A garota que foi sequestrada e ficou presa em uma caixa durante 7 anos: ImageImage
⚠️ ATENÇÃO: O conteúdo a seguir retrata violência sexual e tortura. Caso não se sinta confortável, recomendamos que não prossiga com a leitura.
Em 1977, nos Estados Unidos, pegar carona era algo comum. As pessoas naquela época viam isso como algo normal, já que casos de sequestro ainda não haviam chamado tamanha atenção ao ponto de se tornar um problema para a polícia e a segurança pública. Image
A jovem Colleen Stan, de 20 anos, também pensava assim. Nascida em 31 de dezembro de 1956, na cidade de Eugene, no Oregon (Estados Unidos), Colleen J. Stan queria ir para a Califórnia, onde aconteceria a festa de aniversário de um grande amigo. Image
Seria uma viagem de aproximadamente 600 km. Mas Colleen se deparou com um problema: ela não tinha carro e havia poucas opções de como ela poderia realizar uma viagem assim, então ela decidiu que a melhor opção seria pedir carona. Image
Foi então para a estrada, onde começaria sua viagem. Era 19 de maio de 1977. Lá, ela começou a avaliar caronas em potencial, deixando inclusive dois carros passarem, por não confiar em quem estava dirigindo. Image
Foi então que uma van azul parou do seu lado. Dentro do carro estavam três pessoas, um casal e sua filha pequena. Colleen viu ali o que parecia ser uma família perfeita e confiável, então aceitou e entrou no carro. Image
Era o jovem casal Cameron e Janice Hooker, de 23 e 19 anos, respectivamente. Pouco se sabe sobre a vida do casal Hooker, tendo poucas informações para ajudar a entender de onde eles vieram. Sabe-se que Cameron nasceu em Alturas, na Califórnia, em 5 novembro de 1953. Image
Ele conheceu Janice em 1973, quando ela tinha apenas 15 anos na época. Desde o início, ele lhe apresentou ao mundo do BDSM, e também informou a ela que tinha a intenção de sequestrar alguém e transformar a vítima em uma escrava sexual, tendo assim uma relação a três. Image
Janice concordou, dando em seguida duas condições para isso acontecer: ela não seria mais chicoteada por ele, o que ele fazia constantemente, para assim pudesse ter um filho com segurança. E ele só faria sexo com ela. E então eles se casaram, em 18 de janeiro de 1975. Image
Pouco tempo após entrarem no carro, Cameron parou em um posto de gasolina e Colleen foi para o banheiro. Nesse momento, ela diz que ouviu uma voz, nitidamente lhe dizendo que ela deveria fugir dali o mais rápido possível. Image
Infelizmente Colleen se acalmou, não dando atenção aquele sentimento, voltou para o carro e eles seguiram viagem. Após meia hora de viagem, Cameron entrou em uma estrada remota secundária e então parou o carro. Image
Janice desceu com o bebê no colo, o homem veio em seguida com uma faca, ameaçando Colleen, a amarrando, amordaçando e colocando uma caixa de madeira em sua cabeça. Em seguida, foi levada para a casa dos Hooker. Image
No começo, ela não foi abusada, mas era constantemente obrigada a ver o casal praticando os mais variados atos sexuais. Então eles se mudaram e Colleen passou a ser trancada por até 23 horas por dia dentro de uma caixa de madeira. Image
A caixa era parecida com um caixão, que ficava embaixo da cama do casal, mas havia outros espalhados pela casa. Ela ficava vendada, com uma corrente no pescoço e outra na barriga. Image
Proibida de tomar banho, lavar e escovar os cabelos, e consequentemente por conta do estresse e da má alimentação, ela parou também de menstruar. Era tirada da caixa apenas para ser torturada, física e psicologicamente. Image
Ela era amarrada ao teto pelos pulsos, espancada, eletrocutada, chicoteada e queimada. Então Cameron começou a lhe torturar de mais uma maneira, obrigando-a a fazer sexo com ele. Image
Ela era submetida a horas de brutais sessões de sadomasoquismo que chegavam a arrancar sangue dela. (Foto de uma reconstituição feita pela polícia) Apesar de toda as agressões, o maior medo de Colleen era “ A Companhia”. Uma suposta seita que Cameron dizia fazer parte. Image
Segundo ele, essa seita vigiava constantemente a sua vítima, fazendo assim com que ela acreditasse que se fugisse, esse grupo oculto faria mal a sua família. Cameron mudou o nome de Colleen para K e ela era forçada a chamá-lo de mestre, jamais usando seu nome real.
Em 1978, Colleen assinou um “contrato”, que tinha como objetivo mostrar que ela tinha se vendido e era uma propriedade do casal Hooker. Tudo isso era parte de um esquema para tirar da jovem qualquer ideia de fuga ou sentimento que ela pudesse ter em relação a isso. Image
Após a assinatura do contrato, Colleen passou a ter algumas liberdades, como sair para o jardim , andar pela casa e até correr na rua. Cameron inclusive permitiu que ela visitasse sua família por um dia, para que eles soubessem que ela estava bem. Image
Colleen estava tão assustada e com tanto medo da Companhia, que fez tudo sem questionar e sem deixar transparecer o lhe que acontecia. Ela apresentou seu sequestrador como namorado e sua mãe inclusive chegou a tirar uma fotografia dos dois. Image
Então em 1984, Janice foi informada por Cameron que ele queria Colleen como sua segunda esposa. Nesse momento, Janice que não tinha gostado nada de saber que ele pretendia se casar com outra mulher, contou a Colleen que não existia nenhuma seita, vigilância ou perigo. Image
Tudo era uma invenção de Cameron para a manter ali. Janice queria fugir com ela, enquanto Cameron estivesse no trabalho. Durante seu depoimento, disse que nunca entendeu porque Janice lhe contou a verdade ou porque ela demorou tanto para fazer isso. Image
Existe a possibilidade de Cameron ter contado algo a Janice, que a fez temer pela própria vida. Mas elas realmente fugiram e Janice deixou Colleen na casa de seu pai, lhe devolvendo assim a liberdade. Image
Janice por um tempo pediu para que Colleen não contasse a ninguém o que tinha acontecido, porque ainda tinha esperanças que ele fosse reabilitado e se tornasse uma pessoa melhor.
Porém, não vendo nenhuma melhora significativa, Janice foi até a polícia e testemunhou todos os crimes do marido. Janice inclusive chegou a dizer que também havida sido vítima de lavagem cerebral e abusos físicos e psicológicos por anos.
Cameron então foi preso, e após julgamento, foi condenado em 1985 a 104 anos de prisão, por sequestro e agressão sexual. Em 2015, houve um pedido de liberdade condicional que foi negado pelo juiz. Image
Um novo pedido só poderá ser feito novamente depois de mais 15 anos de pena cumprida. Janice Hooker teve imunidade por conta de seu depoimento e continuou em liberdade. Image
Colleen Stan conseguiu dar a volta por cima. Mesmo sofrendo de dores crônicas nas costas e nos ombros por conta do tempo de confinamento em um espaço tão pequeno e traumas psicológicos, ela conseguiu se formar em contabilidade, casou-se e teve uma filha. Image
Atualmente faz parte de uma organização que tem como objetivo ajudar mulheres que foram vítimas de abuso sexual. Mesmo sendo um caso descrito como incomparável pelo FBI, a história de Collen Stan é pouco discutida no mundo. Image
Em 2016, foi lançado um filme pelo canal americano Lifetime que conta detalhadamente o caso e o sofrimento de Colleen. O filme leva o nome de como o caso ficou conhecido: A Garota na Caixa.

• • •

Missing some Tweet in this thread? You can try to force a refresh
 

Keep Current with Crimes Reais

Crimes Reais Profile picture

Stay in touch and get notified when new unrolls are available from this author!

Read all threads

This Thread may be Removed Anytime!

PDF

Twitter may remove this content at anytime! Save it as PDF for later use!

Try unrolling a thread yourself!

how to unroll video
  1. Follow @ThreadReaderApp to mention us!

  2. From a Twitter thread mention us with a keyword "unroll"
@threadreaderapp unroll

Practice here first or read more on our help page!

More from @CrimesReais

21 Nov
Moto de casal bate em vaca, mulher e animal morrem. Ao invés de socorrer os acidentados, moradores de Pernambuco despedaçam a vaca: "O churrasco tá garantido", gritou um deles.
Na noite de quinta-feira (19), um casal viajava em uma moto na BR 232, em Caruaru (Pernambuco), quando acabaram batendo em uma vaca. Ao invés das pessoas ajudarem, foram direto na vaca que estava morta, falavam que já tinham churrasco garantido e pegando pedaços do animal.
Enquanto isso, a mulher que estava na garupa morreu no local. Demoraram para chamar a ambulância para o homem que sobreviveu, mas o socorro chegou após algum tempo e ele foi levado para o hospital. O cadáver da vaca foi recolhido.
Read 4 tweets
21 Nov
Carrefour é invadido e tem produtos destruídos por manifestantes, devido ao caso de João Alberto, homem negro que foi espancado até a morte por dois seguranças.
Nesta sexta-feira (20), um grupo de manifestantes com cerca de 30 pessoas, foram até o mercado Carrefour em SP, invadiram e começaram a quebrar os produtos, até mesmo a atear fogo, apesar de garantirem que não roubaram nenhum produto.
Eles estavam protestando por justiça, devido a morte de João Alberto Silveira Freitas, um homem Negro de 40 anos, que foi espancando até a morte por dois seguranças do mercado Carrefour em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.
Read 9 tweets
20 Nov
4 vítimas em 11 horas de um trágico passeio. Um dos piores crimes da África do Sul:
⚠️ ATENCÃO: O conteúdo a seguir retrata violência e abuso sexual. Caso não se sinta confortável com o tema abordado no título, recomendamos que não prossiga com a leitura.
Hannah Cornelius morava na Cidade do Cabo, junto de seu irmão caçula e seus pais. Seu pai, Willem Cornélius, era juiz, e sua mãe, Anna Cornélius, tinha uma agência de advocacia bem sucedida. Hannah sempre foi uma pessoa gentil e amável, constantemente envolvida com ONGs.
Read 21 tweets
20 Nov
Homem de 40 anos é espancado até a morte por dois seguranças do Carrefour.
João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, estava no Carrefour da zona norte de Porto Alegre (RS) quando, segundo a Brigada Militar, iniciou-se uma discussão no caixa do local por João ameaçar agredir uma funcionária, que chamou dois seguranças, e eles o encaraminharam para fora.
Após isso, duas versões dos fatos foram apresentadas: A Brigada Militar relatou que João não aceitou sair do local, e começou a brigar com os seguranças. Entretanto, as testemunhas afirmam que ele estava saindo, mas foi perseguido pelos seguranças e, então, agredido por eles.
Read 6 tweets
19 Nov
O homem que você está vendo nas imagens, é conhecido como “O assassino de Langeries”, ele invadia casas de mulheres para roubar peças íntimas e se fotografar no local.
Chamado de Russell Williams, foi também um coronel que, inclusive, chegou a pilotar um avião que levava o primeiro-ministro do Canadá, além de ter levado a família real britânica durante uma viagem. Entretanto, ele escondia uma obsessão doentia, que se agravou.
Russell invadia as casas de seus vizinhos que tinham adolescentes, para roubar peças íntimas e se masturbar em todos os cômodos. Certa vez, invadiu uma casa, pegou uma Langerie e se fotografou no quarto de uma criança de apenas 12 anos.
Read 8 tweets
19 Nov
URGENTE: Suspeito de raptar Madeleine McCann quebra duas costelas e afirma que foi espancado por policiais, internautas especulam que houve tentativa de fazê-lo confessar que a matou. ImageImage
Christian Brueckner, alemão pedófilo, é o principal suspeito de ter raptado e matado Madeleine McCann, a garotinha que desapareceu em Portugal, no ano de 2007, e nunca mais foi vista. Seu advogado diz que a promotoria está "tentando corrigir a falta de provas por qualquer meio". ImageImage
No dia 17, veio a público que Christian, que estava para ser ouvido, sofreu um acidente - caiu, quebrou duas costelas e teve que ser levado ao hospital. Entretanto, ele afirma que foi espancado em uma cela no tribunal, enquanto esperava por uma audiência de liberdade condicional. ImageImage
Read 5 tweets

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3/month or $30/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!

Follow Us on Twitter!