Sexo Químico Vol. 4

Cannabis 🍁

Efeitos, riscos e redução de danos
A cannabis é a substância psicotrópica ilegal mais amplamente usada no mundo.
As principais preparações obtidas a partir da cannabis são:
* A planta (também chamada de “maconha”, “erva”, “erva”, “ganja”) é feita de flores secas. Seu conteúdo de THC pode chegar a 30%.
* Haxixe, também é chamado de "hash". É feito com a resina produzida pela planta. Vem na forma de uma pasta bastante dura, que pode variar em cor do amarelo ao preto ao marrom. Dependendo do processo de fabricação e corte, o nível de THC pode variar e chegar a 40%.
* O óleo é um produto menos comum, feito a partir da resina da planta. Tem a aparência de uma pasta viscosa, geralmente de cor marrom-escura a preta. Seu conteúdo de THC pode chegar a 50%.
Nos últimos anos, a concentração de THC na cannabis em todas as suas formas aumentou.
Como é utilizada:

Fumada: na maioria das vezes, a cannabis é misturada com tabaco em um cigarro enrolado (baseado, beck).

Também pode ser fumada em um cachimbo.

Vaporizada: a cannabis pode ser consumida em vaporizador, sem combustão. Alguns canabinóides (
CBD) estão disponíveis para venda na forma de E-líquido para cigarros eletrônicos.

Ingerido: Cannabis pode ser incorporada em alimentos (bolo, brigadeiro , chá, manteiga, etc.)

CANNABIS FUMADA OU VAPORIZADA
Os efeitos da cannabis são quase imediatos e geralmente duram de 1
a 4 horas. Fumar cannabis acarreta os mesmos riscos que o tabaco devido à inalação de fumaça (falta de ar, câncer, irritação, bronquite, etc.). Mas em termos de toxicidade, a fumaça da cannabis tem uma taxa mais alta de monóxido de carbono e alcatrão.

CANNABIS INGERIDA
Os efeitos são mais lentos e são sentidos em média após uma hora e podem durar de 6 a 8 horas dependendo da dose. Os efeitos são mais imprevisíveis e podem ser sentidos de forma mais intensa. Como os efeitos ocorrem mais tarde, existe o risco de uso excessivo. Preste atenção na
dosagem!

Efeitos desejados
* Relaxamento (relaxamento, desapego)
* Um estado de euforia e bem-estar
* Uma intoxicação agradável (desinibição)
* Uma amplificação da imaginação, humor e sensações
* Uma possível modificação da percepção do tempo, sons, música e cores
Os efeitos variam de acordo com:
* A concentração de substâncias ativas presentes no produto
* A frequência e modo de consumo
* Quaisquer misturas com outros produtos psicotrópicos (álcool, drogas, XTC etc.)
* A quantidade consumida e a qualidade do produto
*
O contexto de consumo
* A personalidade, humor, estado de espírito e expectativas do consumidor
Dependendo do humor e do contexto, os efeitos podem variar da risos frequentes à ansiedade ou delírio persecutório. O uso de cannabis nem sempre leva a transtornos mentais,
no entanto, o uso de cannabis pode desencadear transtorno esquizofrênico em uma pessoa predisposta.

Efeitos indesejados
* Perda temporária de memória
* Náusea
* Diminuição da concentração (a cannabis também aumenta o tempo de reação)
* Paranóia, bad trip
* Irritabilidade
* Alucinações (alterações auditivas e sensoriais) em caso de ingestão rápida de uma grande quantidade de THC, especialmente por ingestão ou com óleo
* Distúrbios do movimento, tonturas, sonolência
* Boca seca, olhos brancos e vermelhos
*
Hipoglicemia (diminuição do nível de açúcar no sangue): sensação de fome e mal-estar que desaparece após a absorção do açúcar
* Mudança na frequência cardíaca e pressão arterial (risco de queda da pressão arterial)
Não há risco de overdose fatal com cannabis
vegetal (tome cuidado com a cannabis sintética), mas o uso excessivo pode induzir um estado de intoxicação (tonturas, náuseas, vômitos, etc.)
O uso de cannabis causa perda de atenção. Manusear máquinas (ferramentas) ou dirigir um veículo motorizado envolve também o risco de
acidentes.

BAD TRIP

A cannabis, como a maioria das drogas psicotrópicas, fortalece o estado mental inicial do consumidor. Um ataque de ansiedade ou pânico (denominado bad trip) pode ocorrer, especialmente se você estiver estressado ou desconfortável antes de tomar o produto.
O que fazer em caso de uma viagem ruim? Encontre um lugar tranquilo, cerque-se de pessoas em quem você confia, coma ou beba algo doce. Esses efeitos indesejáveis ​​desaparecem após cerca de 2 ou 3 horas, dependendo da quantidade consumida, do método de consumo e de eventuais
misturas.

Misturas

CANNABIS + ÁLCOOL
A mistura de cannabis com álcool pode causar efeitos imprevistos, nem sempre agradáveis ​​(náuseas, vômitos etc.)
CANNABIS + KETAMINE
Fumar um cigarro ou baseado após consumir key representa um risco de incêndio porque você pode não
ser capaz de se mover. Também existe o risco de queimaduras porque o efeito entorpecente da cetamina pode impedir que sinta dor.

NO SEXO:

Há posicionamentos controversos sobre a função da cannabis no sexo químico.
Muitas pessoas apoiam seu uso devido a uma sensação de
relaxamento e desinibição, particularmente benéfica em pessoas com dificuldades de se soltarem ou com experiências sexuais traumáticas.

Outros já acreditam que o entorpecimento, principalmente quando utilizada com outras substâncias, pode gerar comportamentos de risco
aumentado, exposição a IST’s e HIV, relações não consentidas e violência.

Importante lembrar que no Brasil porte ou tráfico de maconha é CRIME, e não há especificação na lei determinando qual a quantidade
que identifica um usuário e uma pessoa que trafica, portanto cenários injustos podem ocorrer, principalmente em políticas de encarceramento.

#doutormaravilha #wonderdoctor #sexoquimico #chemsex

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Equipe maravilha 🏳️‍🌈

Equipe maravilha 🏳️‍🌈 Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @DoutorMaravilha

28 Sep
Oie, pessoal!

Sou o Edu (@psic_du), psicólogo e faço parte da #EquipeMaravilha.
Hoje, eu quero conversar com vocês a respeito do #SetembroAmarelo, mês da prevenção ao suicídio. Image
O suicídio é um fenômeno social presente na história da humanidade e tem motivações de caráter interno e externo. Em relação aos internos, transtornos mentais (depressão e ansiedade), histórico de suicídio e dependência de substâncias psicoativas (álcool e outras drogas).
Quanto aos fatores externos, discriminações (racismo e LGBTQfobia), violências, questões culturais, socioeconômicas e outras.

Dados compartilhados pelo Ministério da Saúde, entre 2011 e 2017, afirmam registros de 80.352 óbitos em virtude do suicídio
Read 12 tweets
27 Sep
Fetiches Vol. 2

O tesão em pés: a podolatria

História, definição, origem psicanalítica e orientações.

Puxe o fio 👇🏽
Continuando nossa série sobre fetiches, vamos falar sobre o tesão por pés.

A podolatria é uma parafilia (preferência sexual fora do ‘comum’) pertencente ao grupo de fetiches sexuais, ou seja, uma obsessão por algum objeto ou parte do corpo que não é muito convencional,
neste caso, os pés. Mas que na verdade é extremamente comum.

O podólatra sente prazer imenso em ver, tocar, cheirar, lamber, beijar ou massagear os pés do parceiro ou da parceira. Pode ser um fetiche tanto masculino quanto feminino, mas em sua maior parte são homens.
Read 12 tweets
27 Sep
A libido, suas alterações fisiológicas e o transtorno do desejo sexual hipoativo (TDSH).

O impacto da indústria pornográfica, da cultura dos excessos e da autocomparação.

Puxe o fio 👇🏽
Mildred Ratched, me ajuda aqui.

Uma das perguntas que mais recebo neste planetinha inebriado pela cultura pornográfica, pela cultura dos excessos e da autocomparação, é sobre quando a FALTA DE VONTADE de fazer sexo torna-se um problema.
Sim, a libido tem a ver com o desejo, não com ‘ereção’ e está ligada à uma gama extensa de fatores. Pra começar, pode-se dizer que abordar alterações da libido em pessoas com ovários e pessoas com testículos é completamente diferente. Realmente o aparelho hormonal-
Read 14 tweets
25 Sep
Olá, Anjas.

Eu, Eduardo Oliveira , e Naamã Rubet (@NRubert ), somos psicólogos e fazemos parte da #EquipeMaravilha. Depois de muitas conversas, decidimos criar uma série de postagens, intitulada: “Deu positivo. Vamos conversar?”
sobre possíveis repercussões do diagnóstico do HIV na “saúde mental”.

Primeiro, vale ressaltar que não há uma forma ideal de reagir ao saber sobre o diagnóstico. Somos único e cada um vive do seu modo o processo de descoberta e como lida com a sorologia positivo para o HIV.
Não temos o objetivo de dizer o que deve ser feito, mas provocar reflexões, caso você tenha vivido ou esteja vivendo alguma dessas situações que abordaremos.
Read 8 tweets
21 Sep
Teoricamente, não existe sexo seguro, no que concerne às ISTs (infecções sexualmente transmissíveis), pois sempre há um risco inerente de algo acontecer. Na medicina, optamos por falar então de sexo protegido.

Mas será que sexo é apenas isto?
Cercar-se de todas as formas para evitar ISTs, gestações e aproveitar alguns minutos de prazer?

Eu, particularmente, acredito no sexo consciente e sem culpa, no sexo transparente e corresponsável.

Não acredito que exista uma única forma de se fazer sexo e, muito menos,
que ele comece e acabe na cama. Sexo é troca. É envolvimento.

Começa no olhar, na conquista, no charme. Não é o quê enfia aonde. Não é gozar dentro. Ou fora.

É o trânsito.

Acredito num mundo em que pessoas amarão tanto seus corpos e os corpos diferentes dos seus que o sexo
Read 5 tweets
20 Sep
O presidente da República pode acabar com o tratamento gratuito de HIV?

O cenário é hipotético é uma das dúvidas mais presentes no nosso inbox, devido à precarização de serviços neste governo.

Leia a análise do advogado da equipe maravilha, Vinicius Mello. Image
Uma pergunta que recebemos frequentemente neste cenário de necropolítica é sobre haver possibilidade ou não de um presidente acabar com o tratamento gratuito de HIV.

Eis a opinião do advogado da equipe maravilha, sobre este cenário hipotético:
Que o brasileiro não tem um único dia de paz nós já sabemos, e agora a discussão da vez é: “O presidente da república pode acabar com a terapia antirretroviral fornecida gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde?”.
Read 10 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!