bolsonaro". "Coincidentemente", mesma data em que Toffoli sela um acordo com Bolsonaro.
Não digo com isso que Lula não se importa com a periferia, com as minorias, com a covid-19... Digo que ele não se importa com o meio ambiente, porque de fato nunca se importou. Quando ainda presidente, fazia piada do trabalho de Marina Silva como ministra.
Mas digo que, para Lula, a prioridade é o próprio Lula. E, para o próprio Lula, o enterro da Lava Jato, ou do combate à corrupção como um todo, é causa mais importante do que salvar Amazônia, Pantanal, educação, saúde, direitos humanos, ou tudo isso que julgamos primordial.
E nem me olhe com essa cara. Eu avisei lá em cima que você não estava preparado para a verdade. Você leu porque quis.

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Marlos Ápyus

Marlos Ápyus Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @apyus

2 Sep
Um criminoso qualquer assassina uma criança. Você já parou para pensar em quão difícil é convencer um indivíduo de que não é certo juntar a vizinhança para linchar o assassino até a morte?
Para começo de conversa, talvez seja necessário que este indivíduo tenha ao menos 15 anos de estudo. Mais do que isso, ele precisa não só ter decorado respostas para a prova, mas prestado atenção às aulas de história...
...e se sensibilizado com a quantidade de injustiças que a humanidade cometeu nos últimos 10 mil anos. E tem que ter tido ótimos professores que conseguiram fazer com que os alunos se colocassem no lugar das vítimas de tamanhas injustiças.
Read 13 tweets
2 Aug
Eu quero tenta restabelecer algumas verdades. Porque tenho visto muita gente inteligente e de boa fé se engajando numa "rage" sem sentido contra Átila Iamarino. E a distorção do que rolou serve de base a tanto ranço.

Então vamos lá (thread):
Essa é a live que mais usam para infernizá-lo. Foi ao ar na noite de 20 de março de 2020. E, pelo que ele explica nela, preparada ainda naquela noite, após um anúncio catastrófico feito por Luiz Henrique Mandetta.
É importante a gente entender o contexto. Naquele ponto, o Brasil somava 793 casos de covid-19. E 11 mortes.

Vocês podem confirmar o que estou falando por este gráfico da Folha de S.Paulo:
arte.folha.uol.com.br/equilibrioesau…
Read 27 tweets
31 Jul
[thread]
Não basta Sergio Moro ser honesto, é preciso parecer honesto
No 29 de julho de 2020, Dias Toffoli defendeu que o Congresso Nacional aprove uma lei estipulando que juízes e membros do Ministério Público cumpram com uma quarentena de 8 anos antes de disputarem cargos públicos.
g1.globo.com/politica/notic…
De imediato, o presidente do Supremo Tribunal Federal recebeu o aceno positivo de Rodrigo Maia.
www1.folha.uol.com.br/poder/2020/07/…
Read 30 tweets
29 Jul
[thread]
O “amor à primeira vista” entre Jair Bolsonaro e João Otávio de Noronha
Em abril, ao empossar André Mendonça como ministro da Justiça, Jair Bolsonaro cumprimentou o presidente do STJ de forma peculiar. Dirigindo-se a João Otávio de Noronha, o presidente confessou: “a primeira vez que o vi, foi um amor à primeira vista“.
congressoemfoco.uol.com.br/justica/amor-a…
Dez dias após a declaração amorosa, Noronha suspendeu as decisões judiciais que obrigavam Bolsonaro a apresentar os exames com resultados negativos para covid-19.
g1.globo.com/politica/notic…
Read 29 tweets
27 Jul
[thread]
A conivência das redes com as milícias digitais de Jair Bolsonaro
Em 24 de julho, perfis de 16 bolsolavistas foram bloqueados no Twitter e Facebook. Para Alexandre de Moraes, a medida seria necessária para que tais canais não mais fossem utilizados “como instrumento de condutas criminosas apuradas nestes autos“.
g1.globo.com/politica/notic…
Controversa como tudo o que deriva do inquérito aberto pelo próprio STF na apuração de notícias falsas, a iniciativa dividiu opiniões...
Read 48 tweets
26 Jul
Tivemos recentemente no Jornalismo Arte:
[thread]
Como o empenho do governo Bolsonaro na cloroquina, um remédio sem eficácia contra a covid-19, já se mostra uma escolha para lá de equivocada.
jornalismo.art/enquanto-jair-…
Um tentativa de listar todas as vergonhas que o governo Bolsonaro faz o Brasil passar (obviamente, muita coisa ficou de fora):
jornalismo.art/vergonha-gover…
Read 9 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!