Observatório do Clima, 19 anos Profile picture
Rede da sociedade civil dedicada à construção de um Brasil descarbonizado, igualitário, próspero e sustentável, na luta contra a crise climática.
9 Aug
Bom dia pra você que já começou a semana com o preview do apocalipse no relatório do @IPCC_CH. Aqui neste fio resumimos dez mensagens do sumário executivo lançado hoje que deveriam fazer os governos mundiais tomarem vergonha na cara. Segue:
oc.eco.br/ipcc-ar6-wg1-r…
1 - "É inequívoco que a influência humana aqueceu a atmosfera, os oceanos e a superfície terrestre. Mudanças climáticas rápidas e disseminadas ocorreram."
2 - Do aquecimento de 1,09oC observado atualmente (2011-2020) em comparação com o período pré-industrial (1850-1900), 1,07oC provavelmente deriva de ações humanas, como a queima de combustíveis fósseis e o desmatamento.
Read 11 tweets
12 May
Chegamos a 60k!!🥳🥳🥳

Como agradecimento – e incentivo para seguirmos aumentado nossa rede – vamos publicar 60 motivos para que o sinistro SALLES 🤡 deixe imediatamente o governo. A cada 10 novos seguidores, um novo motivo! Compartilhe e segue o 🧶! #ForaSalles
1: Salles foi diretor da Sociedade Rural Brasileira. É o primeiro caso na história de um ruralista tomando conta do ministério que regula atividades rurais. #ForaSalles

srb.org.br/srb-apoia-rica…
2: Salles foi CONDENADO em primeira instância por FRAUDE AMBIENTAL dez dias antes de assumir o ministério. #ForaSalles

g1.globo.com/sp/sao-paulo/n…
Read 61 tweets
12 May
Ontem os ruralistas espalharam informações distorcidas ou inverificáveis nas redes sociais. O @Fakebookeco verificou algumas das alegações da FPA. act.gp/3uIOuML #PL3729Não #LicenciamentoFica
Não, FPA. Relatório do TCU/ 2019 aponta 14.403 obras paralisadas ou inacabadas no país. APENAS 1% decorrente de questões ambientais. Em quase 23% dos casos, as obras foram abandonadas pela própria empresa, aponta o TCU. act.gp/3uIOuML #PL3729Não
Não, FPA. Nem todas as normas de meio ambiente tratam de licenciamento. E mesmo que esses dados apresentados pela CNI estejam certos, nada disso vai ser revogado pela lei que [NÃO] é discutida no Congresso. Portanto, o argumento não faz sentido. act.gp/3uIOuML #PL3729Não
Read 5 tweets
11 May
Os principais problemas do PL 3.729/2004 em 8 tuítes: 1.Dispensa de licenciamento nada menos que 13 tipos de atividades que comprovadamente geram impacto ao meio ambiente, dentre elas ; ampliação ou obras de manutenção em estradas e hidrelétricas; (continua) #LicenciamentoFica
2. Brecha para disputa entre estados e municípios: governadores e prefeitos, para atrair empreendimentos, poderão estabelecer regras de licenciamento menos rígidas do que outras unidades da federação (pior para o meio ambiente e prato cheio para a corrupção); #LicenciamentoFica
3. A licença autodeclaratória (Licença por Adesão e Compromisso), emitida automaticamente sem análise prévia do órgão ambiental, passa a ser a regra do licenciamento. Isso se aplicará a empreendimentos como barragens de rejeitos, como Brumadinho e Mariana; #LicenciamentoFica
Read 9 tweets
21 Apr
Motivos para o #ForaSalles, de A a Z. Segue o 🧵
A - Assédio moral: desde que assumiu, Salles persegue, demite e ameaça funcionários que discordam de seus desmandos. #ForaSalles
poder360.com.br/governo/presid…
Motivos para o #ForaSalles, de A a Z. Segue o 🧵
Read 28 tweets
15 Sep 20
A fim de preservar nossos agentes infiltrados no Deep State, vamos dar aqui o passo a passo de como descobrir os dados ultrassecretos de queimadas aos quais só o @GeneralMourao não tem acesso.
1 - Clique aqui: queimadas.dgi.inpe.br/queimadas/port…
Selecione "estatísticas por bioma, Estado ou região BRA". ("BRA" é um código secreto da conspiração socialista internacional que significa "Brasil")
Escolha seu bioma: por exemplo, "Amazônia".
Read 5 tweets
13 May 20
Durante a discussão sobre a MP910 que aconteceu ontem, na @camaradeputados, parlamentares defensores da medida bateram na tecla de que a proposta vai beneficiar os pequenos produtores. Será mesmo? Quer saber a quem a #MPdaGrilagem interessa? Segue o fio.
#MP910NÃO!
O pessoal do @deolhonoagro fez um mapa com as terras dos parlamentares mostrou que eles são os maiores acumuladores de fazendas na Amazônia e no Matopiba (Tocantins e partes do Maranhão, Piauí e Bahia). Dá pra ver com seus próprios olhos aqui: deolhonosruralistas.com.br/2019/05/12/map… #MP910Nao
Não é curioso que, dos 24 deputados donos de grandes propriedades, 20 tenham defendido a MP910 durante a discussão na @camaradeputados? A verdade é que querem favorecer grandes proprietários, premiar criminosos e seguir com o desmatamento na Amazônia e no Cerrado. #MP910Nao
Read 7 tweets
20 Nov 19
Siga o fio e entenda por que a reunião de #RicardoSalles com os governadores da Amazônia, que deveria tratar sobre medidas para conservação e o desenvolvimento sustentável da região, não passou de anúncio vazio.
observatoriodoclima.eco.br/improbo-ricard…
#Threads #semverdena🇧🇷 #forasalles
A coletiva de hoje, cinco meses após @inpe_mct mostrar a explosão do desmatamento, só confirmou que o ministro do @mmeioambiente se desviará dos problemas reais, e segue sem planos para conservar a Amazônia e evitar sua devastação
inpe.br/noticias/notic…
Salles nega as aparências e disfarça evidências de que o desmatamento é provocado por atividades criminosas, incentivadas pela certeza de impunidade. Taí a alta de 30% em 2019 “potencializada” por @jairbolsonaro pra comprovar. oglobo.globo.com/sociedade/a-in… #semverdena🇧🇷 #forasalles
Read 15 tweets
23 Sep 19
Discurso arrepiante de @GretaThunberg no #ClimateActionSummit faz a gente ter vergonha der ser adulto. Os pontos principais:
1 - "Isso está muito errado. Eu deveria estar na escola, do outro lado do mundo, e estou aqui".
2 - Como vocês ousam se voltar para os jovens em busca de esperança quando não fizeram nada? Jogam a responsabilidade no ombro das novas gerações. Não vamos aceitar isso.
3 - A ciência nos diz que temos na melhor hipótese 50% de chance de manter o aquecimento global em 1.5ºC se cortarmos emissões pela metade em dez anos. Não é um risco aceitável.
Read 4 tweets
1 Aug 19
O #mentinistro do @mmeioambiente ontem fez críticas ao sistema #DeterB, do @dsrinpe, usando seu trivial variado de distorções e falácias. Neste fio, explicaremos por que seus argumentos são falsos usando um recurso que até o @jairbolsonaro entende: GIFs!
Salles disse três coisas importantes ontem: 1) q o Deter não serve para computar área desmatada; 2) q há "lapsos temporais e duplicações" nos seus dados; e 3) q "supostos especialistas" fazem leitura errada deles para "causar impacto". O sujeito oculto desta frase somos nós.
Se não tivesse bloqueado o OC no Twitter e se escutasse alguém além do Evaristo Miranda, Salles saberia desde maio que o Deter não serve para estimar área desmatada. Mas serve para apontar tendências. Se o Deter diz q o desmate explodiu, a taxa oficial mostrará a mesma coisa.
Read 18 tweets
31 Jul 19
Zumzum forte sobre divulgação dos dados "reais" de desmatamento prometidos por @jairbolsonaro na tentativa de desautorizar o @inpe_mct. Spoiler: seu plano não vai funcionar, Coringa.
sustentabilidade.estadao.com.br/noticias/geral…
Presidente joga com palavras e diz que dados do sistema Deter-B, do Inpe, são "alertas" e não "desmatamento". É confuso mesmo, então a gente explica:
O Inpe tem dois sistemas para observar a Amazônia: o Deter, que emite alertas de desmatamento todo dia e serve para orientar a fiscalização do Ibama, e o Prodes, que uma vez por ano dá a taxa oficial.
Read 9 tweets
2 Jul 19
Serviço de utilidade pública: como usar o #DeterB para estimar o desmatamento na Amazônia. Segue o fio.
Sempre que o #mentinistro do Meio Ambiente dá um respiro no trator a gente aqui no OC gosta de acompanhar a variação dos alertas de desmatamento do Deter-B, o sistema de monitoramento em tempo real do @dsrinpe. Uma coisa FUNDAMENTAL que todo mundo precisa entender é o seguinte:
O DETER NÃO SERVE PARA FAZER CÁLCULO DE ÁREA DESMATADA! Ele foi pensado para orientar a fiscalização do Ibama, aquela mesma, que o @rsallesmma está desmobilizando. Quem dá a taxa oficial é outro sistema do Inpe, o Prodes, que sai uma vez por ano (saía, pelo menos).
Read 15 tweets
25 Apr 19
O site @diretodaciencia publicou nesta quinta-feira uma reportagem sobre o misterioso desaparecimento das informações sobre áreas prioritárias para conservação do site do @mmeioambiente. A razão do sumiço tem nome: licenciamento ambiental. Segue o fio.
diretodaciencia.com/2019/04/25/ges…
O mapeamento das áreas prioritárias é um esforço de 15 anos do @mmeioambiente. Foram feitas dezenas de reuniões e gastos milhões para saber quais são os locais mais significativos p a proteção de espécies no país. A lógica era criar áreas protegidas, mas tb orientar a economia.
O primeiro mapa foi produzido em 2007. Em 2018, ele foi atualizado. Veja os dois mapas aqui.
Read 9 tweets
27 Mar 19
A marcha do ministro @rsallesmma para desmontar o @mmeioambiente, reduzir transparência e perseguir ONGs não é coisa da cabeça dele. Documentos mostram que Salles apenas segue uma estratégia cuidadosa (e alucinada) bolada pelo governo @jairbolsonaro desde 2018. Segue a thread.
A estratégia está descrita em dois documentos: "Reestruturação SISNAMA-IBAMA-MMA" e "Nota SISNAMA". Ambos estão disponíveis no site do OC. Seus autores são a equipe de transição "do B" do @mmeioambiente, liderada pelo agrônomo Evaristo de Miranda. observatoriodoclima.eco.br/documentos-da-…
A equipe de Miranda chegou ao poder após um golpe interno, no qual @jairbolsonaro demitiu no fim da transição os integrantes da equipe inicialmente nomeada, coordenada pelo biólogo Ismael Nobre. Meses de trabalho foram jogados fora ("eficiência de gestão" é isso aí)
Read 21 tweets
9 Jan 19
Dia de explicar coisas ao ministro @rsallesmma, que deu nova entrevista ao @JornalOGlobo em que parece confundir fatos básicos de sua pasta. Primeiro, Salles diz q Brasil precisa receber pelo que já fez no clima. Isso já ocorre: o nome é Fundo Amazônia.
oglobo.globo.com/sociedade/mini…
A mecânica do fundo consiste justamente em o Brasil acessar pagamento por resultados: derruba desmatamento, pinga dinheirinho norueguês. Não derruba, não pinga dinheirinho. Vem funcionando assim há uma década. Já recebemos R$ 1,066 bilhão por desmatamento reduzido.
Não se trata, portanto, de estabelecer "obrigações futuras em troca de um benefício futuro, incerto, indeterminado", como disse o ministro. Trata-se de demonstrar o cumprido e receber o dinheiro depois, o que é mais honesto com o doador e com o donatário.
Read 6 tweets
2 Jan 19
O presidente @jairbolsonaro usa uma matemática parcial para falar de terras indígenas e quilombolas. Insinua que há "muita terra para pouco índio", mas não menciona que 32% do território nacional é composto por grandes propriedades privadas. São apenas 131 mil imóveis.
Para comparação, a quase totalidade dos imóveis rurais (que perfazem 54% do território nacional) são pequenas e médias propriedades: 6,194 milhões de imóveis, que abrigam também a quase totalidade da população do campo e somam 225 milhões de hectares.
As grandes propriedades, acima de 15 módulos fiscais, somam 279 milhões de hectares (o equivalente a uma Argentina). Todas as terras indígenas somam 113 milhões de hectares. Territórios quilombolas, 1 milhão de hectares. Será que tem muita terra para pouco fazendeiro?
Read 4 tweets