Entender as forças políticas e financeiras em jogo na negação da #CriseClimática é fundamental: relatório assinado pela pesquisadora de Harvard @NaomiOreskes e cientistas de outras duas instituições expõe como a @exxonmobil ludibriou o público americano (segue o fio)
Principais pontos do relatório:
- Documentos corporativos internos mostram que a indústria de combustíveis fósseis conhece a realidade das mudanças climáticas causadas por seres humanos há décadas. Sua resposta foi orquestrar e financiar ativamente a negação e a desinformação;
- À medida que o consenso científico sobre mudanças climáticas emergia e se fortalecia, a indústria e seus aliados políticos atacavam o consenso e exageravam as incertezas
- A indústria de combustíveis fósseis não ofereceu uma explicação alternativa consistente para o motivo da mudança do clima - o objetivo era apenas minar o apoio à ação
- A estratégia, tática, argumentos e técnicas retóricas usados ​​pelos interesses da indústria de combustíveis fósseis p contestar as evidências científicas das mudanças climáticas - como especialistas falsos e teorias da conspiração - reproduzem o manual da indústria do tabaco
Link para o relatório completo: climatechangecommunication.org/wp-content/upl…

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Thiago Medaglia

Thiago Medaglia Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @thiagomedaglia

23 Sep 20
Além da análise de dados, viajamos ao Baixo Tapajós p a reportagem #CortinadeFumaça, produzida pela @ambientalmedia c apoio de @Amazon_RJF / @pulitzercenter , e publicada agora na @natgeobrasil. Assino o texto c @leticiamklein, fotos d Flavio Forner nationalgeographicbrasil.com/meio-ambiente/…
Neste "capítulo", focamos no dia a dia dos agricultores familiares que vivem na #Floresta Nacional do #Tapajós e na Reserva Extrativista Tapajós-Arapiuns, onde #cientistas trabalham lado a lado com #ribeirinhos no desenvolvimento de tecnologias alternativas ao fogo na agricultura
Estas populações dependem do que plantam para sobreviver e utilizam pequenas #queimadas controladas no preparo do solo. Sem suporte técnico do Estado, pressionados por desmatadores e por um #clima cada vez mais seco, eles ainda se veem acusados pelo governo federal
Read 5 tweets
23 Sep 20
Da próxima vez que o gov federal mentir sobre a responsabilidade pelos incêndios na #Amazônia, envie o nosso mapa. Difícil negar a realidade quando ela aparece sobreposta em camadas de dados na mesma visualização: #FOGO e #DESMATAMENTO tem relação direta: cortinadefumaca.ambiental.media Image
Ontem, na ONU, Bolsonaro culpou os pequenos produtores rurais das populações tradicionais amazônicas e do #Pantanal pelas queimadas nas duas regiões, mas isso não é verdade. O time da @ambientalmedia passou 6 meses investigando os dados de fogo e desmatamento na #Amazônia
Os resultados estão na reportagem especial #CortinadeFumaça, realizada graças ao suporte do @Amazon_RJF, em parceria com o @pulitzercenter . Pra desconstruir narrativas falsas, criamos um storytelling visual baseado em dados: #jornalismo e #ciência juntos cortinadefumaca.ambiental.media
Read 18 tweets
20 Jun 20
Não “só” a divulgação de multas ambientais agora está submetida ao vice-presidente Mourão. Uma série de publicações no DOU nos últimos dias esvazia ainda mais a atuação do Ibama, limita o Conselho Nacional da Amazônia ao Executivo e cria aberrações. Links da boiada passando
PORTARIA Nº 1.369, de 16 de junho, institui um núcleo de instrução de processos ambientais e proíbe a divulgação de multas ambientais ainda não julgadas. É um ataque à transparência e à conservação ao mesmo tempo in.gov.br/en/web/dou/-/p…
RESOLUÇÃO Nº 1, de 17 de junho, sobre o Conselho Nacional da Amazônia, limitando os membros ao poder Executivo federal, que poderão convidar outras pessoas, como prefeitos e governadores da Amazônia Legal, mas estes ñ terão direito a voto in.gov.br/en/web/dou/-/r…
Read 6 tweets
5 Jun 20
URGENTE: Indígenas das etnias Tiriyó, Katxuyana, Txikiyana, Wayana e Aparai, moradores de TIs entre norte do Pará e fronteira c Amapá, pedem socorro. A região só é acessível por avião, já há 19 indígenas c #covid19 e ali há povos recém-contatados e isolados. Etnocídio em curso
Read 5 tweets
22 May 20
O esvaziamento dos órgãos ambientais e a validação da ilegalidade patrocinadas por Salles e Bolsonaro atuando na disseminação da #covid19 no interior da #Amazônia: recebo de fonte a DENÚNCIA de que um piloto de balsa na região de Santarém desafiou ordem dos fiscais do @ICMBio
A balsa transporta passageiros entre as localidades do Baixo Tapajós, onde existem algumas Unidades de Conservação, como a Floresta Nacional (Flona) Tapajós. Só que uma portaria do MMA do final de março fechou todas as UCs do país. Questionado pelos fiscais, o homem deu de ombros
Disse que seu barco está regularizado pela Marinha e que NÃO RECONHECE A AUTORIDADE DO ICMBio. O saldo é trágico: a embarcação teria sido o veículo para a contaminação de 20 pessoas apenas na comunidade de Prainha, que fica na Flona Tapajós, sendo que um dos ribeirinhos já morreu
Read 5 tweets
22 May 20
A conclusão do maior estudo feito até aqui com a #cloroquina, recém publicado no Journal @TheLancet : “Em resumo, este estudo (...) de pacientes com COVID-19 que necessitaram de hospitalização constatou que o uso de um regime contendo hidroxicloroquina ou cloroquina +
com ou sem macrolídeo*) foi associado a nenhuma evidência de benefício, mas, em vez disso, foi associado a um aumento no risco de arritmias e a um maior risco de morte hospitalar (...) +
Os resultados sugerem que esses medicamentos não devem ser utilizados fora dos ensaios clínicos e é necessária a confirmação urgente dos ensaios clínicos randomizados.”

*macrolídeo é o grupo de antibióticos ao qual pertence a azitromicina
Read 4 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!

:(