1/É ilusão imaginar as eleições municipais como um plebiscito sobre Bolsonaro. Muitos eleitores poderão votar em função do Pres, mas p/ grande maioria disputas locais são sobre buracos de rua, a falta de remédios no posto de saúde e o ônibus que chega tarde, cheio e custa caro +
2/Se esta não será a eleição de Bolsonaro, aposto que será o julgamento da Nova Política. O movimento da antipolítica que em 2018 elegeu Bolsonaro, Witzel, Zema, Carlos Moisés e Ibaneis Rocha. Em 2018, não ser político era bônus. Depois da pandemia, bônus é ter experiência +
3/O ambiente político mudou. 2018 foi catarse. O brasileiro era um eleitor raivoso, pronto a usar o seu voto como arma p/ expulsar os velhos políticos. Agora, o sentimento é de preocupação e medo do futuro, o que favorecem candidatos mais conhecidos e prefeitos no cargo+
4/Bolsonaro tem apenas um candidato in pectore, o problemático Crivella, cujo partido abriga as candidaturas a vereador do filho Carlos e da ex-mulher Rogéria. Ele deve escolher batalhas, como derrotar João Doria em São Paulo ou evitar que a esquerda vença em Porto Alegre+
5/Eleições municipais não servem para antecipar o pleito seguinte, mas influenciam como os candidatos e partidos se planejam. Uma derrota de Bruno Covas elimina a candidatura Doria. Um bom desempenho do PSOL em SP e Rio e da dupla PDT-PSB acentuam o isolamento do PT+
6/É no governo Bolsonaro que as eleições municipais terão influência imediata. Uma vitória de candidatos pró-Bolsonaro nas regiões mais pobres vai confirmar o poder do Auxílio Emergencial como fator eleitoral para a reeleição do presidente. Sabemos onde isso vai parar+
7/fim Saber ler 2020 será fundamental para se preparar para 2022. Meu artigo para @VEJA RT veja.abril.com.br/blog/thomas-tr…

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with thomas traumann

thomas traumann Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @traumann

14 Aug
1/ Sobre o Datafolha: A premissa para entender a política é compara-la com o basquete, não com o futebol. No futebol você pode fazer um gol, recuar e jogar no contra-ataque (bom dia, Muricy Ramalho). 1x0 é um resultado normal e mais de 4 gols no jogo é espetáculo +
2/ No basquete, mesmo o Dream Team dos EUA leva 50 pontos. Só que faz 120! O importante é marcar atrás, ganhar rebote e atacar sempre. A intensidade traz a vitória+
3/ Bolsonaro é intenso. Provoca uma crise de manhã, muda de assuntos à tarde, chama um adversário para a briga, inventa um factoide e promete uma bondade. Ocupa todos os espaços. Faça chuva, faça sol, a máquina digital bolsonarista distribuí p/ milhões a sua versão dos fatos+
Read 8 tweets
6 Aug
1/ Pesquisa @poderdata_ mostra Bolsonaro em larga vantagem (via @Poder360) +
2/
Read 4 tweets
4 Aug
1/A mando de Bolsonaro, a equipe econômica estuda ampliar o Auxílio Emergencial até, pelo menos, dezembro. O Auxílio de R$ 600 já foi prorrogado até setembro. Agora, a intenção é distribuir em outubro, novembro e dezembro um valor reduzido, possivelmente de R$ 200 por mês +
2/Este é o maior cavalo-de-pau de um presidente desde que, depois de reeleita, Dilma chamou o liberal Joaquim Levy para comandar o Ministério da Fazenda. Só que agora o caminho é inverso. É o governo pretensamente liberal que vai pisar fundo nos gastos públicos+
3/Com mais de mil mortos de Covid19/ dia e o mundo parado, o Brasil só não explodiu pelo Auxílio Emergencial e a redução temporária de salários. A 3.a perna do plano, a oferta de crédito subsidiado para empresas em dificuldade, foi um fracasso +
Read 9 tweets
24 Apr
Relatório inédito da @FGVDAPP mostra que saída de Moro rachou a base bolsonaristas nas redes
2/Apoio nas redes ao ministro da Justiça e Segurança Pública superou o engajamento gerado em suporte ao então ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta;
- A base de direita (em azul) se apresenta até o momento dividida no tom do debate, em crescente isolamento do restante de rede
3/Hashtags de apoio a Moro predominam em meio a mais de 1 milhão de tuítes em 2h, com destaque para #bolsonarotraidor e #forabolsonaro
Read 7 tweets
8 Apr
1/É quase impossível compreender os movimentos de Bolsonaro e do bolsonarismo se você não acompanhar as idas-e-vindas das redes sociais. Segue o fio +
2/Veja esse quadro do monitoramento da @FGVDAPP analisando 2,5 milhões de tuítes e retuítes sobre o cai não cai de Mandetta destacado pelo @MARuediger (Amarelo representa a oposição; Salmão, os não alinhados; Azul, os bolsos): +
3/
Read 6 tweets
15 Jul 19
(1)A virtual indicação de Eduardo Bolsonaro como embaixador coloca o prestígio do governo Bolsonaro nas mãos de Davi Alcolumbre, pres do Senado. Desde que assumiu, Alcolumbre sentou sobre a nomeação de 18 embaixadores indicados por JB. Siga o fio:
(2) 3 diplomatas já foram sabatinados e aprovados pela Comissão de Relações Exteriores, mas Alcolumbre não agendou ainda a votação pelo plenário do Senado: (CPLP), Vaticano, e Roma.
(3)O processo de outros 15 embaixadores sequer começou no Senado: ONU, Unesco, Assunção, Cairo, Nassau, Doha, Amã, Atenas, Rabat, Sófia, Georgetown, Bucareste, Budapeste, Paris e Lisboa.
Read 11 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!