Brasil, educação e produtividade (segue o fio)
1. Na minha humilde opinião, o ser humano passa por alguns estágios q definem sua posição neste planeta e muito disso, tem a ver com questões culturais, mas acima de tudo, da qualidade e do alcance da educação oferecida por cada país
2. Grosso modo, dividiria os estágios da humanidade em:
Barbárie;
Subdesenvolvimento;
Educação;
Desenvolvimento;
Civilidade;
Utopia.

Infelizmente, ainda hj em dia todos os estágios continuam presentes, ainda q estejamos num dos melhores momentos da raça humana.
3. O ponto em comum a todos, seria exatamente a quantidade e qualidade de conhecimento e informação disponível através, principalmente, da educação. A gradação segue a linha mencionada acima, ou seja, uma nação, um grupo, uma ideologia, um meio, quanto menor o acesso e o alcance
4. da educação, maiores as chances de se aproximar dq se poderia considerar como uma barbárie, que é o domínio da ignorância, da superstição, da aversão à ciência, da violência despropositada e do fundamentalismo.
5. Na linha oposta, o acesso irrestrito à informação e educação de alta qualidade aproxima o ser humano do que seria considerado uma utopia, onde os indivíduos na sua maioria medem cada uma suas ações pelas consequências que elas tem no coletivo humano, sejam elas quais forem...
6. Eis o ponto em que quero chegar. Ainda que o Brasil tenha erradicado parte do seu analfabetismo e tenha dado maior acesso à educação superior, isso não nos livrou do subdesenvolvimento, dada a baixa qualidade do que é oferecido e do alcance ainda muito limitado.
7. As consequências são visíveis aos olhos, com baixo desempenho nos índices internacionais. Porém, outra consequência, além do péssimo tratamento àquilo que é público, como a bicicleta da foto acima (sim, ela é pública, não estatal, mas pública) está na produtividade
8. Esta mesma produtividade é e será um grave entrave ao crescimento brasileiro, pois no último caso, demonstra que o estoque de mão de obra disponível para a retomada de um ciclo de atividade econômica robusta é muito menor do que aquele observado pelas pesquisas a domicílio...
9. ...e índices de desemprego. A mensuração do tal "hiato do produto", argumento utilizado por 7 entre 10 economistas para justificar uma política monetária que beiraria o irresponsável falha em capturar tal distorção, principalmente ao discorrer sobre o estoque de mão de obra...
10. Alguns países consideram falho a inferência pelo filtro HP (Hodrick–Prescott), indicando que o melhor seria medir o hiato pela função de produção, com o uso de 3 variáveis intermediárias como produtividade total dos fatores, estoques de capital e trabalho...
11. A distorção viria neste ponto, pois pela função da produção, o hiato no Brasil seria ainda maior que a média citada pela maioria de 3%. Eis a distorção, pois a PTF levaria em conta progresso técnico, economias de escala e utilização de capacidade instalada, mas acima de tudo
12. os ganhos de produtividade vem da melhora do capital humano, coisa q aparentemente não ocorreu no Brasil. Em caso de um crescimento econômico robusto, duradouro e baseado no setor privado, com qual velocidade será absorvido o estoque de mão de obra já qualificada ?
13. Na velocidade proposta pelo fechamento teórico do hiato do produto e das medidas de desemprego natural e PIB potencial, ou é relevante imaginarmos que a baixa qualidade da educação e o limitado estoque de mão de obra qualificada não exercerão papel decisivo neste fechamento?
14. Esta mesma baixa produtividade se reflete na qualidade da educação, ou seja, professores mal formados e remunerados formam cidadãos mal formados e possivelmente mal remunerados. Muito me preocupa a falta de um plano nacional de educação, com metas bem definidas e foco...
15. ...na educação básica e na educação técnica, pois sim, esta deve ser uma meta do governo FEDERAL. Muitos dizem q a baixa qualidade da educação básica não foi culpa do governo anterior, por ser responsabilidade de estados e municípios. Porém, a culpa exatamente é FEDERAL por..
16. ...não determinar um plano nacional e "investir" numa educação superior que tem trazido resultados questionáveis. Acho louvável a iniciativa do meu deputado estadual @danieljosebr sobre ICMS e a educação (pesquisem), porém o esforço deve ser nacional e irrestrito...
17. ..., pois sem isso, estamos fadados mais uma vez a dar o tradicional e tão brasileiro voo de galinha na economia e perder a chance única de mudar este país de maneira indelével.

Desculpem pelo desabado e pela extensão dos tweets.
Opa!! O mote inicial deste thread se concretiza, infelizmente
oglobo.globo.com/economia/custo…

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Jason Vieira 💮

Jason Vieira 💮 Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @JasonVieira

22 Jul
A reforma tributária veio e notei (poucas) vozes reclamando da ausência de um imposto sob grandes fortunas, conhecido como IGF. Pensando nisso, levantei alguns pontos de discussão sobre a possibilidade de adoção:

Sigam a thread 🧵
(1) Ele é Popular (Populista): O imposto possui grande apelo popular, principalmente em momentos de grande crise como o atual, porém de eficácia limitada. Ele traz um senso de "justiçamento social", porém com resultado fiscal limitado;
(2) Existem neste momento 4 propostas de taxação sobre fortunas andamento no senado, sendo PLP 183/2019, 38/2020, 50/2020, 315/2015.
Somente a PLP 183/2019 é aparentemente uma das melhores até agora apresentadas, pela forma de cobrança;
Read 19 tweets
6 May
São 75 BP de pancada no Real, a pior das moedas relevantes no ano. Substituição de importações? Com tal parque industrial desatualizado, de baixa produtividade e com necessidade intensa de bens de capital, acho difícil. 1/11
A economia brasileira já era fechada e o COPOM acabou de arrancar a porta, como disse o @ArthurLulaM e a pôs no nosso comércio internacional. Pra variar, a conta vai pro mais pobre, que, como sempre, vai pagar mais caro por TUDO, vis-à-vis salários... 2/11
Tudo o que tiver minimamente valor agregado, vai subir de preço, até mesmo pela característica do consumo moderno, fortemente baseado em tecnologia. A falta de concorrência tb vai prestar um papel pesado, beneficiando a indústria local, em detrimento ao consumidor final 3/11
Read 12 tweets
3 Apr
A percepção de tempo é algo que se altera no ser humano com o passar dos anos. Quando jovens, além das transformações aceleradas no corpo, tudo é “novidade” para um cérebro feito de associações. Por isso, para uma criança o tempo “passa muito mais devagar”. Peça para uma... 1/9
...criança esperar 5 minutos para qualquer coisa, que para ela isso soa uma eternidade. Os castigos, então, parecem eternos e em partes explicam o porquê a criança se cansa logo de longas viagens, com o clássico:”já chegamos?”. Ao envelhecermos, a repetição de padrões... 2/9
...transforma nossa percepção de tempo, principalmente se fazemos a mesma coisa todos os dias, curtindo um #sextou, assistindo os mesmos programas na 📺 e entrando de férias quase sempre na mesma época. Um dia vira uma semana, uma semana vira um mês, um mês vira um ano... 3/9
Read 10 tweets
3 Jan
Vou abrir o morning call num thread aqui:

De forma bastante resumida, em vista à quantidade de informação destacada na imprensa sobre o tema, podemos dizer o seguinte: Os EUA mataram o homem número 2 do Irã, literalmente.
O Iraque, desde antes da guerra com o Kwait, sempre foi um caldeirão étnico/religioso difícil de ser administrado em vista aos seus diversos problemas seculares.
Ao Norte, os iraquianos lidam com os curdos, grupo étnico com uma minoria fora do escopo religioso islâmico (iazidistas), o qual Saddam Hussein em seu reinado de mão de ferro tratava com armas químicas e toda sorte de arbitrariedades.
Read 20 tweets
12 Dec 19
1. Passadas as decisões, vem a realidade. Nos EUA, a decisão do Fed em manter os juros inalterados em linha com as expectativas do mercado demonstra que a autoridade monetária continua presa em duas armadilhas, a do fim da curva de Phillips e de liquidez.
2. Nas projeções do Fed, o dotplot (gráfico de pontos) encerra quaisquer possibilidades de movimentações de juros em 2020, transferindo a retomada do ciclo a partir de 2021, ou seja, o comitê está se isentando da eleição americana.
3. Enquanto isso, o que seria um programa emergencial, para cumprir com algumas demandas tributárias está se convertendo em um programa de alívio quantitativo, disfarçado de recompra pontual de ativos.
Read 12 tweets
21 Nov 19
"Se você está certo na hora errada, você está errado".
Há tempos, venho alertado sobre alguns eventos sobre a inflação brasileira, principalmente com diversos de meus colegas aparentemente “contaminados” por um ufanismo econômico que os levava achar que estávamos na Dinamarca.
1
Bem, como economista, principalmente responsável por uma mesa de operações, minha função não é “estar certo na hora certa”, mas tentar ao máximo antever os eventos que podem de certa maneira transformar o cenário. 2
Com esta info em mãos, os traders não podem e sequer devem deixar de ‘surfar as ondas’ do mercado, mas fazê-lo de modo a entender os riscos envolvidos, principalmente da mudança do cenário. 3
Read 10 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!