Fernando Horta Profile picture
Historiador, professor ... pai e antifascista. Um cara que faz as coisas certas pelos motivos errados e as coisas erradas pelos motivos certos.
Jacaroa cibernética Profile picture Vitor Sarno 💉🐊🚩⭐🌎🇧🇷 Profile picture eugeniocosta8 Profile picture Lenio Lula Monteiro🚩1️⃣3️⃣🚩 Profile picture Zenilton Soares Profile picture 17 added to My Authors
Apr 29 15 tweets 3 min read
Quando eu fui aluno do colégio Militar existiam 3 mentiras que eram repetidas à exaustão desde a 5 série até o terceiro ano. Para crianças de 10, 11... 12 anos.
A primeira era a da velhinha comunista assassina. Um coronel que era professor de "geografia" (e só mandava a gente decorar o nome dos afluentes da margem esquerda e direita do rio madeira) contava que os soldados durante o regime militar entravam educadamente nas casas das pessoas e quando viravam as costas uma velhinha sentada
Apr 27 5 tweets 2 min read
Veja como é difícil falar em "estado nacional", "soberania" e "fronteira".
Você sabia que a Ucrânia não tinha as cidades de karkhov, luhansk, Donetsk, mariopol, Odessa e etc em 1917 na revolução russa?
Compara os mapas aí... Agora olha os mapas da votação pelo presidente Yanukovich (derrubado pelo golpe de 2014) e o mapa sobre o uso da língua russa.
Apr 14 7 tweets 2 min read
Entre 480 e 479 a.C., Temistocles ordenou a evacuação da imensa maioria dos civis da cidade de Atenas em direção às ilhas do Egeu. Temistocles dizia que a cidade estaria onde estavam seus cidadãos, e diante de uma invasão de um império mais forte decidiu proteger o povo. Desde então, toda liderança passou a ter como valor meritório pesar mais a segurança das vidas de seu povo do que da terra ou "fronteira". Atenas era apenas uma casca vazia sem a força dos seus cidadão e poderia continuar vivendo em qualquer lugar que os cidadãos estivessem.
Apr 12 5 tweets 1 min read
Eu tinha uma amiga na juventude que dizia que fazia sexo 5 vezes ao dia. Fazíamos piada dessa mentira dela.
Mais tarde, namoramos por 30 dias. Perdi uns 10 kilos, não conseguia mais firmar as pernas, e fui resgatado por amigos de dentro da casa dela.
Por sorte ainda estou vivo. Outra vez, ainda solteiro, uns amigos resolveram me dar um "presente" e me arrumaram um "date" com uma moça que era "fitness". Foram os 60 minutos mais desesperadores e doloridos da minha vida. Por duas semanas eu tive dores no ilíaco que só eram suportáveis com anti-inflamatório
Mar 21 18 tweets 5 min read
Vamos lá ... de saco cheio de gente pentelha.
Ponto 1) se você quiser checar uma informação saiba ao menos o nível de informação checada. As instituições em tempo de paz funcionam como estabelecido na internet e aqui você acha a linha de comando EM TEMPO DE PAZ da polícia Ucrânia kyiv.npu.gov.ua/about/struktur…
Mar 20 8 tweets 2 min read
A guerra da Ucrânia começou em 24/02.
Hoje, 24 dias depois, a ONU reconhece 902 civis mortos.
A guerra do Iraque começou exatamente 20/03/2003. A ONU não contou os mortos. Mas o NYT afirma que um pesquisadores independentes nos EUA falam algo entre 500 e 650 no mesmo período. nytimes.com/2003/04/02/wor…
Mar 12 4 tweets 1 min read
Putin é um assassino imperialista, mas Bush, Clinton e Obama não.
Bombardear hospital na Ucrânia é crime de guerra, mas na Síria não.
Os EUA não aceitar armas e bases próximas ao seu território é correto, mas no caso da Rússia não é. Refugiados ucranianos são heróis, africanos que atravessam o mediterrâneo são deixados a morrer.
Ucranianos que usam as cidades como escudos são heróis, iraquianos são monstros.
As fronteiras da Ucrânia são sagradas, as da Líbia não.
Mar 12 6 tweets 1 min read
Durante a IIWW os nazistas ofereceram a todo soldado soviético que desertasse e contasse segredos da defesa soviética liberdade. O politburo declarou que todo soldado que colaborasse com os nazistas teria sua família presa na URSS.
O filho de Stalin foi capturado. Imediatamente os nazistas passaram a divulgar que ele estava colaborando com Hitler. A esposa de Stalin, mãe do rapaz, foi presa. Os nazistas ofereceram trocar o rapaz por 3 generais nazistas. Stalin declarou que generais se trocam por generais e soldados por soldados.
Mar 11 20 tweets 4 min read
Você sabe o que é uma "fronteira"?
O conceito parece bobo, mas não é. Em realidade todo este conflito entre Rússia e Ucrânia está sendo discutido em torno da ideia de "fronteira" e pouca gente sabe exatamente o que é.

Segue a thread aí Originalmente, a ideia de fronteira está ligada à capacidade de defesa. Nas pólis da Grécia Antiga, o espaço das "fronteiras" destas cidades dependia da capacidade que a cidade tinha de defender as terras. Atenas do século V aC, por exemplo, tinha como fronteiras quase toda Ática
Mar 11 4 tweets 1 min read
Tem gente desonesta intelectualmente tentando "relativizar" o neonazismo na Ucrânia e sua importância para a sociedade hoje. Isso é inaceitável.
Não vou perder meu tempo com isso mais, vou deixar uma thread feita, provavelmente por um pesquisador, aqui no twitter que traz fontes A partir daí não vou mais discutir bobagens ... e vou colocar TODOS os que relativizam isso no saco dos neonazistas. Aqueles com que, como se sabe, não se senta à mesa nem para tomar água.
Mar 10 5 tweets 2 min read
A dificuldade de você se guiar na Internet. Aqui o bombardeio à uma maternidade em Mariupol. Os russos dizem que não era uma maternidade, mas base do Azov, os Ucranianos falam em "massacre". Vi diversos vídeos. São um complexo de 4 prédios com cinco andares cada um. Devastados. O problema é que deveria haver ali, no mínimo 5000 pessoas. E você não vê corpos mortos. Um pouco de sangue entre os escombros, poucas pessoas chorando no vídeo e nada mais. Para quem está acostumado a ver fotos de guerra soa estranho um ataque destas proporções sem mortos.
Mar 4 17 tweets 3 min read
Você pode começar a chamar um carro de bola. É seu direito. Mas por óbvio, isso vai truncar a comunicação. Quem sabe o que é um carro, e o que é uma bola, vai ficar perdido.
Acompanha a thread aí para entender como está se usando o termo "imperialismo" em um sentido errado ... Muita gente "explicando" a posição do Putin com base no "imperialismo russo" ou "explicando" a posição da OTAN a partir do "imperialismo norte-americano". Veja que tudo gira em torno do "imperialismo". Mas efetivamente, o que é isso?
Feb 26 16 tweets 3 min read
O que não li na mídia e nos seus "especialistas" na análise do conflito Rússia Ucrânia:

(segue o fio para ver como você está sendo manipulado" Ninguém falou do racismo de povos europeus para com os eslavos que existe desde a antiguidade e como isso condiciona e distorce o entendimento de qualquer ação oriental. Tudo vira "ameaça" ao branco europeu.
Feb 13 8 tweets 2 min read
Quer entender o gráfico abaixo e a bosta da economia neoliberal?
Segue aí o fio, é rápido... O gráfico é da economia americana, mostrando ela estratificada por faixas, desde os 50% mais pobres até os mais ricos.
Os números são "pós taxas", ou seja, é medido, o valor após os pagamentos de impostos.
Feb 13 8 tweets 2 min read
Seis fatos sobre a questão da Ucrânia que você precisa saber para entender minimamente o conflito
(+) 1) Kiev é mais antiga como estado do que Moscou. Inicialmente os governantes de Kiev eram "suseranos" de Moscou. Essa questão sobre quem deve se submeter a quem é, portanto, lá da idade média.
Feb 10 31 tweets 6 min read
Dez diferenças entre comunismo e fascismo para não deixar liberal falar bobagem.
A semana está sendo difícil para quem estuda. Segue a thread aí e entende um pouco melhor pq quem viveu os dois sistemas criminaliza apenas o nazi-fascismo.
(+) 1) o fascismo é capitalista. Ele vive e depende da exploração do trabalho assalariado e, se é verdade que Hitler é Mussolini denunciavam o financismo e o saque do capital financeiro sobre a Alemanha e Itália, o capitalismo que defenderam tinha corte nacionalista e industrial.
Feb 9 20 tweets 4 min read
Um dos grandes problemas atuais é a forma como o neoliberalismo reajustou as legitimidade sociais. Acompanha a thread para ver como fascismo e neoliberalismo se entrelaçam num nível que talvez você não tinha pensado.
(+) Uma das formas de você compreender a história é através da cultura. Em todos os tempos e em todos os lugares há sempre uma disputa pelo controle dos sentidos e das formas para interpretação da realidade. Esta luta é um dos objetos de um tipo de história chamada "cultural"
Jan 26 18 tweets 4 min read
Há uns dois anos um grupo de acadêmicos (doutores e doutoras) resolvemos levar a sério Olavo de Carvalho. O tal curso dele tinha mais de 580 aulas e nas propagandas afirmava que tratava de mais de 350 autores.
(fio) Uma boa tese de doutorado usa 150 a 200 referências bibliográficas em média. Mas isso não quer dizer que um doutor saiba dar aula sobre 300 autores. Se você sair de um doutorado podendo falar - com propriedade - sobre 5 autores, fizeste um grande trabalho. 10? Foste muito bem.
Jan 16 9 tweets 2 min read
Estou evitando me incomodar no início do ano. Mas o artigo do Risério é de uma ignorância impressionante. A @folha confunde liberdade de expressão com ignorância e crime. Não existe "racismo reverso". (fio) Preconceito de negros contra brancos, de brancos contra negros ... isso pode existir. Preconceito pode ser uma categoria individualizante. Fulano tem preconceito. Racismo é um sistema de crenças impulsionado por determinados interesses.
Jan 15 8 tweets 2 min read
O fascismo usa uma estratégia de desgaste constante dos poderes. Isso acontece desde 2018 e chegou ao ápice com o golpe fracassado do 07/09. Agora, Bolsonaro vai fazer de novo.
(fio) Bolsonaro precisa aproximar-se de suas bases. Classes que já detém o monopólio da violência e quer transformar isso em dinheiro. Militares têm seu próprio orçamento e já estão "agraciados". O Brasil gasta com as FFAA um terço do que a Rússia gasta. (agora comparem as duas forças)
Jan 15 4 tweets 2 min read
Existe um curso do MIT aberto agora sobre "A transformação digital". Ele é dividido em 6 módulos: Blockchains (I e II), Nuvem, IA, IoT, e Cibersegurança.
O @DavidNemer escreveu "Tecnologia do oprimido", 8 capítulos: (segue) "Reparando a cidade quebrada", "Centros tecnológicos comunitários como tecnologias mundanas", "mídias sociais para sobrevivência", "favelas com orgulho", Geografias da operação", "Tecnologias do opressor", "Tecnologias da esperança".
(segue)