Precisamos falar novamente sobre máscaras 😷

1 - Máscaras são efetivas em diminuir o risco de transmissão populacional

2 - Máscaras devem ser efetivas em diminuir a quantidade de vírus transmitida, diminuindo a carga viral, levando a infeções menos graves.

Torcida em 1918 👇
É bem simples:
uma barreira para evitar que os microguspes, guspinhos e gotículas contaminados com vírus do Sars-Cov-2 saiam da sua boca e nariz e infectem outras pessoas.

Se não barrar completamente, diminui a quantidade. e tudo isso é excelente pra todo mundo.
Máscaras não limitam a entrada de oxigênio nem a saída de gás carbônico. Mesmo em exercício. Também máscaras não tem ship

É simples: uma coisa que proteje sua boca e nariz de propagar esse vírus que deixa todo mundo cansado, doente e que ninguém aguenta mais: #UseMáscara
Tem que manter limpa, por uma questão de higiene e eficiência. Pode afetar rendimento no esporte, mas observado somente em atletas de alto desempenho.

Usamos máscaras no dia a dia no hospital por horas (que o digam cirurgiões e cirurgias) e está todo mundo bem.
É mais um hábito que temos que adquirir. Tipo começar a usar sapato... ou usar óculos ou aparelho nos dentes. No começo incomoda muito, depois passa, as vezes da raiva, mas passa. começa a fazer parte do seu corpo e dia a dia.

Temos que estar cientes que máscara é melhor que
termos tantos doentes, que não usando vai demorar mais para chegarmos ao nosso novo normal, que é barato comparado a muitas outras coisas, que é muito melhor que uma entubação traqueal.

Máscaras deveriam estar disponíveis em vários lugares e grátis: investimento de saúde pública
A maioria dos países asiáticos conseguiram melhor controle da pandemia pelo hábito de já usar máscaras (entre outras coisas). Esse controle também foi acentuado nos que tiveram epidemias de SARS e MERS.

Temos que aprender com eles.
E máscaras é uma daquelas coisas que trouxeram nosso preconceito à tona: muitos achavam que uma coisa óbvia destas não poderia ser tão efetiva. Outros que "parecia coisa de japonês nos aviões". Mas é isso pessoal, cada vez mais temos evidencia e evidencia que máscaras funcionam.
Além da mudança de faixa etária, cada vez mais temos observado que casos menos graves devem estar ocorrendo por menor carga viral e o principal motivo disso deve ser uso de máscara. Isso porque nenhum outro é plausível ou já foi observado que não explicaria.
Tivemos ótimos fios sobre máscaras e mecanismos:

@bollemdb

A foto acima vem deste artigo, que faz um ótimo resumo da evidência:

link.springer.com/article/10.100…
Esse estudo experimental com hamsters usando Sars-CoV-2.

Se você buscar para influenza, outros vírus respiratórios e Sars/MERS, também tem coisas bem interessantes.

academic.oup.com/cid/advance-ar…
O artigo que descreve uma prevalência muito mais alta de assintomáticos num cruzeiro que usou máscara em todos.

thorax.bmj.com/content/thorax…
esse artigo demonstra o efeito populacional

royalsocietypublishing.org/doi/10.1098/rs…
Essa revisão sistemática e meta-análise.

Existem 6 trials randomizados, efeito combinado protetor (principalmente influenza em casa)

sciencedirect.com/science/articl…
E tem que usar direito e o máximo que der.
Dentro de casa também se tiver sintomas ou positivo. Protege bastante a todos.
Esse fio eu preparei para ser mais técnico sobre a máscara em si, porém perdi grande parte do fio no meio do caminho. Para quem quer ter referências, há cada vez mais estudo de qualidade, seja de bioengenharia, experimental ou modelos que mostram estas afirmativas. Só pesquisar.
Máscaras também afetam nosso comportamento e toda outras questões sociais e de normas. Matérias para outro fio.

Obrigado, #UseMáscara 😷
Uma coisa importante: máscaras face shield não são mecanicamente efetivas.

Texto da @marivarella

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Otavio Ranzani

Otavio Ranzani Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @otavio_ranzani

27 Sep
Sugiro a leitura deste relatório da missão da OMS na China no começo da pandemia. Explica tanta coisa e parece que quase tudo que se foi descobrindo já estava lá...

Visita: 16 a 24 de Fevereiro

Quem: 25 pessoas (China, US, Korea, Japão, Nigéria, Rússia, Singapura, Alemanha) Image
São 40 páginas, realçarei alguns pontos numa tradução livre

O vírus: betacoronavírus, efeito citopático em 96h em cultura de células, bloqueio com soro de convalescentes, em animais causando pneumonia multifocal/hiperplasia intersticial; vírus no pulmão e intestino. Image
Já sequenciaram naquele momento 104 strains, e sem verificar grande evidencia de mutações. Image
Read 21 tweets
21 Sep
O que pode ter acontecido em Manaus?

Um preprint do grupo que tem produzido muita ciência traz dados para o entendimento:

Usando sorologia em doadores de sangue e um modelo ajustando para sensibilidade/especificidade do teste, idade/sexo, decaimento

Prevalência acumulada: 66%
Os autores construíram o histórico de prevalências na cidade de Manaus e São Paulo de Fevereiro até Agosto de 2020.

Estudos com doadores de sangue são uma boa fonte, pois o sangue é coletado, armazenado uma parte para exames/sorologia, então temos toda a logística mais fácil.
No casos dos dois bancos de sangue, o material fica estocado por 6 meses após doação (mais sobre isso abaixo).

O teste foi feito o Abbott SARS-CoV-2 chemiluminescence microparticle assay (CMIA), para IgG contra a proteína do nucleopsídio (N). Assim, melhor que os testes rápidos.
Read 26 tweets
19 Sep
E a tal taxa de positividade dos testes de PCR?

Essa é a nova moda de mistificar a pandemia na Europa (junto com "o que seria uma segunda onda"). E muitos não entenderam um ponto crucial sobre epidemias:

Atenção: nenhum indicador é capaz de explicar ou diagnosticar a pandemia.
Falamos e pedimos muito que reportassem e melhorassem a taxa de positividade. E eu tenho certeza que seguiremos pedindo. Ela mostra um aspecto importantíssimo: se está alta (quase todo RT-qPCR é positivo), significa sem dúvida que estamos testando pouco. Ou seja, estamos testando
só os muito graves (como na primeira onda ou primeiro período) ou os muito "óbvios", sintomáticos. Temos que testar contatos, contatos não só próximos, mas cadeias de transmissão, testar surtos, se puder, alguns testes em massa, e assim vai. Se ela está baixa, significa que
Read 23 tweets
17 Sep
Saiu na @nature algo interessante sobre transmissão de Sars-CoV-2

Em Hong Kong, como eles conseguiram rastrear muito bem os casos, construíram as cadeias de transmissão 👇

Vamos aglomerar ou seguir distanciamento físico?

Onde vocês acham que é B, W, T? Image
É Bar (B), Casamento (Wedding) e Templo (T). Olha a quantidade de transmissões secundárias no bar.

No blocão a direita, dá pra ver que tem muito em trabalho e social. Image
O foco do artigo são eventos superpropagadores e clusters. E vejam que uma grande maioria dos casos ocorreram nesse contexto. ImageImage
Read 6 tweets
14 Sep
Marseille está próximo do lockdown, leitos hospitalares chegando no colapso. Fico na torcida para que as medidas sejam efetivas e as pessoas sérias da cidade e região consigam lidar com a pandemia.

Mas não posso deixar de destacar que é de lá a origem do maior blefe da pandemia.
blefe esse que segue fazendo vítimas e trazendo distrações. que faz o vírus - nota Darwin 9.5 - se espalhar.

Vale lembrar que algumas cidades brasileiras cujo prefeito comprou esse e outros blefes ativamente tb está sofrendo com a pandemia. A cidade e sua população.
Read 5 tweets
14 Sep
COVID-19 RCT @JAMAInternalMed on rhG-CSF

-3 Hospitals
-Lymphocytes ≤800/μL and no comorbidity
-200 pts

Not clear for 1a outcome finding (improvement on 7-scale), positive 2nd outcomes.

Preliminary but interesting... my prior is skeptical

jamanetwork.com/journals/jamai…
based on the lack of benefit from other trial in sepsis/ other infectious diseases we tried to play in with stimulating factors.

The editing has points that makes me bug a bit

N# at risk has a big typo (not sure if tried to change risk setting in FineGray, but its wrong anyway) Image
ordinal scare.... instead of scale.

Was it rush during editing? Image
Read 4 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!