TANTUSE MASCARASSU Profile picture
Um cavalo que conta histórias Editor na @letteraleditora Colunista em @oliberal https://t.co/L7wpn71mDI eu@tantotupiassu.com.br
samu Profile picture Erick Hunter Profile picture ¯\_(ツ)_/¯ ( ͡° ͜ʖ ͡°) (/‵Д′)/~ ╧╧ Profile picture Periscópio Profile picture fef Profile picture 13 added to My Authors
10 Jun
Faz um tempo, eu tava morando em Jaboatão dos Guararapes, em Pernambuco, e as coisas estava bem estranhas, sabe?

Foi logo no início da pandemia, e vocês imaginam passar por toda aquela loucura, só eu e minha filha, tendo que aguentar as incertezas desses tempos doidos.
Especialmente minha filha, a Juju, estava sofrendo muito.

Apesar de sempre termos sido caseiros, com a chegada da pandemia acabamos nos trancando mais, isolados de tudo e todos, o que certamente a deixou bem nervosa, e eu sentiu tudo também, porque sempre fomos muito ligados.
Nunca achei que fosse loucura, mas Juju começou a falar muito sobre um anjo... uma espécie de anjo da guarda que queria se aproximar e estar ao lado dela naquele momento. Um ser de luz que dizia estar ali para nos proteger.

Eu perguntava sobre ele, mas Juju não sabia falar nada.
Read 22 tweets
7 Jun
Hoje conheci o Gueto Hub, local lindo no coração do Jurunas, um dos bairros mais maravilhosos de Belém.

Foi dica da querida @annammathis

O Gueto é misto de sebo, biblioteca, coworking, galeria de arte, café, ponto de encontro e cultura.

Tudo lindo! Foto da fachada do Gueto Hu...Foto da entrada do Gueto Hu...
Aproveitei o local para reunir com um povo bacana (virtual) para falar de sonhos e planos.

Me senti em casa, como se fôssemos velhos amigos.

Agora, preciso voltar com tempo para provar os lanches e curtir o local como ele merece.

instagram.com/guetohub?utm_m… Foto da parte externa do Gu...Foto da parte externa do Gu...
E lembrem:

O Gueto Hub é também uma biblioteca comunitária, feita com carinho e esforço por pessoas que conseguem transformar realidades.

Aproveita para fortalecer o local:

Separa uns livros para doar, passa lá para bater um papo e se apaixonar pelo trabalho! Foto do salão principal do ...
Read 5 tweets
5 Jun
Vou contar uma história.

Jureba é engraxate.

Tira uma grana aqui, outra grana acolá, e assim vai vivendo.

Jureba tem conta em um banco, mas ele pouco usa: nos últimos 5 anos, transitaram somente 500 reais na conta.

Até que, belo dia… paf, a sorte muda.
Do nada, o app do banco apita e avisa Jureba sobre um depósito na conta dele.

Quase 10 mil reais.

Jureba fica exultante, mas não conseguiu imaginar de onde vinha a grana.

Então ele fez a única coisa que poderia ter sido feita:

Sacou o dinheiro imediatamente.
Obviamente ele não tinha engraxado tantos sapatos assim.

Obviamente ele não lembrava de nenhum devedor pagando dívida antiga.

Obviamente aquilo estava estranho.

Mas ele foi lá e sacou tudinho.

No dia seguinte, o banco bloqueou a conta dele.
Read 7 tweets
3 Jun
30 de maio de 1921

Tulsa, no Estado de Oklahoma

Dick Rowland, um jovem engraxate negro, de 19 anos, adentra no único prédio do centro da cidade que dispunha de banheiro liberado para "pessoas de cor"

Isso, nos EUA onde vigoravam regras racistas horrendas e desumanas.
Quando Dick entra no elevador, encontra a operadora da cabina, Sarah Page.

Existem muitas versões dos fatos, mas sobre duas coisas se tem certeza:

1. Eles se conheciam, mesmo que minimamente, e se reconheceram.

2. Logo após Dick entrar no elevador, Sarah deu um enorme grito.
Seguido ao grito, por qualquer razão que talvez jamais seja elucidada, Dick correu do prédio.

Muito provavelmente por saber que, naquela época, naquele lugar, diante do grito de uma mulher branca, um rapaz negro provavelmente seria acusado de alguma coisa.

E isso aconteceu.
Read 24 tweets
4 May
Falando sério agora:

Vocês acreditam em videntes, numerólogos, tarólogos?

Acreditam na possibilidade de que alguém, dotado de poderes ou dons, seja capaz de ver o futuro?
Pois estava aqui lendo uma coisa sobre vidência e fiquei bastante intrigado.

Acabei lembrando de uma história muito bizarra que me foi contada e que, ao final, acabou chegando muito perto de mim...
Tenho uma amiga muito próxima, em quem confio tudo.

Belo dia ela chega comigo, assustada, me falando de um ocorrido com a numeróloga que ela sempre consulta.

Era mais ou menos assim:
Read 38 tweets
26 Apr
Na história de hoje, vou mostrar como pessoas simples podem fazer uma enorme diferença no mundo, e como, por vezes, as reações humanas são mais estranhas do que podemos supor!

Para começar, vamos para Inglaterra, final do Século XIX: Elsie e Mairi em uma cidade...
Lá nasceu Elsie Knocker, em 1884. Seguindo o roteiro da época, se formou em enfermagem, se casou e, em 1907, nasceu seu único filho, Kenneth.

Com o casamento fracassado, Elsie tentou se divorciar e se deparou com a total impossibilidade diante das leis da época. Elsie, pelo buraco de uma p...
Sem alternativas, e diante do medo de reprovação da sociedade, ela saiu de casa com o filho, foi viver do pouco de seu trabalho e disse a todos que seu marido havia morrido.

"Viuva", Elsie deu total atenção à sua grande paixão desde a infância: as motocicletas.
Read 29 tweets
24 Apr
Desde que eu e Ana começamos a namorar, ela me convidava a visitar Vila Perseverança, um povoado minúsculo no interior do Pará.

Ana nasceu e viveu parte de sua infância lá, até vir estudar em Belém.

Mas sua família continuava em Perseverança, menos de 500 habitantes. Mapa do território onde fic...
Depois de uns meses ocupados, finalmente conseguimos tempo e, programação feita, arrumamos mochilas e partimos.

Ana queria muito que eu conhecesse sua avó, uma velhinha de mais de 80 anos, grande responsável pela sua criação, e que queria me conhecer.
Na época eu tinha uma motinho, e lá fomos nós, pelas estradas do interior do Estado, pegando vento na cara e curtindo a paisagem.

E, no tempo programado, chegamos no velho sítio da família, um aspecto sinistro que, de cara, me deixou bem assustado. Foto de um sítio mal cuidado.
Read 44 tweets
4 Sep 20
Cheguei no consultório, passei álcool gel nas mãos, pisei na bandeja pra limpar sapato e esperei.

O dentista veio sorridente, me cumprimentou e pediu para sentar na poltrona - e eu sentei.

E, mal vi, ele chegou com uma injeção pequenina, dizendo:

- Abra bem a boca.
Eu abri, mesmo incomodado com o tom de voz dele, uma coisa meio maligna...

Mas era impressão minha, com certeza. Talvez o medo de tirar os sisos mudasse minha perspectiva sobre aquele homem sempre tão gentil anteriormente.

Veio a furada, a boca adormeceu, fiquei grogue.
No meio de estar zonzo, não via mais o dentista e sua ajudante. Só via vultos velozes vagando vez ou outra ao meu lado, as vozes distorcidas, como num pesadelo horrendo.

Não conseguia entender bem o que diziam, mas achei ter escutado um “pede pra ele entrar...”
Read 26 tweets
1 Sep 20
Tudo corria bem naquele voo VASP 375 no dia 29/09/1988.

Ele saiu de Porto Velho, Rondônia, e fez escala em Cuiabá, Brasília, Goiânia e Belo Horizonte, de onde ele voaria para o Rio de Janeiro, aeroporto do Galeão, seu destino final.

Mas as coisas não aconteceram assim...
Decolando de Belo Horizonte, um passageiro se levantou e, armado com um revolver calibre .32, iniciou o sequestro da aeronave.

O passageiro, Raimundo Nonato Alves da Conceição, estava com raiva da política econômica brasileira, dos rumos do país, e por isso resolveu se vingar.
A vingança pretendida:

Sequestrar um avião e jogá-lo contra o Palácio do Planalto, bem no local onde fica o gabinete do Presidente.

Com isso, Raimundo pretendia matar aquele que ele considerava o grande vilão da história: Jose Sarney.

Pode parecer piada, mas a coisa foi feia.
Read 27 tweets
28 Aug 20
A história que vou contar hoje, faz algum tempo que aconteceu, mas jamais saiu da minha cabeça.

Faz uns 2 anos e era Carnaval.

Nós saímos da nossa cidade, Rio Grande da Serra, para uma cidade bem próxima, Paranapiacaba, onde haveria uma grande festa de rua. Cena aberta de Paranapiacaba, durante o dia, mostrando uma i
Paranapiacaba, para quem não conhece, é uma antiga vila ferroviária, em estilo inglês, que fica perto de São Paulo.

Ela pouco mudou com o tempo, e conserva todo um aspecto assustador.

Ela é famosa por suas lendas e por sua neblina, que cai sem avisar. Uma ferrovia com um vagão de trem e neblina.
Chegamos na vila por volta de 4 da tarde, tempo de ainda aproveitar bastante a festa, e assim fizemos.

Com várias bandinhas percorrendo as ruas do centro, cerveja barata e gente bonita, a alegria foi garantida até por volta de 23 horas, quando a tal neblina caiu com tudo. Uma cena noturna com pessoas na rua e neblina.
Read 35 tweets
19 Aug 20
18 de setembro de 1981

O navio Sobral Santos II, construído em 1957, percorria a hidrovia Solimões-Amazonas sem parar.

Apesar de antigo, em 1981 ele era considerado uma das embarcações mais seguras da região e, talvez por isso, sua tragédia tenha sido tão imensa. Image
Naquele 18 de setembro de 1981, o Sobral se preparava para sair de Santarém rumo Manaus, com paradas em diversas cidades da beira do rio.

Ainda no porto de Santarém, o Sobral estava absolutamente regular: 200 T de carga e 430 passageiros, tudo de acordo com sua documentação.
Mas as coisas não foram bem assim.

O barco Emerson, que tinha quebrado, ofereceu sua carga ao Sobral e o Comandante aceitou.

Depois, o barco Miranda Dias, também em pane, pediu que o Sobral transportasse seus passageiros e carga, e mais uma vez o Comandante do Sobral disse sim.
Read 23 tweets
13 Aug 20
Velhinha entra com ação alegando saque indevido.

Reclama de 3 saques na conta dela. Total, 1.600 reais.

Pedi filmagens e fotos do caixa para fazer a defesa e, bem...

Adivinha quem faz os saques?

Ela meRma.

Mas alguma coisa me incomodou nisso tudo.
Ela demonstrava muita certeza nas suas alegações.

Que tipo de pessoa faz algo, diz que não fez e ainda pede ao juiz que sejam juntadas imagens do ato que nega, e que irão provar que ela fez?

Voltei no processo, vi o RG dela e fiz as contas: 87 anos.

Sem advogado, em juizado.
Fui procurar por outros processos, agora usando o nome dela e, voila!

Processo de interdição rolando.

Senilidade se agravando rapidamente. Perda de memória recente. Ocorrências de desaparecimentos e saídas não avisadas. Faz coisa e não lembra.
Read 6 tweets
13 Aug 20
Fazia pouco tempo que eu morava em Belém, vindo do interior por conta de um emprego que consegui, em um escritório de representação.

O salário era excelente para meus padrões - jovem, solteiro, dedicado e morando num kit net - e ainda sabia que podia crescer muto na empresa.
De fato isso aconteceu.

Não tinha nem 5 meses de casa, comecei a ser destacado pelo dono para as missões mais complicadas.

Se alguma negociação travasse, era eu quem resolvia. Se alguém fizesse besteira, era eu quem desfazia.

Não demorou, recebi um belo aumento.
Com esse dinheiro a mais, pude realizar um sonho de faculdade: comprar um carro.

Lembro bem do dia em que cheguei na firma de carro novo, o comentário geral que foi. Só tive que ignorar os invejosos, nos sussurros de "protegido" "queridinho" e tal.
Read 31 tweets
6 Aug 20
Hiroshima, manhã do dia 06 de agosto de 1945.

Sadako Sasaki tomava café da manhã com sua avó, sua mãe e seu irmão, quando, do nada, um brilho enorme cegou a todos.

Sem qualquer aviso, um barulho enorme e uma grande explosão fizeram tudo ao redor desaparecer.
Sadako, que tinha dois anos naquele triste dia, foi sugada por uma onda de vácuo e sumiu pela ruína de uma janela, para desespero da sua mãe.

Por milagre, foi encontrada no quintal da casa sem nenhum ferimento, sem nenhuma queimadura, assim como todos da família.
E falo de milagre mesmo, pois a casa da família Sasaki ficava somente 1,6 quilômetro do "ground zero", o epicentro da 1ª explosão atômica em guerra do mundo, fruto da covardia dos Estados Unidos da América contra, basicamente, civis japoneses.
Read 26 tweets
31 Jul 20
Sexta-feira, 29/09/2006.

Um Boing da Gol sai de Manaus com destino ao Rio de Janeiro, com uma escala em Brasília.

Um voo normal, corriqueiro, mas, daquela vez, o destino seria outro.

O Boing da Gol voava a 11 mil metro quando, perto das 17 horas, se chocou com outro avião.
O outro avião, um jato Legacy que voava em direção aos Estados Unidos, ficou avariado e conseguiu pousar numa base na serra do Cachimbo.

Já o Boing da Gol se desfez no ar.

Todas as 154 pessoas a bordo morreram na hora. Seus corpos se espalharam pela floresta abaixo.
O acidente, um dos mais graves do Brasil, abriu feridas gigantes: denúncias de falhas no controle de tráfego aéreo nacional, mais os pilotos do Legacy, que trafegavam com o sistema anticolisão desligado.

Isso, sem falar nas famílias dos mortos, eternamente afetadas.
Read 19 tweets
30 Jul 20
Quando eu era criança, moramos um tempo em Osasco.

Na época a cidade era pequena e pouco atrativa, mas morar lá era uma necessidade: com grana curta, meu pai aceitou trabalhar como zelador de um prédio antigo, que havia sido uma espécie de reformatório infantil.
O prédio estava abandonado, apesar de estar intacto.

O trabalho do meu pai era limpar o local e mantê-lo em ordem, até que uma questão judicial fosse resolvida, e assim ele fazia.

E nós ocupávamos uma casa grande e confortável que tinha no fundo do terreno.
Imagina a minha felicidade naquele mundo, aquele espaço todo só para mim, local que já tinha pertencido a tantas crianças e que, agora, era só meu.

E ainda tinha muitas crianças pela vizinhança, que sempre vinham brincar comigo, então nunca me senti só.
Read 27 tweets
29 Jul 20
Se você tem menos de 30 anos, provavelmente nunca ouviu falar da Encol, estou certo?

Mas você deveria ter ouvido falar desse que foi um dos mais rumorosos casos de falência do Brasil, com números assustadores, capaz de mudar leis e práticas de mercado no Brasil.
o tamanho da Encol assusta:

Foi uma das maiores empresas brasileiras, fundada em 1961 pelo engenheiro Pedro Paulo de Souza, em Goiânia.

Ela chegou a ser a maior construtora brasileira e uma das maiores da América Latina, e se dedicava à construção de unidades residenciais.
E foi justamente por trabalhar com o sonho do brasileiro - a casa própria - que a Encol cresceu tanto e teve uma queda tão dura.

Quando da sua falência, foram:

710 obras paradas
42 mil pessoas com imóveis pagos e não recebidos
11 mil funcionários sem salários
Read 21 tweets
27 Jul 20
Minha filha gosta muito de Frozen, o filme infantil.

Gosta tanto que vive pedindo para brincar de Frozen comigo, o que seria bem legal, não fosse um dilema ético envolvido: Iris quer que Elza seja casada com Kristoff (eu) que vem a ser seu cunhado.
Para quem não conhece a história, Kristoff é namorado da Ana, irmã da Elza, e é o que mais se aproxima de um príncipe no desenho.

E alguém, não sei quem, meteu na cabeça da Íris que as princesas precisam ter um príncipes.

Uma chatice.
Pois bem. Íris quer ser Elza porque ela tem superpoderes de gelo, enquanto Ana não tem, mas quer ser Elza, ter superpoderes e também quer o príncipe.

E então começa minha argumentação:
Read 15 tweets
10 Jul 20
Meu avô, Álvaro Tupiassu, era coletor de impostos num tempo em que não havia sistema bancário como temos hoje, muito menos havia agências bancárias pelo interior do Pará.

A prática era desgastante e ele era responsável por coletar impostos no baixo Amazonas.
No tempo certo, ele saia de barco percorrendo a região e batendo contas.

Funcionava assim: a pessoa dizia quanto devia de imposto, ele auditava as contas, recolhia os valores e trazia a grana para Capital.

Era uma coisa tão maluca que, por vezes, ele nem descia em Belém.
Se havia outra viagem agendada, ele mandava telegrama avisando o dia da chegada e minha avó, pacientemente, ia pra beira do porto esperar por ele.

Se beijavam, trocavam novidades e ele entregava o dinheiro para que ela levasse à Coletoria, que funcionava no Solar da Beira.
Read 25 tweets
9 Jul 20
“O nazismo é preto e branco.

Foi assim que esse capítulo da história ficou registrado nos filmes, nas fotos - e na nossa memória.

Mas isso traz uma ilusão perversa.

Faz o regime de Hitler parecer algo mais distante da nossa realidade do que de fato é.

Nada mais equivocado.
O mundo em que o nazismo nasceu não era tão diferente do nosso.

Em 1933, quando Hitler assumiu o poder, o Botafogo ganhava do Flamengo na final do Campeonato Carioca, levando seu 5º título estadual.

Em São Paulo, o time do Parque Antártica conquistava seu primeiro bi.
O piloto italiano Achille Varzi, da Bulgatti, vencia o Grande Prêmio de Mônaco, deixando para trás o favorito Tazio Nuvolari, da Ferrari.

Em Los Angeles, o tapete vermelho se estenderia para a 6ª edição do Oscar.

A Varig já voava pelo Brasil havia meia década.
Read 5 tweets
7 Jul 20
Talvez vocês não saibam, mas boa parte do Centro de Belém foi erguida por cima de um antigo cemitério que foi diminuindo, diminuindo, até ficar do tamanho de um quarteirão.

E aqui no Centro existem diversos hoteis, de todos os preços, inclusive esse onde eu trabalho.
Bem... muita coisa estranha tem acontecido agora, durante essa pandemia, principalmente porque o hotel ficou vazio, todo mundo voltando para as suas terras, até que fechamos as portas até tudo melhorar.

Mas uma coisa não parou: a manutenção.
Vocês imaginam como é? Todo dia tem 10 torneiras para reparar, portas que não fecham direito, televisão que não liga...

Com o hotel vazio a coisa piora, pois tem que cuidar dos colchões, sofás, poltronas.

E trabalho que não acaba mais, só que não é disso que quero falar.
Read 31 tweets