Leonardo Siqueira Profile picture
Fundador @terracoecon | Economista EESP/FGV | Maratonista 🏃🏻‍♂️
VL Profile picture Ricardo Pacheco Profile picture Bruno Mais Profile picture Carlo antonini Profile picture Ronaldo Jr. Profile picture 6 added to My Authors
28 Nov
"QUEM QUER PAGAR MAIS IMPOSTOS?" Pergunte a qualquer um. A resposta: Ninguém!

Agora, pergunta quem acha que o governo deve fornecer algum bem ou serviço? Muitos!

Não adianta pedir tudo do Estado e querer pagar menos impostos. IMPOSTO É O RESULTADO DO QUE PEDIMOS DO GOVERNO.🧵
Muitos acham que o governo decide o nível de impostos ao seu bel-prazer. Não é assim!

O nível de imposto é o que vai equalizar o quanto o governo precisa arrecadar para pagar os gastos.

Se o governo promete e gasta muito, vai ter que subir o nível médio de imposto. Simples...
Temos então um impasse.

Pessoas querem bens públicos (saúde, educação. segurança etc). Mas não querem pagar mais impostos.

A solução parece ser: "vamos focar no que é essencial e poderemos ter uma alíquota menor..."

Aí começam as diferenças. O que é essencial? Onde cortar?
Read 9 tweets
25 Nov
O governo deveria privatizar os Correios?

Isso certamente é uma decisão da população. Mas uma coisa é fato, o governo deveria abrir o capital da empresa.

Colocar os Correios sujeito às regras do mercado vai ajudar em muito a ENORME ineficiência da Empesa.
Entre 2015 e 2017 os correios tiveram um prejuízo de R$ de R$ 5,5 bilhões!

Para cobrir parte do rombo e os Correios continuarem operando, o Tesouro aportou R$ 224 milhões nos últimos 2 anos.

Aportes do tesouro é uma maneira de dizer que os brasileiros pagaram esse rombo.
Ser uma empresa pública, que não se sujeita às regras do mercado, tem consequências:

- Se tem prejuízo, o Tesouro cobre.
- Se tem um serviço ruim, a população aceita porque, em muitos serviços, não há alternativas.
- Inovar também não precisa.
- Pra que reduzir custos?
Read 10 tweets
17 Nov
Uma característica em comum de pessoas que atingiram os seus objetivos na vida é como elas tomam BOAS DECISÕES e os VALORES que possuem.

A 1ª carta do Jeff Bezos para os acionistas da Amazon (1997) mostra como ele joga o jogo da vida. Me inspira bastante. Vale compartilhar.
É TUDO SOBRE O LONGO PRAZO

Uma medida fundamental do sucesso é quanto estamos criando de valor para as pessoas e para nós no LONGO PRAZO.

Devemos tomar decisões e investir nosso tempo em coisas que darão retornos em 3, 5, 10 anos, ao invés de resultados em 6 meses ou 1 ano.
ESCOLHA A PESSOAS (ACIONISTAS) COM OS MESMOS VALORES

É fácil dizer que estamos olhando 5, 10 anos a frente. Mas justamente devido à ênfase no longo prazo, podemos tomar decisões de maneira diferente do que algumas pessoas e empresas.

Por isso escolha bem quem estará com você.
Read 10 tweets
13 Nov
O EFEITO PSOL: A NOVA ESQUERDA (MUITO) LONGE DOS POBRES

O PSOL se intitula como a nova esquerda. E jura que é o partido da periferia, dos mais pobres.

Não é o que tem dito as urnas. É só olhar eleições passadas. Parece que essa nova esquerda está muito mais perto dos ricos. 🧶
Vamos olhar a votação de Freixo em 2016 quando foi candidato a prefeito do RJ.

No 2° turno, das 97 zonas eleitorais do Rio, Freixo venceu em 26. A maioria na Zona Sul. Em Laranjeiras ele teve 67% dos votos válidos.

Em Santa Cruz, uma das regiões mais pobres, apenas 22%.
Pra quem não é familiarizado com a geografia do Rio, eu fiz um gráfico com a correlação entre a Votação do Freixo em cada bairro e o respectivo IDH.

Sem muita surpresa (para alguns) a correlação é extremamente forte: quanto mais pobre a região, menos o Freixo teve votos.
Read 10 tweets
8 Nov
Qual o impacto da eleição de Joe Biden para o Brasil?
Ou, Trump seria melhor pra nossa economia?

Essa é a pergunta que muitos têm feito.
A resposta: não faz muita diferença pros brasileiros.

Os problemas que faz o Brasil um país pobre depende muito + da gente. Segue a thread.
O PIB de um país pode ser medido como:
PIB = número de trabalhadores X quanto cada trabalhador produz.

Ou seja, a renda de uma país cresce porque (i) aumentou o número de trabalhadores do país ou (ii) porque eles estão mais produtivos.

E o que aconteceu com o Brasil em 40 anos?
NOSSO HISTÓRICO DE CRESCIMENTO É BAIXO

De 1980 a 2019, o Brasil cresceu apenas 2,2% a.a., em média! Sendo:
- 2,0% crescimento da mão de obra.
- 0,2% produtividade.

Ou seja, o pouco que crescemos foi porque estávamos aproveitando o boom demográfico.
Read 10 tweets
31 Oct
R$ 807 MILHÕES! Esse foi o valor do fundo partidário destinado às eleições de 2020.

Pra quem defende recurso público em campanha de políticos, o argumento é que ele estimularia a renovação política.

Os dados mostram, porém, que isso tá longe de acontecer. Segue.
O @partidonovo30 tem por valor que 100% das campanhas sejam feitas SEM RECURSOS PÚBLICOS.

A ideia é que, alguém que pretenda se candidatar deve ter a capacidade de mobilizar sua comunidade e angariar os fundos.

O seu Jair, manobrista, não tem que financiar candidatura alguma.
Para ser justo (e não ser partidário), há outros lobos solitários que também não utilizaram recursos públicos em 2018 e em 2020.

@kimpkat, @FernandoHoliday e @arthurmoledoval fizeram e fazem campanha sem recurso público. Além dos vereadores da chapa da legenda do Arthur (51).
Read 11 tweets
17 Oct
A FARRA DAS LOCADORAS

Sabe (um dos motivos) porque imposto é alto no Brasil?

Porque enquanto a alguns pagam as alíquotas cheias, alguns setores e empresas tem uma história triste pra pedir isenção e tratamento diferenciado.

Vou falar desse setor e seus privilégios. Segue.
As locadoras de automóveis - Localiza, Unidas, Movida, etc - compram os automóveis direto das montadoras.

Pelo grande volume e poder de barganha, elas possuem descontos de 20% a 35%, além de ISENÇÃO do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).
Por que elas tem ISENÇÃO de ICMS?

Porque elas são consideradas - COM RAZÃO - prestadoras de serviço.

Aí surgiu a oportunidade. Se você compra o carro com ~30% de desconto e sem ICMS, o que você faz?

Passa a revender esses carros e também fazer disso um negócio.
Read 12 tweets
11 Oct
Bruno Gagliasso se acha classe média. Servidores federais também. Outro dia, falaram que alguns médicos ganham apenas R$ 8 mil. “Apenas”!

Parece que é moda achar que rico é quem tem a nossa renda + alguma coisa.

Vou tentar ser mais didático pra explicar a nossa desigualdade.
Imagine que você colocasse todos os brasileiros em uma fila gigante por ordem de renda. Dos mais ricos aos mais pobres.

No ponto mais ao norte do país - Oiapoque - você coloca os mais ricos.

No outro extremo sul - Chuí - estarão os mais pobres.
O que a gente vai ver é muita gente aglomerada ao sul do país. E pouca gente ao norte.

Mais especificamente, o primeiro da fila vai ser Joseph Safra. Seguido por Jorge Paulo Lemann, Eduardo Saverin e assim por diante.

Ou seja, os 200 milhões de brasileiros estarão abaixo deles.
Read 9 tweets
3 Oct
O BRASIL E A SÍNDROME DOS CARROS PCD (para pessoas com "deficiência").

O médico entra na sala, com exame na mão: “Tenho 2 notícias: uma boa e uma ruim.”

“A RUIM é que você tem hérnia de disco, do tipo lombar. A BOA é que você pode comprar carros PCD com desconto”. Segue o fio.
Com “desconto”, ele se referia às isenções de impostos para a compra de carros por PCD.

A ideia fazia sentido. Se você tem alguma deficiência GRAVE, o Estado diz "olha, você está proibido de dirigir carros manuais, pois apresentaria riscos. Precisa optar por carros automáticos".
Uma vez que carros automáticos são + caros, então o Estado te isenta dos impostos desses veículos.

Na prática, é possível levar um veículo zero com isenção total de IPI, IPVA, IOF e ICMS, além de Cartão DEFIS (para vaga especial em estacionamentos), economizando 30% da tabela.
Read 10 tweets
26 Sep
Bruno Gagliasso disse que "não estava no topo da pirâmide". Mais um que se acha classe média.

Outro disse que Guilherme Boulos também era classe média.

Sim, Boulos e Gagliasso ESTÃO NO TOPO DA PIRÂMIDE. Talvez eles não saibam o quanto o Brasil é pobre. Mais do que imaginam.
É só olhar na última Pesquisa de Orçamento Familiar (POF). Em 2018:

- O Brasil tinha 207 milhões de pessoas.
- A renda MÉDIA do trabalho de UMA FAMÍLIA brasileira era de R$ 3.118.

Isso é simplesmente pegar a renda de todo mundo e dividir pelo número de famílias.
Quantas pessoas tem uma família brasileira MÉDIA?

Uma família brasileira tem, em média, 3 pessoas. Isso significa que uma família tem renda de ~R$ 1.039 por PESSOA!

Mas calma que a situação é pior. Pegar a renda e dividir pela número de pessoas desconsidera algo importante.
Read 10 tweets
17 Sep
SOBRE O ARROZ: DEIXE O SISTEMA DE PREÇOS AGIR.

O Procon notificou 87 mercados na operação "PREÇO NAS ALTURAS". A ideia veio do Dória.

Agora o Intercept dizendo "o governo deveria estocar ARROZ".

Matar o mensageiro da economia - o preço - no longo prazo, é o pior a se fazer.
Read 12 tweets
12 Sep
Poupados do esboço de reforma administrativa do governo federal, Juízes e Desembargadores têm regalias como poucos servidores.

É o que a @revistapiaui chamou de OS PRIVILÉGIOS DA TOGA.

O problema vai além do salário alto dos juízes. Segue.
O Brasil gasta muito com o Judiciário para o tamanho da nossa riqueza.

Em 2019, nosso Judiciário custou R$ 100 bilhões ao país. O equivalente a 1,5% do PIB.

Para se ter ideia, na Espanha, o Judiciário consumiu 0,5% do PIB. Ou seja, o judiciário brasileiro custa 3x o espanhol.
Além disso, nos último 5 anos, o Judiciário brasileiro ficou R$ 10 bilhões MAIS CARO.

Em 2014, o custo total do Judiciário foi de 90 bilhões.

Com esses 10 bilhões adicionais, daria para adicionar 4 MILHÕES de famílias no Bolsa Família (cada família custa 2.500 ao ano).
Read 11 tweets
5 Sep
Agora que Bolsonaro enviou a reforma administrativa, vai começar a guerra e o lobby pra mostrar que eles não têm regalias nem privilégios.

Todo mundo pode ter uma opinião sobre a importância e o valor que o funcionalismo público agrega para a sociedade, mas o que dizem os dados?
Olhando apenas diferenças salarial, um servidor público ganha, em média, 75% a mais que um trabalhador do setor privado. Diferença esperada, já que a escolaridade do servidor público é maior em geral.

Portanto, não basta comparar apenas média do setor privado X setor público.
É necessário analisar trabalhadores em FUNÇÕES SEMELHANTES. Foi o que o Banco Mundial fez.

Segundo o relatório “Folha de pagamentos no setor público brasileiro”, um servidor público ganha 96% a mais que o trabalhador no setor privado no Brasil. A média internacional é de 21%.
Read 11 tweets
2 Sep
"Ninguém é obrigado a tomar vacina..."

Bolsonaro disse essa frase na MESMA SEMANA que a POLIOMELITE FOI ERRADICADA do continente africano.

Uma breve história do sucesso das vacinas.
A história da vacinação moderna começa com o desenvolvimento da vacina contra a VARÍOLA, por Edward Jenner em 1796.

O médico britânico descobriu que o vírus relativamente brando da Varíola BOVINA trazia imunidade contra a varíola humana.

Surgia ali a primeira vacina.
EM 1958, a OMS iniciou um programa mundial contra a Varíola.

Inicialmente o programa falhou por insuficiência de vacinas, controle de qualidade etc.

Mas o programa foi reformulado com a vacinação em massa. O resultado? Em 19780, a OMS declarou ERRADICADA a Varíola.
Read 10 tweets
23 Aug
30 DICAS PARA O MEU FILHO NÃO-NASCIDO.

Sempre leio partes do RULES TO MY UNBORN SON. Escrito por Walker Lamond quando ainda não tinha nenhum filho. Hoje ele tem 3. Segue 30 dicas novas.

1. Se você atingiu seu objetivo. Pare de falar.
2. Visite seu pai no trabalho. Acredite: o que ele estiver fazendo, não é mais importante pra ele do que você.

3. Saiba identificar pássaros pelo som e nunca mais estará sozinho de novo.

4. Ser poderoso é como ser uma madame. Se você precisa dizer que é uma, você não é mais.
5. Se você não acredita que alguém pode mudar o mundo, então esse homem não será você.

6. Nunca se aposente totalmente.

7. Jamais subestime o poder de colocar o lixo pra fora sem ser pedido.

8. Experimente a serenidade de viajar sozinho.
Read 10 tweets
22 Aug
O Covid-19 acelerou uma das maiores discussões sobre programas sociais: A RENDA BÁSICA UNIVERSAL.

Eu tinha um pouco de receio. Mas nunca tantos países fizeram uso dessa política como um programa social.

Quais são os argumentos contra e a favor da Renda Básica? Segue...
A primeira pergunta que muita gente se faz (com razão) é: SE ALGUÉM RECEBER DINHEIRO DO GOVERNO NÃO VAI GASTAR COM BESTEIRAS?

Um estudo do Banco Mundial (2013) avaliou se pessoas recebendo auxílio em dinheiro não gastariam com bebidas e cigarros, por exemplo. A resposta foi não!
Isso é um esteriótipo que temos. Pegamos alguns exemplos de pessoas que gastam seu dinheiro com isso e achamos que se aplica aos demais.

Dar dinheiro livre possibilita que CADA UM gaste mais naquilo que ela julga ter mais utilidade. Pode ser comida, estudos ou abrir um negócio.
Read 10 tweets
15 Aug
Porra pessoal. Não dá pra falar “ain, as reformas não avançam por causa do congresso”.

Democracia SEMPRE foi assim: um sistema de pesos e contrapesos que precisa de convencimento.

E basta ver como o próprio Bolsonaro votou nas reformas quando fazia parte do congresso. Segue.
1994 - PLANO REAL

Desnecessários dizer que essa foi uma das mudanças do nosso país, né?

Bolsonaro, então no PPR, votou contra. Entrou pro lado errado da história junto com PT, PcdoB e PDT.

Felizmente, graças a quem votou SIM, hoje não compramos um pão com 500 mil bolívares.
1995 - Fim do Monopólio Estatal do Petróleo

Até 1995, apenas a Petrobras, controlava a pesquisa, extração, refino, importação e exportação do petróleo.

A fim do monopólio trouxe uma rápida expansão do setor e Bolsonaro, então no PPB, votou CONTRA.
Read 10 tweets
14 Aug
O que nos foi prometido e o que nos entregaram até agora?

20 meses de governo - 42% do mandato - já dá pra fazer um balanço.

Estamos, pelo menos, indo na mesma direção que disseram que iam nos levar? Ou estamos repetindo a história da velha política e do bom populismo? Segue.
REFORMA DA PREVIDÊNCIA

O Governo começou bem! Fez uma reforma da previdência mais ambiciosa que a de Temer. Economia de ~R$ 1 tri em 10 anos.

Vamos ignorar que a reforma manteve privilégios de alguns grupos de interesse - como dos militares. Pelo menos a reforma saiu.
PRIVATIZAÇÕES

Já de início, prometeram privatizar estatais como Eletrobrás, Correios, Banco do Brasil e a EBC, Empresa Brasileira de Comunicação”.

Os cargos seriam técnicos e não mais políticos o que iria gerar recursos pro governo e melhorar a eficiência das Estatais.
Read 11 tweets
4 Aug
GOVERNO QUER ACABAR COM MEIA ENTRADA DO CINEMAS.

Do jeito que está no Brasil, já passou da hora.

Se aqueles que querem corrigir desigualdades alterando o preço dos bens soubessem microeconomia, pensariam 2x antes de sugerir essas coisas.

Alguns já falaram, mas vale reforçar.
A intenção da meia entrada - como toda lei sedutora - é ótima:
- "Vamos baixar o preço de cinemas e atividades culturais para possibilitar o acesso para algumas classes."

O problema de quem faz lei é achar que agentes ficam estáticos diante de alguma intervenção. Não ficam!
Simples. Qualquer um que tenha um empreendimento sabe que precisa colocar um PREÇO MÉDIO do seu produto que FECHE AS CONTAS no final do dia.

Aí chega o governo e diz: "olha, pra esse grupo aqui, você só pode cobrar metade do preço."

Você, dono do empreendimento, o que faz?
Read 10 tweets
23 Jul
O JEFF BEZOS AUMENTOU SUA FORTUNA EM US$ 13 BILHÕES EM UM ÚNICO DIA.

Manchete perfeita pra alguns políticos e pessoas que não compreendem como riqueza é gerada começarem a sugerir que esse é o mal da sociedade.

Final, Bezos deixa o mundo melhor ou pior? g1.globo.com/economia/notic…
Tudo isso veio porque as ações da Amazon se valorizaram 7,9% em 20 de agosto.

Com isso, a empresa que valia US$1,46 trilhão ganhou US$ 116 bi de valor nesse dia.

Como Bezos tem 11,2% da empresa, R$ 13 bi foi pra ele. O que não contam é quanto Bezos enriqueceu OUTRAS PESSOAS...
Oras, se Bezos tem 11,2% da empresa, os outros 88,8% estão na mão de outras pessoas.

Então ele colocou US$ 103 bilhões NO BOLSO DE OUTRAS PESSOAS que possuíam ações da empresa.

É isso que ele tem feito: gerado valor pra ele, mas também para a sociedade como um todo. Como?
Read 11 tweets
17 Jul
"Se todo mundo pagar um pouquinho, não precisa pagar muito..."

Foi essa a fala de Paulo Guedes sobre o imposto sobre transação financeira, a nova CPMF.

A ideia é sedutora, parece simples. Seduz até alguns grupos empresariais. Mas traz diversos problemas. Segue.
O governo diz que quer criar a nova CPMF para poder desonerar a folha de pagamento.

A desoneração beneficiaria o setor produtivo e o mercado de trabalho.

E para manter o equilíbrio fiscal, o governo precisaria desse imposto. Estão insistindo em uma ideia ruim.
Um bom sistema tributário precisa de 3 caraterísticas.

- SIMPLICIDADE para os contribuintes.
- TRANSPARÊNCIA para os consumidores.
- NEUTRALIDADE pra não causar distorções na economia.

A nova CPMF, de fato é simples e transparente, mas causa MUITAS DISTORÇÕES. Vou explicar.
Read 11 tweets