Leonardo Dahi Profile picture
Jornalista formado pela Cásper Líbero. Repórter e produtor do esporte da CBN e da Rádio Globo em São Paulo. Carnaval o ano inteiro. O resto eu conto no caminho.
26 Sep
O Sindicato dos Funcionários de Clubes do Rio de Janeiro deixou o Carioca voltar sem os times terem tempo pra treinar. Deixou o Volta Redonda jogar contra o Fluminense no dia em que detectou três infectados. O mesmo se repetiu nos Fla-Flus decisivos.
Veio o Brasileirão e o referido Sindicato não viu problema no Flamengo enfrentar o Atlético/GO com a liberação de jogadores do Dragão que tinham testado positivo. Aí veio a Libertadores e o Sindicato achou que não fazia mal o Flamengo com sete infectados pegar o Barcelona.
Read 5 tweets
24 Sep
Palmeiras x Flamengo não deveria acontecer. E o Campeonato Brasileiro também não. A lógica do adiamento inviabiliza a disputa do campeonato. A partir do momento em que Fluminense x Volta Redonda jogaram no dia em que o Volta Redonda teve 3 Infectados, essa lógica perdeu.
Se um time tem 3 infectados, o risco do vírus se espalhar é grande. Foi exatamente isso que aconteceu no Flamengo, inclusive. Então não tem que adiar o jogo quando são 15 infectados. Se for pra ser rigoroso mesmo, com 1 infectado já não dá pra jogar. E aí? Tem campeonato assim?
Então há de se manter alguma coerência no debate: no meu modo de ver, quem é contra o jogo de domingo é contra o campeonato. Eu sou. Mas eu confesso: normalizei. Me cansa pensar nos absurdos de toda rodada. Então esse pra mim será só mais um.
Read 6 tweets
24 Sep
A atuação ruim do Palmeiras faz parte do futebol. A reação do Luxemburgo não deveria. Não, não queremos que o Palmeiras ganhe todos os jogos. Queremos que o Palmeiras tente ganhar. E não tentou ganhar nem alguns que acabou ganhando. Difícil esperar evolução assim...
Luxemburgo soltou a pérola: “Na Libertadores, se você se abrir muito, você perde”. Pois a história recente registra o contrário: na última década, ganhou a Libertadores quem tinha bola pra jogar. Quem sabia atacar, quem “se abria”. E quem, quando tomava gol, ia lá e fazia outro.
O sarrafo na Libertadores subiu muito. Muito. Calendário anual, mais vagas (os melhores times jogam todo ano), trabalhos consolidados no longo prazo, evolução tática de países outrora frágeis... Ficou mais difícil. Do jeito que tá, não, não tá bom. Pra ganhar, não tá.
Read 4 tweets
23 Sep
Nossa, quem diria que testes negativos não eram garantia nenhuma diante de um surto de covid entre colegas de trabalho, não é mesmo? Quem poderia imaginar que testes PCR não registrariam infecções recentes? Poxa vida, se alguém pelo menos tivesse avisado...
Essa situação pavorosa era de conhecimento de todos os que batalharam pela volta do futebol. Todos sabiam que adiar jogo a partir de um caso em umelenco - a partir do pressuposto ÓBVIO de que a contaminação poderia ter se espalhado - inviabilizaria qualquer campeonato.
Pra voltar, tinha que ser assim: se a gente tiver um PCR negativo (ou uma infecção há mais de 10 dias ou qualquer outra desculpa conveniente), vamos pro jogo. E quando acontecer no meu clube eu tento adiar o jogo. Ninguém está surpreso com a narrativa que se desenvolve agora.
Read 5 tweets
19 Sep
Gaviões da Fiel é outra das escolas de São Paulo a apostar em uma fusão de sambas.

Uma parte do samba 12:

E uma parte do samba 15:

O resultado final dessa mistura ainda não foi apresentado.
Eu disse aqui que o resultado não faria muita diferença e repito agora que o que vai entrar de um e o que vai entrar do outro também meio que tanto faz. Os dois sambas são bons, os dois tem uma letra de muito mais apelo que a música e os dois não tem nada a ver com a escola.
Acho que musicalmente a junção não deve ser difícil e talvez consiga extrair na soma dos dois mais do que eles trariam isolados. Eu só imploro aos céus pra que nessa fusão CAIA urgentemente o HORROROSO verso “Sócrates, o Zambi brasileiro”, que é das piores coisas que ouvi na vida
Read 4 tweets
18 Sep
É muito comum nesses debates sobre treinador, sequência, demitir ou não, alguém vir com a carta do “mas vai esperar perder o ano pra demitir?”. E aí eu fico pensando se a gente não precisa repensar um pouco o tamanho de “um ano”. Será que “um ano” é tanto assim?
Vou usar o exemplo do Flamengo por ser o campeão de tudo. Imagine que o Flamengo caia nas oitavas da Libertadores, nas quartas da Copa do Brasil e fique em 4º no Brasileirão. “Perdeu o ano”. E daí? Quantos anos melhores que esse o Flamengo teve no século? Qual o problema?
De modo que, se e quando há confiança no projeto, “perder o ano” (um ano) deve fazer parte desse projeto. Ainda mais um ano deprimente como esse, sem torcida no estádio, sem nada. “Perder um ano” já é normal. Perder ESSE ano, então, honestamente...
Read 4 tweets
18 Sep
Libertadores - 3ª rodada

Grupo A
🇪🇨 Independiente Del Valle 5 x 0 Flamengo 🇧🇷
🇪🇨 Barcelona 1 x 2 Junior 🇨🇴

IDV 9 FLA 6 JUN 3 BAR 0

Grupo B
🇧🇴 Bolívar 1 x 2 Palmeiras 🇧🇷
🇵🇾 Guarani 4 x 1 Tigre 🇦🇷

PAL 9 GUA 6 BOL 3 TIG 0
Grupo C
🇧🇴 Jorge Wilstermann 2 x 3 Athletico Paranaense 🇧🇷
🇨🇱 Colo-Colo 2 x 1 Peñarol 🇺🇾

CAP 6 COL 6 WIL 3 PEN 3

Grupo D
🇵🇪 Deportivo Binacional 0 x 1 LDU 🇪🇨
🇧🇷 São Paulo 2 x 2 River Plate 🇦🇷

LDU 6 RIV 4 SAO 4 BIN 3
Grupo E
🇧🇷 Internacional 4 x 3 América de Cali 🇨🇴
🇨🇱 Universidad Católica 2 x 0 Grêmio 🇧🇷

INT 7 GRE 4 AME 3 UCA 3

Grupo F
🇻🇪 Estudiantes de Mérida 3 x 2 Alianza Lima 🇵🇪
🇦🇷 Racing 0 x 1 Nacional 🇺🇾

NAC 9 RAC 6 EST 3 ALI 0
Read 4 tweets
17 Sep
Não vi o Corinthians jogar muito mais do que vinha jogando. Ao contrário, aliás, vi as mesmas dificuldades pra controlar o meio de campo. Porém, a formação com Roni e Xavier ajudou o time a partir do momento da recuperação da bola no campo de defesa. Deixou o time mais rápido.
Cedo pra dizer se são jogadores que farão isso sempre e também o Corinthians não foi muito mais agressivo do que vinha sendo - gols vieram de bola parada/chute de longe, como sempre -, mas a saída de bola melhorou um pouco. Talvez seja um caminho. Vale o teste.
Agora, uma outra coisa que me chamou atenção foi a postura do Bahia depois de levar o gol. O roteiro contra o Atlético/GO foi semelhante: um começo de jogo muito bom, de troca de passes rápida, alguma intensidade... E tudo indo pro espaço após levar um gol meio acidental.
Read 4 tweets
17 Sep
É muito impressionante esse Católica x Grêmio de ontem. O Grêmio se defendia bem até perder o Geromel lesionado e passar a ter o 3º e o 5º zagueiros na defesa. Não deu nem tempo deles falarem “boa noite” um pro outro e o Grêmio levou dois gols.
De modo que defensivamente o Grêmio foi bem em 95% do jogo. Mas o que assusta é a completa incapacidade de produzir qualquer coisa no ataque. A maior marca do Grêmio é justamente conseguir atacar de muitos jeitos diferentes. Em velocidade, com toques curtos, com bola longa...
Mas nesse momento nenhum funciona. E ontem, jogando contra um time que também queria a posse de bola, o Grêmio foi completamente passageiro do jogo. Perdeu tudo no meio de campo e, mesmo depois dos 2 x 0, só conseguia pegar a bola lá na defesa, já sob forte marcação. Anulado.
Read 4 tweets
16 Sep
A imagem publicada pelos clubes adeptos da Lei do Mandante é essencialmente um exemplo de desinformação. Sobretudo porque os exemplos da Premier League e da NFL tem muito mais a ver com negociação coletiva do que propriamente com direitos ao clube mandante. Mas não é só isso.
No caso da Premier League a comparação é inviável também por uma questão cultural: lá, valoriza-se a presença no estádio a ponto de quase metade dos jogos (180 na temporada 2019/20) simplesmente NÃO TER transmissão de TV em território britânico. Não existe jogo na TV aberta.
A BBC, que aparece ali como se transmitisse sempre, transmitiu quatro jogos na temporada 2019/20, todos no pós pandemia. Foram os primeiros desde a fundação da Premier League. Trata-se de uma cultura completamente diferente da nossa, um mercado sem paralelo com o brasileiro.
Read 7 tweets
16 Sep
Gaviões definiu os sambas finalistas para cantar o enredo que pede “basta” ao preconceito, à opressão e, vejam só vocês, à intolerância.

Samba 12 (Wander Pires):

Samba 15 (Nego):

Samba 19 (Igor Sorriso):
A Gaviões provavelmente vai acabar tendo um samba melhor do que qualquer um produzido nos últimos 10 anos, uma década na qual não se salva rigorosamente nada na discografia da escola. Mas chama atenção como a identidade musical da escola se perdeu completamente.
Nem dá pra falar mais que “não tem cara de Gaviões” porque a Gaviões não tem mais cara. O samba pé no chão, sincopado, com respiro, foi embora junto com o relógio do Anhembi e não voltou lá nunca mais. Sobraram essas harmonias rebuscadas, cheias de variações, sem apelo nenhum.
Read 5 tweets
16 Sep
Pelo contexto do jogo dá pra dizer que o Santos perdeu a chance de praticamente definir a classificação. Empatar com o Olimpia está longe de ser ruim ou anormal, mas o jogo se ofereceu pro Santos. Frustra, mas faz parte. Santos segue fazendo boa caminhada com Cuca.
Santos foi melhor que o Flamengo, Santos foi melhor que o Atlético Mineiro, Santos foi melhor que o Olimpia, Santos competiu de igual pra igual com o São Paulo. Tudo isso não parecia fazer parte da vida do Santos, por exemplo, naquela derrota horrível pro Inter.
O ano do Santos não é pra ganhar a Libertadores. O ano do Santos é pra ser competitivo e ver até onde vai. E vai bem. Ainda é bem favorito à vaga nas oitavas de final e está sendo um adversário difícil. O jogo nem sempre é fácil pro Santos, mas é sempre enjoado pro adversário.
Read 4 tweets
14 Sep
Libertadores - Quantos jogos oficiais cada time fez desde a volta e quando voltou a jogar:

16 jogos
🇧🇷 Flamengo (18/6) - 10V 2E 3D
🇧🇷 Athletico Paranaense (19/7) - 7V 4E 5D
🇧🇷 Grêmio (22/7) - 6V 8E 2D

15 jogos
🇧🇷 Internacional (22/7) - 8V 3E 4D
🇧🇷 Palmeiras (22/7) - 8V 6E 1D
13 jogos
🇧🇷 Santos (23/7) 4V 4E 5D
🇧🇷 São Paulo (23/7) 6V 3E 4D

12 j
🇵🇾 Guarani (23/7) 6V 4E 2D

11 j
🇵🇾 Libertad (21/7) 6V 2E 3D
🇵🇾 Olimpia (22/7) 7V 2E 2D

9 j
🇺🇾 Nacional (9/8) 6V 3E 0D
🇺🇾 Peñarol (9/8) 3V 4E 2D
🇪🇨 Barcelona (14/8) 7V 1E 1D
🇪🇨 Del Valle (15/8) 6V 3E 0D
8 jogos
🇪🇨 Delfín (15/8) - 3V 2E 3D
🇪🇨 LDU (16/8) - 6V 1E 1D

4 jogos
🇵🇪 Alianza Lima (25/8) - 0V 3E 1D
🇵🇪 Binacional (25/8) - 1V 2E 1D
🇨🇱 Colo-Colo (29/8) - 0V 2E 2D
🇨🇱 Universidad Católica (29/8) - 3V 0E 1D

2 jogos
🇨🇴 América de Cali (8/9) - 1V 0E 1D
🇨🇴 Junior (8/9) - 1V 0E 1D
Read 4 tweets
11 Sep
São Caetano levou um gol nos acréscimos, perdeu o jogo por 1 x 0, mas bateu o Monte Azul nos pênaltis e é o primeiro semifinalista da Série A-2 do Campeonato Paulista. Está a um mata-mata de regressar à elite Estadual depois de ter sido rebaixado no ano passado.
Adversário do São Caetano depende não só de quem passar como também dos resultados dos outros jogos. Pode ser qualquer um dos outros 6 times.
São Bernardo bateu o Juventus nos pênaltis e está classificado para a semifinal. Adversário pode ser o São Caetano ou qualquer outro dos dois classificados.
Read 5 tweets
4 Sep
Águia de Ouro divulgou finalistas da disputa pra escolher o samba pra cantar o Afoxé de Oxalá em 21/22:

16 (Dominguinhos):

18 (Jairo Roizen):

21 (Serginho do Porto):

27 (Lequinho):
Escolha de samba nunca é “tanto faz”, mas é fato aqui que a escola tem 4 ótimas opções pra ter provavelmente o melhor samba do ano em São Paulo. Não só são 4 grandes sambas como são bastante diferentes. A partir do samba vai se definir um caminho pro desfile. Isso é ótimo!
Esse enredo, um achado, traz a possibilidade do impacto pela emoção (18 ou 21) ou pela força (16 ou 27). Possibilidade de uma narrativa mais épica, de contar uma história (27) ou mais voltada pra devoção do eu-lírico (16 ou 18, 21 no meio do caminho). A final oferece isso.
Read 4 tweets
4 Sep
A Premier League também sofreu quando passou a divulgar imagens das tais linhas de impedimento. Os argumentos eram os mesmos que estamos vendo por aqui. De modo que acho pertinente divulgar esse material que explica didaticamente o processo: premierleague.com/news/1488423
Claro que é possível que a ferramenta usada lá tenha alguma diferença em relação à nossa, mas o princípio me parece parecido. O VAR (pessoa) determina o “ponto final” do corpo de cada jogador e a tecnologia “conta” quem tá à frente.

Por isso a marcação PRECISA ser objetiva.
Veja: a delimitação do “ponto final”, essa sim é subjetiva. Mas à medida que ela se dá, não tem o que fazer se não seguir o software. Qual a solução? “Ah, o software deu impedimento mas meu olho não vê isso, dá o gol”. Imagina a zona! Por isso a objetividade é importante.
Read 6 tweets
3 Sep
Até o combo gol anulado + gol do Galo o São Paulo fazia o seu melhor jogo desde a volta do futebol. Com uma pressão muito forte no campo de ataque, um Paulinho Bóia ajudando muito na criação, e uma ótima movimentação do Luciano. E nem faltou entrar na área. São Paulo entrou.
Difícil dizer que anulação do gol atrapalhou o São Paulo porque o gol do Atlético é logo depois. Depois do gol do Franco o Galo ajustou a sua marcação alta e passou a ter mais a posse de bola, praticamente anulando as ações do São Paulo. É jogo de fato pra alternância de domínio.
Muitas vezes um jogo entre dois times que gostam da posse se define mais no meio de campo. Não acho que seja exatamente o caso. Aqui acho que é uma questão de quem consegue fazer melhor e por mais tempo essa pressão pós perda. E é natural que os times se alternem nesse sentido.
Read 4 tweets
31 Aug
No dia 29 de novembro, Argel deixou um quase rebaixado CSA a duas rodadas do fim do Brasileirão para escapar da queda com o Ceará.

Presidente do CSA falou em “traição”.

Argel foi demitido do Ceará em fevereiro.

CSA demitiu um técnico em fevereiro e outro ontem.

Eis que...
Ironia da vida... Argel deu um pé na bunda do CSA depois de uma vitória sobre o Cruzeiro em Belo Horizonte. Volta pra comandar o time... em Belo Horizonte. É a peça que tava faltando pra completar a sensação de que, para ambos, é como se os últimos 9 meses não tivessem existido.
Read 4 tweets
31 Aug
Barroca Zona Sul apresentou o seu samba-enredo para cantar Zé Pelintra no carnaval de maio de 2021:

“Quando o couro do tambor arrepia
Abre a gira pra saudar meu protetor
Incorpora na avenida
A Barroca é quem te chama
Salve Zé Pelintra de Aruanda”

Temos aqui aula prática do que é um bom samba de enredo e como o gênero não precisa de nenhuma pirotecnia musical pra ser de qualidade. Ele não é “diferente” mas é bom. É samba com cara de samba. E conta um enredo. Samba de enredo. É conta de mais, fácil de fazer. Sem mistério.
Samba segue a linha do ano passado. Esperava algo melodicamente mais leve, mas a escola de novo aposta num samba denso. E aposta bem. A letra é muito boa porque enreda a narrativa, conta a história que tem pra ser contada, de maneira didática, mas sem perder a poesia.
Read 4 tweets
30 Aug
Durante a semana o Cuca avisou: prefiro ganhar de 4 x 3 que de 1 x 0. Semana livre, disse ele, foi pra fazer time atacar mais, criar mais. Fiquei surpreso porque as dificuldades do Flamengo sugeriam ao Santos uma postura mais defensiva. Nada... Santos quis e mandou no jogo.
E fazendo uma pressão intensa o Santos impôs ainda mais dificuldades ao Flamengo do que os times que reagiam em velocidade a partir da defesa. Ninguém tinha feito isso ainda. Santos fez e viu o Flamengo marcar mal por cima, por baixo, pelos lados, pelo meio, de todo jeito...
E aí acabou que quem jogou de maneira reativa, explorando com muita velocidade a impossibilidade de uma transição defensiva completa por parte de um time que atacava com 7, 8... foi o Flamengo. Que fez um e perdeu pelo menos mais três gols assim. Ótimo jogo do Gabriel.
Read 4 tweets
30 Aug
É difícil demais dividir o Brasileirão entre os times que jogam bem e os que não jogam porque com boa vontade quem tá jogando bem é só o Inter. Mas dá pra dividir entre os que sabem o que querem e os que ainda estão tentando encontrar um caminho. Clássico deixou isso claro.
O São Paulo, que pra mim é sim candidato ao título, não chegou a dominar o Corinthians no sentido de chutar 50 bolas no gol, mas quando esteve no ataque, mesmo eventualmente sem sucesso, soube como tentar construir as suas ações. O Corinthians está em outro estágio ainda.
Por isso, mesmo sendo difícil fazer essa conta num campeonato em que todo mundo joga tão mal, acho que times como o São Paulo largam em vantagem. Porque quando as chances aparecem, têm mais condição de aproveitar e aí empilham-se esses 1 x 0 que vão se somando e se somando...
Read 4 tweets