Mellanie Fontes-Dutra, PhD 💉😷 Profile picture
Biomédica, Neurocientista, Pós-Doc Bioquímica (@ufrgsnoticias) e div. científica Ela/Dela | tuítes em pt-br. Coordenadora da Rede @analise_covid19

9 Jun, 13 tweets

🚨PAUSA OBRIGATÓRIA PARA APRECIAÇÃO! A partir de amostras cirúrgicas do córtex cerebral do lobo temporal, métodos computacionais foram usados para renderizar a estrutura tridimensional de 50.000 células e 130 milhões de conexões sinápticas! 👇

Alguns achados muito interessantes:
🧠A glia superava os neurônios 2:1 (ou seja, para cada neurônio, temos 2 células da glia)
🧠oligodendrócitos eram o tipo de célula mais comum dentro da área de análise!

Guia rápido para quem tá um pouco perdido:
Células da glia são um tipo celular relevantíssimo no 🧠! Elas estão envolvidas em muitos processos relacionados a manutenção do ambiente para uma boa atividade dos nossos neurônios e outras células!

Sabe aquele pau pra toda obra? É a glia! Encara qualquer invasor do sistema nervoso, ajuda no desenvolvimento desse sistema durante a gestação e na vida pós-natal, controla tudo que entra e tudo que sai, auxilia os neurônios em praticamente tudo...

Glia é tudo pra mim

Uma dessas células é o tal do oligodendrócito que citei ali! Ele tem papeis muito relevantes, e o mais conhecido e clássico (mas não somente esse) é o do isolamento dos axônios para que a transmissão da informação (ou sináptica) role mais rápida!

Quê?

Imagina uma mangueira furadinha. Se liberar o fluxo de água, vai vazar pelos furinhos, e vou liberar a água numa velocidade x. Agora, se eu passar fita isolante nessa mangueira, a água vai fluir beeem mais rápido não é?

A mielina propicia isso, produto dos oligodendrócitos!

Dentro desse conceito da presença de células da glia no sistema nervoso, a razão de quantos neurônios cada célula da glia "abraça para cuidar" pode estar relacionada com o que conhecemos hoje como a "inteligência". isso é assunto para outro fio!
pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/21584869/#:~:t….

🧠A proporção de neurônios excitatórios (que mandam o estímulo VAI para o outro) e inibitórios (que mandam o estímulo PERA LÁ, SEGURA para o outro) estaria em torno de 69:31% nessa amostra

Neurônios inibitórios podem ser responsáveis pela inibição de centenas de excitatórios!

E isso tem um impacto muito substancial: uma alteração na atividade de um neurônio inibitório pode influenciar muito alguma(s) rede(s) de neurônios!

Eu estudei toda a minha pós-graduação neurônios inibitórios no córtex sensorial e sou suspeita. Vai ter fio disso também!

🧠Além de apontar mais possibilidades de classificação de células em diferentes regiões do córtex (como as mais profundas) pela sua estrutura, um tipo de neurônio que parece um candelabro e é inibitório parece estar fazendo MUITA coisa por ali!

Sabíamos que esses neurônios "candelabros" interagiam com diferentes neurônios excitatórios de camadas vizinhas e isso gera um potencial imenso para modular a atividade do neurônio da região dele E dos neurônios vizinhos, gerando contatos multi-sinápticos (até ~ 20 sinapses)

Esse imenso trabalho em que eu resumi alguns de MUITOS outros achados foi realizado por uma parceria da @Google + @Harvard . Achou muita célula? Isso equivaleria a um milionésimo do córtex cerebral

Vocês podem conferir algumas imagens aqui nesse site e se DESLUMBRAR com a imensa beleza que o nosso sistema nervoso é. Um potencial imenso para reconstruir a nossa realidade e gerar universos únicos em cada uma de nossas mentes 🧠💕 h01-release.storage.googleapis.com/gallery.html

Share this Scrolly Tale with your friends.

A Scrolly Tale is a new way to read Twitter threads with a more visually immersive experience.
Discover more beautiful Scrolly Tales like this.

Keep scrolling