Discover and read the best of Twitter Threads about #biothread

Most recents (24)

Aproveitando a onda da nova cédula de 200 R$, vamos trazer um pouco sobre a história dos animais das nossas notas e um pouco de curiosidade.
Hoje começando com uma aposentada, mas muito querida: A nota de 1 real e sua ligação com a ecologia e a cloroquina.

Segue o fio + 💸
A nota de um real trazia um beija-flor alimentando seus filhotes no ninho. A espécie da cédula é o beija-flor-de-peito-azul (Amazilia lactea). Esta é uma espécie bem comum que vai da Amazônia à Santa Catarina. Mas porque um beija-flor?

#biothread #beijaflor #ave #biologia
Eles foram os primeiros animais retratados na moeda. Já estavam presentes nas notas de 100 mil cruzeiros e 500 cruzados novos. Eles se tornaram símbolos do meio-ambiente graças ao Augusto Ruschi

#biologodetwitter #cientista #nota #real #valenada
Read 8 tweets
#BoicoteNatura por estar se 'rebelando contra a natureza'? Como é essa natureza que essas pessoas dizem? Macho e fêmea formam um casal e pronto? Vem comigo descobrir isso.. #BioThread
Temos espécies de peixes que podem simplesmente trocar de sexo durante a vida. Uma das várias espécies que podem fazer isso, é o peixe Semicossyphus reticulatus, que fica muito evidente por que o macho e fêmea possuem algumas diferenças morfológicas.

Esq fêmea x Direita macho
Esse caso é incrível pois a fêmea quando troca de sexo, ganha essa protuberância na cabeça (que só o macho tem) e testículos!
Ela pode acasalar com um macho (antes da mudança), faz a mudança, se transforma em fêmea, volta maior e mais forte e pode ainda derrotar o antigo macho.
Read 12 tweets
COMO FUNCIONAM OS INSETICIDAS?

Como matam? Existem diferentes mecanismos? Riscos?

Só seguir essa #BioThread

Inseticidas são todas as substâncias com a capacidade de matar insetos e artrópodes (aranhas por ex) em geral. Criados com o objetivo de evitar vetores de doenças, pragas agrícolas/produtos armazenados e para afastá-los de casa.
Mas como esses produtos conseguem matar?

Em primeiro lugar, a maioria desses inseticidas conseguem penetrar no exoesqueleto dos insetos e outros artrópodes. Entrando em contato com seus órgãos internos - o que facilita a ação do produto.

Outros precisam ser ingeridos.
Read 17 tweets
Boom diaa cobreiros, tudo certo? 🐍♥️

Hoje com falar sobre a famosINHA menor serpente do mundo (HEDGES, 2008)
Que são o que?
Isso mesmo!
Parte do nosso grupo de cobras-minhocas zszsz.
Bora lá com umas Bio infos sobre ela.
Vem comigo nessa #bioThread! Foto: Leandro Alves da Silva / VC no TG
No dia 9 de junho de 2006 foi encontrada pelo Biólogo Blair Hedge, na localidade de barbados, um exemplar adulto de cobra cega com apenas 10 cm de comprimento. Foto: Google imagens  Leptyphlops carlae
Após estudos, o espécime foi nomeado pelo Hedges e a esposa também herpetóloga Carla Hass como leptotyphlops calae ( HEDGES, 2008) e deu seu nome como a menor serpente do mundo.
Read 7 tweets
ALIENS NO PLANETA TERRA?

Você acha que só a Austrália tem animais bizarros né?

Eu te desafio a entrar nesse fio e descobrir animais FABULOSOS que vivem aqui no 🇧🇷 como esse Hemikyptha punctata da foto.

#BioThread
Esses animais fazem parte do grupo dos insetos e são conhecidos como soldadinhos, são parentes das cigarras e cigarrinhas.

Heteronotus vespiformis, Equador.

📸: Andreas Kay
Cientificamente pertencem a família Membracidae e, juntos somam 3.200 espécies. Todos se alimentam da seiva das plantas, ficando em caules, ramos e folhas.

Soldadinho-formiga (Cyphonia clavata), América do Sul (tem no 🇧🇷)

📸: Andreas Kay
Read 19 tweets
Vocês sabiam que existem plantas (e fungos também) que DE FATO serviram para criar medicamentos antitumorais (tratamento do câncer) importantes que temos hoje. Traremos algumas no fio de hoje! #FitoThread #BioThread
Planta: Camptotheca sp.
Medicamento: camptotecinas (irinotecana e topotecana)
Classe: inibidor da topoisomerase
Principal tratamento: câncer no ovário

Imagens: Camptotheca acuminata (foto de Maria/Amethist), irinotecana e topotecana
Planta: Podophyllum sp.
Medicamento: derivados das podofilotoxinas (etoposídeo e teniposídeo)
Classe: inibidor da topoisomerase
Principais tratamentos: linfoma, leucemia, câncer testicular e pulmonar

Imagens: P. peltatum (foto de Jennifer Anderson), etoposídeo e teniposídeo
Read 8 tweets
Vocês escolheram, então hoje tem #BioThread sobre o
famigerado mosquitinho-do-banheiro! Segue o fio

#TrupeNaturalista

@ElfodosInsetos
@Jhonatan_xpp
@SavCavalcante
@CesarFavacho
@InsetoLand
@Michelotto8legs O famigerado mosquitinho-de...
Os ditos "mosquitinhos-de-banheiro" são dípteros que pertencem à Subfamília Psychodinae, a qual existe em todos os continentes, exceto a Antartida. Dentre as várias espécies dentro dessa subfamília, a maioria vive na natureza em ambientes úmidos. Diferentes espécies de Psyc...
Os mosquitinhos dos quais falaremos hoje, e que habitam vossos brasileiríssimos banheiros, pertencem à 4 espécies:

Clogmia albipunctata (a maior na imagem abaixo) e 3 outras do mesmo gênero:

Psychoda alternata (a menor ,na imagem abaixo)
Psychoda cinerea
Pysochoda satchelli Compararação do tamanho de ...
Read 16 tweets
"Nuvem enorme de poeira do Saara vai em direção ao Caribe". Que ótimo pra Amazônia!... Tem certeza?

Dá o rt e senta aqui porque hoje vamos entender porque a nuvem Godzilla não é um motivo de comemoração tão grande assim para a Amazônia!

Está começando a sua previsão do clima ;) Imagem de capa. Em primeiro plano está escrito em branco &q
Essa thread aqui tem relação com a anterior, sobre a nuvem de gafanhotos. Não precisa ler pra entender essa aqui, mas depois se quiser dar uma olhada, eis o link:



Além disso... é uma thread colaborativa! Ou seja:
É uma colaboração com minha colega de trabalho, a incrível Juliana Nogueira!

A Ju é especialista no assunto: estudou a poeira do Saara no mestrado e no doutorado e agora também vai analisar a nuvem Godzilla [spoilers].

O texto foi escrito por ela e editado/adaptado por mim :)
Read 20 tweets
NUVEM DE GAFANHOTOS: a thread

Como esse hábito evoluiu?

Como a evolução pode nos ajudar a entender o que pode acontecer?

Segue o fio... #nuvemdegafanhotos #plasticidadefenotipica #BioThread #divulgacaocientifica
A imagem de uma nuvem de gafanhotos que observamos
nas ultimas noticias é formada devido a um hábito de vida
do gafanhoto-migratório (Schistocerca spp)
g1.globo.com/economia/agron… e
esse habito evoluiu por plasticidade fenotípica
Mas o que é plasticidade fenotípica? Plasticidade fenotípica é um processo evolutivo onde através do mesmo genótipo, dependendo das condições ambientais, uma espécie apresenta um fenótipo diferente por mudanças em seu desenvolvimento iniciadas por essas condições.
Read 9 tweets
VOCÊ SABE O QUE É CAÇÃO?

De certo já ouviu falar ou até comprou em alguma peixaria, já que é um dos pescados pra consumo mais conhecidos.

Mas e se eu te disser que essa carne que você comprou está ajudando a dizimar as populações de tubarões? 🦈

segue a#biothread pra entender
A verdade é que cação é a mesma coisa que tubarão, só um nome diferente para mascarar o que é vendido ao público nas peixarias pelo país.

A maioria das vezes a carne não tem identificação de espécie.
Os Eslamobranchios são uns dos grupos mais ameaçados de extinção nos oceanos por causa da sobrepesca e pesca predatória que acontecem.

No Brasil a prática é proibida mas mesmo assim ainda ocorre com uma relativa frequência.
Read 10 tweets
Já falamos de anjos, mas agora vamos falar de demônios. Da Tasmânia. Perfeitamente equilibrado como deve ser. Segue o fio + 😈

#biothread #taz #diabo #animal #australia #ablublebluble #biologia
Os diabos-da-Tasmânia são os maiores marsupiais carnívoros vivos. Como seu nome diz, eles habitam a Tasmânia, uma ilha ao Sul da Austrália

#australia #ilha #biolododetwitter #tocadodiabo
Eles são predadores vorazes e generalistas ocupando um nicho similar às hienas. Seu ataque às fazendas fizeram os colonos o perseguirem. Entretanto seu nome diabólico vem do som que eles produzem, assustador demais para o ânimo australiano

#som #diabo #predador #karaokediabolico
Read 8 tweets
Ingestão de leite e nazismo?

Vimos nesta semana certas atitudes no mínimo duvidosas em que o presidente aparecia fazendo um “desafio” de ingestão de leite, algo imitado por seus seguidores. Muitos disseram que há ligação com nazismo. Vamos entender isso melhor na #BioThread.
A produção de leite é uma das características mamíferas mais conspícuas. Fundamental para nutrição da prole, garante energia através da lactose, um carboidrato (açúcar).

O consumo de leite ocorre até o desmame e os mamíferos deixam de serem capazes de digerir leite. Menos nós.
Antes de entrar no mérito, como nós digerimos a lactose? Nós temos uma enzima chamada “lactase” que quebra o carboidrato em dois: glicose e galactose. Esses dois açúcares podem ser absorvidos pelo organismo. E se não quebrarem? A lactose é fermentada por bactérias... já viu!
Read 14 tweets
Essa #BioThread vai ser diferente.

Estou um tanto ausente por aqui, devido a algo um pouco comum a MUITO #CientistaDeTwitter, e tem se agravado nessa pandemia: Conviver com a depressão e ansiedade.

Conheça um pouco mais o que enfrentamos diariamente para produzir Ciência.
Não estou querendo reforçar o estereótipo de Cientista maluco que a grande mídia veicula e reforça a muito tempo. Mas quem é Cientista sabe que além de ter que lidar com as problemáticas de seu estudo, ainda tem que enfrentar uma série de desafios pra manter o equilíbrio mental.
Eu poderia dar muitos exemplos com nomes muito conhecidos, como Ludwig Van Beethoven e Edgar Allan Poe, que sofriam, ambos, de transtorno bipolar.

Mas eu vou trazer outro exemplo mais próximo, e que "hoje" posso dizer que conheço muito bem: Eu.
Read 24 tweets
- Diversidade da fauna de tubarões na costa brasileira (parte 4) -

- Ordem: Squaliformes
- Família: Squalidae

#CientistaDeTwitter #BioThread
Morfologia: caracterizada pela presença de espinho antes de cada nadadeira dorsal.

Reprodução: vivípara lecitotrófica.

1- Gênero Cirrhigaleus

Caracterizado pelas nadadeiras dorsais com tamanhos aproximadamente iguais.

a) Cirrhigaleus asper (Merret, 1973):

Nome popular: cação-bagre.

Tamanho máximo: 1,2 metros.

Coloração: parte dorsal, cinza escuro a marrom e, parte ventral, branca.
Read 12 tweets
E ai galera, tudo blza?
Falarei hj sobre modos reprodutivos dos sapos. Normalmente nos é ensinado que o sapo passa fase de girino, pela metamorfose e xablau, vira o sapo adulto! Mas não é bem assim, olha #BioThread que a #CientistaDeTwitter vai mostrar uma coisa diferente
Juntando todas as espécies de anuros que conhecemos hj, totalizamos quase 39 modos reprodutivos. Alguns girinos nascem na água, outras em folhas (e ai vão pra água), e alguns filhotes de sapo já nascem na mini versão. A classificação está relacionada com a forma e local de desova
O modo mais primitivo, mais conhecido, é a desova direta em ambientes aquáticos. Desses ovos nascem os girinos, que passam pela metamorfose e depois viram adultos. Ex: Rhinella marina (sapo cururu). Olha esse cordão enorme, e os pontos pretos são ovos(8-10 mil).
Read 12 tweets
- Quais são as diferenças entre tubarões e raias? -

(cação-anjo e peixe-guitarra, bowmouth guitarfish)

#CientistaDeTwitter #BioThread
Tubarões e raias são peixes cartilaginosos da subclasse Elasmobranchii.

Eles são parentes muito próximos, a diferença entre eles está na morfologia do corpo.
Read 12 tweets
Fala galera!

Vamos discutir um pouco sobre Ecologia da Antártica?
Segue aí que eu já conto pra vocês no que nos aprofundaremos na #BioThread dos #Cetáceos de hoje...

#DivulgaçãoCientífica
#CientistasDeTwitter
#ApoieACiência Image
Hoje começamos falando sobre Ecologia Antártica e alguns de seus componentes biológicos, como as algas e o Krill Antártico (Euphausia superba), e contando o que as baleias tem a ver com tudo isso!

Vamos lá?
Nas águas antárticas, a variação de gelo é sazonal:

-No inverno, grande parte da superfície das águas circumpolares antárticas estão congeladas;

-No verão, parte disso descongela, deixando a superfície descoberta e causando inúmeras consequências ambientais e ecológicas... Image
Read 25 tweets
Na #BioThread de hoje eu vou comentar um pouco sobre um efeito conhecido como “efeito cascata” na perda de biodiversidade.

Segue o fio desse #CientistaDeTwitter pra entender como o declínio de uma espécie ou população pode impactar outras espécies.
Quando a gente fala de perda de biodiversidade, sempre lembramos de catástrofes ou grandes problemas ambientais, como o #fato do aquecimento global e mudanças climáticas.
Mas existem alguns impactos que são originados por declínios de outros grupos, e que são os efeitos de cascata, ou melhor, “efeito dominó”.
Read 22 tweets
Ontem eu falei um geral sobre como as aves (e outras coisas!) voam. Hoje na #BioThread vou falar de asas!

Dá o rt aí e simbora pra parte 2 da thread: formatos de asas e tipos de vôos. E se você perdeu a Parte I não fica triste, é só clicar aqui:

bit.ly/2Ypyr94
As aves têm uma gama de estratégias alimentares e portanto diversas estratégias de forrageamento, ou seja, procura pela comida.

Elas caçam, pescam, filtram, mergulham, sobem em árvores... Cada uma delas, além dos seus ambientes, favorecem um tipo de asa diferente.
Aves marinhas:

Aves marinhas como os albatrozes, fragatas e atobás têm asas muito longas e estreitas, ideiais para surfar em correntes de vento e voar sem precisar bater as asas por muito, muito tempo.

Os albatrozes, por exemplo, quase nunca vão à terra, passando anos voando.
Read 20 tweets
Thread você sabia?

Bom, não é segredo pra ninguém que o oceano é salgado, né? Quem nunca tomou um caldo na praia e ficou seco por dentro por conta da água ser salgada? Mas, vocês sabem de onde isso vem? Será que é só sal que tem na água? Confiram essa #BioThread e descubram!
A composição dos oceanos é feita em sua maior parte de H2O (92,5%), enquanto o restante é formado por sais que se acumularam em bilhões de anos graças à ação erosiva da água sobre o solo e as rochas, juntamente com matérias orgânicas oriundos da decomposição de seres vivos(3,5%)+
Os sais correspondem a maior parte dos elementos diluídos nos oceanos e está relacionado com a salinidade, que tradicionalmente é medida em partes por mil (°/oo), ou seja, a quantidade de sal por litro de água. Os sais presentes nos oceanos são: cloro, sódio, sulfato, magnésio,+
Read 7 tweets
O FUNGO MATADOR DE SAPOS

Quem diria que o maior inimigo dos sapos poderia ser uma micose.

Mas que micose? Segue essa #BioThread e vem aprender um pouco sobre essa "pandemia" anfíbia.
#CientistadeTwitter
A partir da década de 70 pesquisadores começaram a notar alta mortalidade em sapos em algumas regiões do
planeta, principalmente em zonas tropicais.

Intrigante, porém um efeito que poderia ser devido ações humanas.
O agente causador foi elucidado muitos anos depois. Um fungo chamado "Batrachochytrium dendrobatidis", ou para os chegados, Bd.

Este fungo se reproduz no meio aquático e infecta a pele dos sapos, gerando a micose.
Read 11 tweets
E para a #BioThread de hoje, falarei de vôo.

Você já olhou pra alguma ave, morcego e até aviões e se perguntou "como que voa?".

Pois então agora você vai saber!
É um assunto extenso, por isso vou dividir em duas partes:

1) Como que voa?

2) Formatos de asa e tipos de vôo

Então apertem os cintos que a decolagem é agora!
1) Como que voa?

Para voar, você apenas precisa seguir as leis da física e da aerodinâmica. Seu corpo deve ter o formato perfeito para não causar arrasto no ar, mas penetração.

Suas asas devem ser capazes de te sustentar, sendo essa força maior do que a de arrasto + peso!
Read 13 tweets
Hoje vamos falar sobre a Raia-Pintada (Aetobatus narinari)! São raias que atingem aproximadamente os 2 metros de largura e podem pesar 200 Kg, possuem uma boca similar ao bico de uma ave e em sua cauda possui um chicote com até 5 ferrões, possuem uma diferença em +
#BioThread
vista de outras rais que é sua coloração, escura no dorso e com pintas brancas pelo corpo, possuem a parte ventral branca ajudando na camuflagem. São animais costeiros optando por ficarem no fundo próximo a areia, são encontradas nas águas tropicais do Atlântico e ocorrem ao +
longo da costa brasileira com mais frequência para a região Sudeste e Sul. Podem viver solitárias, em pares ou até em pequenos grupos e durante a migração e reprodução formam cardumes com muitos indivíduos, a migração é realizada durante o inverno onde procuram águas mais +
Read 5 tweets
Hoje é o #DiaDaCaatinga! O único bioma que é exclusivo do Brasil, e o menos protegido contra ameaças a sua biodiversidade

Em homenagem a ele, vou contar um pouquinho pra vocês sobre a Arara-azul-de lear, ave endêmica da Caatinga e que está ameaçada de extinção!

#BioThread
A arara-azul-de-lear (Anodorhynchus leari) é uma ave endêmica do Nordeste da Bahia, sendo a maior parte da população encontrada nos municípios de Canudos e Jeremoabo

Atualmente é classificada como Em Perigo pela IUCN, com aproximadamente 1700 indivíduos na natureza
A região de ocorrência dessas aves é formado por imensos paredões de arenito, que possuem cavidades pré-formadas

São nesses locais que as araras constroem seus ninhos, quando entram no período reprodutivo
Read 11 tweets

Related hashtags

Did Thread Reader help you today?

Support us! We are indie developers!


This site is made by just two indie developers on a laptop doing marketing, support and development! Read more about the story.

Become a Premium Member ($3.00/month or $30.00/year) and get exclusive features!

Become Premium

Too expensive? Make a small donation by buying us coffee ($5) or help with server cost ($10)

Donate via Paypal Become our Patreon

Thank you for your support!